Por Fabiano de Cristo
Em 10/09/2019

Editorial

A temática Educação Financeiras para casais volta a ser abordada na nossa coluna essa semana. Misturar ou não para misturar o seu dinheiro é uma das decisões mais importantes que vocês dois precisam fazer sobre suas finanças. São muitas dúvidas! Uma das principais dicas financeiras para casais é entender a divisão das contas bancárias. Você também pode tirar dúvidas enviando um email ou uma mensagem pelo nosso instagram.

Educação Financeiras para casais

Brigar por divergências com dinheiro pode ser desgastante para os casais. Para evitar desgastes, o primeiro passo é traçar objetivos com o (a) parceiro (a). Os problemas no relacionamento entre marido e mulher ocorrem ou começam quando o assunto é dinheiro, seja em excesso ou na falta de recursos. 

Nesses casos é mais comum que as decisões sobre o que fazer ou como fazer seja de quem recebe mais e acaba definido sobre o futuro. O estabelecimento de objetivos de longo prazo passa a ser um problema, pois quem não participa das finanças não percebe as metas a serem atingidas e acaba se desmotivando e gerando frustações.

Na fase do namoro

Boa parte das pessoas que iniciam um relacionamento ainda na fase de namoro coincide em momentos de grandes escolhas e decisões que certamente definirão o futuro do casal. Muita das vezes são decisões tomadas logo no inicio que por não estarmos maduro no relacionamento, sejam feitas escolhas errôneas e que se tornam tão complicadas nessa fase que podem influenciar no futuro do relacionamento, sendo que nessa fase á que ter o certo cuidado em como administrar o futuro relacionamento financeiro do casal. Por isso que nessa fase do namoro e fundamental discutir sobre alguns aspectos financeiros, afim de evitar relacionamentos infelizes bem maior.

Diálogo

E porque discutir esse assunto logo no começo de um relacionamento? Simples a resposta. Quando somos solteiros (as), tendemos a fazer escolhas imaturas e decidimos também a como lidar com o dinheiro que é nosso! Sobretudo porque vivemos com nossos pais, em geral em casa com comida e roupa lavada e não temos compromissos regulares para saldar com o nosso dinheiro, a não ser com consumo de bebidas, festas, roupas e outros bens supérfluos.

Se começarmos a viver além das nossas posses logo no inicio, meio de relacionamento e gastarmos mais do que pudermos o dinheiro vai faltar no futuro. Então para não perder tempo comece organizando suas finanças e gastando pouco menos do que ganham e investindo a diferença e construindo o projeto do casal a longo prazo.

Independência financeira 

Se vocês iniciarem a independência financeira de modo organizado desde inicio, terão um caminho tranquilo em direção a prosperidade financeira. Quando começam a dividir sua intimidade com outra pessoa, será muito mais fácil lidar com o dinheiro e traçar metas e estratégias para alcançar aquilo que desejam em conjunto, seja, uma viagem, casa, carro enfim o que definirem será alcançado com uma boa educação
financeira.

Obstáculos 

Um dos maiores obstáculos na gestão financeira do casal é Dificuldade de se conectar com um sonho em comum. O controle dos gastos e receitas deve ser a primeira e principal estratégia para quem, sozinho ou acompanhado, quer conquistar a liberdade financeira e realizar pequenos e grandes objetivos na vida. Entender onde e como estou é o primeiro passo antes de definir aonde quero chegar.

Fabiano de Cristo
jornalista@teste.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Finanças
+ Ler mais artigos de Finanças