Por Folha Web
Em 22/09/2020

Checagem de Notícias - FolhaBV

O Grupo Folha de Comunicação lança a ferramenta “Checagem de Notícias” para auxiliar a população com dúvidas sobre informações repassadas e contribuir para atenuar os efeitos das ‘fake news’. Neste primeiro momento, o objetivo é trazer informações rápidas e dinâmicas sobre o processo eleitoral, votação, campanha, legislação, além de dar espaço aos candidatos que queiram prestar esclarecimentos sobre inverdades sendo compartilhadas. Acompanhe!


TSE desmente notícia falsa sobre votos duplicados de candidatos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que são falsas as postagens nas redes sociais que afirmam que candidatos pelo país tiveram votos duplicados ou alterados pela Justiça Eleitoral.

Na última segunda-feira (23), durante uma atualização dos dados, ocorreu em algumas cidades – e por poucas horas – a visualização de dados sobrepostos referentes a votos de candidatos a prefeito e a vereador.


Prefeitura nega fechamento do comércio após eleição do segundo turno

A informação de que o comércio em Boa Vista será fechado após a eleição do segundo turno foi negada pela Prefeitura de Boa Vista. A prefeita Teresa Surita afirmou que o fechamento não ocorrerá. “Quero deixar claro que não terá nenhum fechamento de comércio após a eleição. Essas notícias são fakes, e tentam confundir as pessoas”, esclareceu.


Coligação desmente suposta ocorrência da PF por crime eleitoral no Pedra Pintada

A coligação Boa Vista Para Todos encaminhou nota para desmentir a informação divulgada nas redes sociais de que a Polícia Federal (PF-RR) teria registrado uma ocorrência de crime eleitoral no bairro Pedra Pintada, na manhã desta sexta-feira, 13. 

Segundo a coligação, o candidato Ottaci Nascimento (SD), realizou uma caminhada no local, conversando com moradores e comerciantes e em nenhum momento foi abordado.


FolhaBV não publicou avaliação com resultados para os municípios

O Grupo Folha de Comunicação informou que não fez avaliação e nem publicou resultados de pesquisas envolvendo os nomes de candidatos vencedores nas eleições municipais 2020, em Roraima.

A Folha de Boa Vista repudia esse tipo de montagem inferindo ao jornal boatos e informações de cunho inverídico e informa que está tomando as devidas providências sobre o caso.


Ottaci desmente fake news de que votou contra auxílio emergencial

Candidato à prefeito, Ottaci (SD) (Foto: Ascom Ottaci)

É falsa a notícia de que o candidato a prefeito de Boa Vista, Ottaci Nascimento (Solidariedade) tenha votado contra a aprovação e a prorrogação do pagamento do auxílio emergencial, antes de se licenciar do mandato de deputado federal.

O Projeto de Lei 9.236/17, que criou o benefício, foi aprovado por unanimidade no mês de março pela Câmara dos Deputados. Ou seja, nenhum representante de Roraima se posicionou contra a concessão, inicialmente, de três parcelas de R$ 600 às famílias que perderam a renda devido à pandemia de Covid-19.

Mais tarde, a matéria foi transformada na Lei 13.982/20. O texto da legislação já previa que o auxílio emergencial pode ser prorrogado enquanto durar o período de combate ao novo coronavírus. A decisão sobre isso ficou sob responsabilidade da União.

No site da Câmara Federal há um material explicativo sobre o assunto. O espaço “Comprove” foi criado para esclarecer “fake news” (notícias falsas) relacionadas a concessão do benefício financeiro pago pelo Governo Federal. Qualquer cidadão pode acessar os conteúdos no site da Câmara.


Grupo FolhaBV desmente fake news sobre suposto autor de sequestro

O Grupo Folha de Comunicação nega a autoria de uma notícia falsa sobre o suposto autor do sequestro do jornalista Romano dos Anjos. A fake news está sendo compartilhada nas redes sociais e pelo WhatsApp. 


Prefeitura nega fake news sobre falta de coleta de lixo

O secretário municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Daniel Peixoto, informou que há alguns meses circulou pelas redes sociais um vídeo de moradores acusando a Prefeitura de Boa Vista de não recolher o lixo.  “As pessoas estavam atribuindo isso como se fosse a Prefeitura de Boa Vista a responsável pela sujeira. Porém, estava claro que não se tratava da gente, pois a prefeitura aqui não trabalha dessa forma. Boa Vista é uma cidade limpa, conservada e programada para essa retirada de entulho. A prefeita Teresa Surita Teve que emitir uma nota de esclarecimento, refutando essa notícia falsa”.


Prefeitura não está realizando cadastro para doação de cestas básicas e vale-alimentação

A Prefeitura de Boa Vista (PMBV) encaminhou uma nota de esclarecimento informando que não está realizando nenhum cadastro para a distribuição de cestas básicas ou vale-alimentação. O golpe tenta se passar pela Secretaria Municipal de Assistência Social para suposta distribuição de cestas básicas e de vale alimentação no valor de R$ 120.

A administração municipal alerta para que população não acesse ou compartilhe o link que está circulando em grupos de WhatsApp e redes sociais nem forneça os dados solicitados, pois trata-se de um golpe para roubar dados de cidadãos.


Candidata Shéridan desmente boatos sobre desistência


A candidata à prefeita de Boa Vista, deputada federal Shéridan (PSDB), informou à FolhaBV que continua sua campanha, apesar de notícias falsas que circulam na cidade, sobre a desistência de sua candidatura.


