Por Paola Carvalho
Em 30/05/2019

Senhoras e senhores, bem-vindos ao mundo mágico do Cinema!

Olá, pessoal! Depois de um período ausente a Cabine de Projeção está de volta cheia de novidades do cinema regional, nacional e internacional! Na edição desta quinta-feira, 29, temos as estréias da semana, a premiação de um filme roraimense em um festival nacional e as novidades do longa da Viúva Negra com a Scarlett Johanson!

Se liga também nas nossas redes sociais no Facebook e Instagram através da @cabinedeprojecao ou entre em contato pelo endereço cabinedeprojecao@folhabv.com. Sem esquecer do nosso parceiro Geziel Ribeiro que traz as novidades do mundo das séries e do cinema toda quarta-feira na FolhaBV Play! 

É isso! Caso eu não os veja mais: bom dia, boa tarde e boa noite!

“Godzilla 2: Rei dos Montros” e “Rocketman” são as estreias da semana

Nesta quinta-feira, 30, os cinemas roraimenses recebem atrações de ação e biografias musicais. O "Godzilla II: Rei dos Monstros" é a sequência do longa-metragem lançado em 2014, que trouxe de volta o famoso monstro japonês para as telonas. Já "Rocketman" é a cinebiografia do músico Elton Jhon. Vale lembrar que os filmes Vingadores: Ultimato, Hellboy, Brightburn - Filho das Trevas, Aladdin e John Wick 3: Parabellum continuam em cartaz.

Cinema roraimense é premiado em festival nacional

O filme roraimense “Cavalgada dos Justos” no 2º Festival Independente Nacional de Cinema, TV e Online de Jaraguá do Sul que aconteceu em Santa Catarina, em maio deste ano. O cineasta Alex Pizano esteve na premiação e garantiu o prêmio de Melhor Figurino pela reconstituição de época do filme. O longa é uma obra de ficção de 24 minutos que conta a história de Jonata por volta de 1890, gravado nas serras e lavrados do Estado de Roraima.

O filme também foi selecionado em mais uma seletiva nacional, agora na 12ª Mostra Curta Audiovisual em Campinas que acontece em São Paulo de 30 de maio a 15 de junho. A exibição acontecerá no Museu da Imagem e Som.

Filmes brasileiros são destaques em Festival de Cannes

Os filmes brasileiro “Bacurau” e “A vida invisível de Eurídice Gusmão” foram destaques do Festival de Cannes, uma das premiações mais importantes do cinema internacional. O primeiro venceu o Prêmio do Júri no Festival de Cannes em empate com o drama francês Les Misérables (Os Miseráveis), sendo a primeira vez que uma produção brasileira ganha a categoria, considerada a terceira mais importante do evento francês.

Dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, o filme é uma sátira violenta que fala de um Brasil dividido e armado, em uma cidade no sertão pernambucano, que resiste contra a chegada de agentes estrangeiros, apoiados por um político e por dois entreguistas do Sudeste.

Já “A vida invisível de Eurídice Gusmão”, dirigido por Karim Aïnouz, foi o vencedor da mostra Um Certo Olhar. A produção deu ao país seu primeiro prêmio principal da competição paralela do evento. O longa é uma adaptação do romance homônimo de Martha Batalha, onde duas irmãs são separadas uma da outra no Rio de Janeiro, da década de 1950. Mãe solteira, uma é expulsa de casa e vai parar na rua. A outra se casa, mas sacrifica suas aspirações para assumir o papel de dona de casa.

Scarlett Johanson é vista em gravações de filme da Viúva Negra

Com saudades de Vingadores? Uma das alternativas é ficar ligado nos filmes que ainda estão por vir no Universo Cinematográfico da Marvel. Um deles é o filme solo da Viúva Negra, interpretada por Scarlett Johanson. A boa notícia é que o longa já aparenta estar em plena produção.

É que imagens do filme vazaram na internet recentemente. Nas fotos podemos ver a atriz na pele de Natasha Romanoff, com seu cabelo ruivo característico. As imagens foram registradas em uma ilha da Noruega, onde é possível ver a atriz passeando com um figurino mais despojado, possivelmente, antes das gravações oficiais. Até o momento, sabe-se que o filme deve contar a história da agente da S.H.I.E.L.D. muito antes dela entrar para o time dos Vingadores. Vamos ficar atentos para mais novidades!

Netflix lança série sobre brasileiro acusado de mandar matar por audiência

A Netflix lança nesta sexta-feira, 31, a série Bandidos na TV (Killer Ratings), documentário que conta a história do apresentador brasileiro Wallace Souza, acusado de ordenar assassinatos para esquentar a programação do seu programa de televisão. Com direção do britânico Daniel Bogado, a série tem sete episódios, que serão disponibilizados ao mesmo tempo na plataforma. 

Wallace Souza foi apresentador do Canal Livre, programa de TV transmitido por dez anos em Manaus, que abordava principalmente crimes, como assassinatos e tráfico de drogas. Durante o período, foi eleito deputado estadual pelo PP de Amazonas.

Em 2008 surgiram suspeitas de que Wallace Souza tinha envolvimento com o crime que dizia combater. Moa, como era conhecido o ex-policial militar Moacir Jorge Pereira da Costa, denunciou a existência de uma quadrilha comandada por Souza e seu filho, Raphael. A gangue estaria envolvida na morte de traficantes e, segundo testemunhas, Souza encomendava alguns assassinatos para aumentar a audiência do programa. Wallace Souza morreu em 2010, vitimado por uma parada cardíaca.

Paola Carvalho
cabinerr@gmail.com
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Cabine de Projeção
+ Ler mais artigos de Cabine de Projeção