Eleitor com menos de 60 anos não poderá votar em horário preferencial?

Resposta: Não!

O Tribunal Superior Eleitoral de Roraima (TRE-RR) encaminhou nota informando que está circulando nas redes sociais, principalmente no WhatsApp, uma informação falsa de que eleitor com menos de 60 anos não poderá votar das 7h às 10h no dia das Eleições. Não é verdade!

De acordo com a orientação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no Plano de Segurança Sanitária das Eleições 2020, este horário é preferencial para os idosos. Ou seja, nenhum eleitor será impedido de votar das 7h às 10h, devendo apenas respeitar a prioridade estabelecida pelo TSE para os idosos.


Preciso levar documentos no dia da eleição para votar?

Resposta: Sim!

No dia da eleição, leve um documento oficial com foto: carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação. Leve também seu título de eleitor, já que nele constam informações sobre a zona e a seção eleitoral. Se preferir, baixe e instale o e-Título. Disponível na Google Play Store e Apple Store. As certidões de nascimento ou de casamento não valem como prova de identidade na hora de votar.


Quem mora no exterior precisa votar nas eleições municipais?

Resposta: Sim!

Não. Para cidadãos que possuem domicílio eleitoral no exterior (Zona Eleitoral - ZZ), o exercício do voto é exigido apenas nas eleições para presidente e vice-presidente da República. Se o cidadão brasileiro mora no exterior mas ainda tem o seu título de eleitor vinculado a uma zona eleitoral no Brasil, precisará justificar a sua ausência nas eleições caso falte a qualquer um dos turnos de votação.


O horário da votação mudou?

Resposta: Sim!

Das 7h às 17h. E para pessoas com 60 anos ou mais, o horário entre 7h e 10h é preferencial. O primeiro turno das Eleições 2020 acontece no dia 15 de novembro de 2020 e, onde houver segundo turno, no dia 29 de novembro de 2020. De acordo com a legislação, o segundo turno só pode ser realizado nas cidades com mais de 200 mil eleitores. Fique atento às novas orientações devido à pandemia de Covid-19!


É preciso ter 18 anos para votar?

Resposta: Não!

Todo cidadão brasileiro alfabetizado, maior de 18 anos e legalmente capaz é obrigado a votar. O voto é facultativo para os eleitores analfabetos, os maiores de 70 anos, e os que têm entre 16 e 18 anos.


• Data das eleições municipais mudou?

Resposta: Sim!

Em sessão solene conjunta da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, o Congresso Nacional promulgou a Emenda Constitucional nº 107/2020, que determina o adiamento das Eleições Municipais deste ano em razão da pandemia provocada pelo coronavírus. Com a decisão, o primeiro turno será no dia 15 de novembro, e o segundo turno no dia 29 de novembro.


• Prazo para transferência temporária já acabou?

Resposta: Não!

O prazo para requerer a Transferência Temporária de Eleitor (TTE) termina em 1º de outubro de 2020. Para as eleições municipais, é facultada a determinados eleitores requerer a transferência temporária de sua seção eleitoral, permitindo o exercício do voto em uma seção eleitoral diferente daquela que consta no seu título de eleitor.


• Número de eleitores em Roraima aumentou desde as últimas eleições?

Resposta: Sim!

Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RR), nas últimas eleições municipais em 2016, a quantidade de eleitores aptos em Roraima era de 324.805 mil votantes. Agora são 342.651 mil, um aumento de 5,4% em comparação com o pleito passado.


• As urnas eletrônicas são fabricadas na Venezuela?

Resposta: Não!

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as máquinas (urnas) são montadas por empresas contratadas para executar o projeto, mas sob a fiscalização de servidores da Justiça Eleitoral. As urnas (hardware) e os sistemas (softwares) utilizados nelas são desenvolvidos pelo próprio TSE.


• Posso solicitar ao mesário para votar em papel?

Resposta: Não!

Caso tenham problemas nas urnas eletrônicas, os eleitores não precisam solicitar aos mesários o voto em papel. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reforça que, quando uma urna eletrônica não funciona, ela é substituída por outra.


• Pré-candidatos podem fazer lives musicais?
Reposta: Não!

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou, por unanimidade, a realização de "livemícios" nas eleições municipais deste ano. A corte analisou uma consulta feita no início do mês pelo PSOL sobre a legalidade de lives eleitorais com artistas.


• Prestação de contas de candidatos é obrigatória?

Resposta: Sim!

A Lei das Eleições nº 9504 obriga que todos os concorrentes façam prestação de contas. A prestação de contas dos candidatos nas eleições deste ano terá de chegar à Justiça Eleitoral com a chancela de um advogado e de um contador devidamente inscrito no Conselho Regional. O partido ou a coligação podem fazer de todos, mas os candidatos podem fazer individuais.


• Eleição municipal em 2020 terá uso da biometria?
Resposta: Não!

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou que as eleições municipais de 2020 não terão identificação biométrica, ou seja, sem a obrigatoriedade de leitura das digitais dos votantes. O requisito foi dispensado em razão da pandemia do covid-19 para evitar aglomeração e filas.


• Em época de eleição, internet é terra sem lei? Pode xingar candidatos?
Resposta: Não!

De acordo com Silvio Fernando de Carvalho, analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE/RR), durante a campanha eleitoral, quem ofender ou fazer xingamentos para candidatos ou políticos poderá sofrer processo, podendo ser penalizado com multa de até R$15 mil reais.

 

Folha Web
fale@folhabv.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!