Por Nira Santos
Em 07/06/2019

Editorial

O que é a felicidade para você, querido (a) leitor (a)? É ter uma gorda conta bancária, o carro do ano, uma bela posição social, amigos da alta sociedade, viver nas festas mais badaladas, ter roupas caras, viajar pelo mundo e acreditar que tudo isso é o verdadeiro ideal de vida, mesmo que se deixe o Pai de lado, ou para ser feliz basta ter apenas o necessário, ainda que as atribulações do dia a dia pareçam intermináveis, mas com a certeza de que Deus está no comando de tudo e nenhum sofrimento neste plano será em vão e teremos um futuro de glória ao lado do Senhor? 

O que é mais fácil: ter uma vida plena com Cristo ou uma vida de aparências edificada sobre um castelo de areia? Certamente, a resposta de muitos é de que viver o agora é mais importante do que ter uma vida amparada na fé, pois é muito difícil “ter a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos” (Hebreus 11:1). Trata-se de um exercício diário de reflexões na Palavra do Senhor, de renúncia e de resiliência, sempre com a esperança e a fé de que dias melhores virão. É ir além do que se vê, estar adiante da materialidade na certeza de que um lugar de paz está sendo preparado pelo Senhor para aqueles que não se contentam com os enganos deste mundo.

Viver pela fé é trilhar o caminho mais difícil e muitas serão as adversidades quando esta escolha for feita. A vontade de desistir e se entregar às facilidades “do agora” serão mais frequentes do que nunca quando abraçarmos a decisão de servir ao Senhor. Nesses momentos, nos restará fortalecer nossa ligação com Ele, pedindo-lhe orientação para que sigamos por uma estrada de fé, paz e perseverança. Deus não disse que seria fácil, mas nos deu a certeza de que valerá a pena, “pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno”. (2 Coríntios 4:17,18)


PALAVRA DE FÉ

Confiança em Deus

“Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”.   João: 16- 33

O que faz doer, também nos ensina algo. DEUS, às vezes, permite certas situações para nos moldar. As provações no deserto no vale, no mar, no rio não são o fim. Essas provações nos ensinam diariamente para subirmos a montanha de DEUS. O que para nós parece algo impossível, para DEUS é questão de tempo para tornar possível. Para nosso DEUS, nada é impossível. Agindo DEUS, nada nem ninguém impedirá.  Não despreze certas situações, pois elas surgem por um grande propósito: o ensinamento. Não permita que as circunstâncias mudem a sua FÉ. Use a FÉ para mudar as circunstâncias a seu favor. DEUS sabe o que faz, e o que nos parece confuso lá na frente fará todo o sentido. O segredo é confiar e descansar. Tem sempre um sol a brilhar após uma longa noite, um arco-íris após uma tempestade e um lindo horizonte no final do caminho. DEUS sabe o que faz. São perfeitos os seus planos, são mistérios e não nos cabe entender, mas confiar. DEUS vai transformar a situação, vai mudar do impossível para possível. DEUS pode todas as coisas. 

Oriana Mendonça com seu esposo, Clayton Rodrigues - Assembleia de Deus Peniel

Oriana Mendonça com seu esposo, Clayton Rodrigues - Assembleia de Deus Peniel –  que nos trouxe a palavra de Deus hoje na coluna


ILUSTRAÇÃO

CORAGEM DE ADÉLIA

Há uns 50 anos, o Vale do Urso tinha a fama de um dos mais depravados lugares da América do Norte. Ali reinavam a bebida e a imoralidade. Os assassinatos eram frequentes, e quando a jovem Adélia Fox resolveu ir para lá como missionária, todos ficaram grandemente surpresos. Lá chegando, Adélia realizou a primeira reunião no prédio da escola. A sala era pequena, mas ficou repleta de homens com armas e garrafas. Ameaçaram em altas vozes o missionário, mas ficaram sobremodo surpreendidos quando viram a atraente jovem levantar-se no palco. O silêncio reinou. A reunião não poderia produzir melhores resultados. Gostaram da bela música que ela cantou, das palavras meigas e desembaraçadas que lhes falou. Depois da reunião, diversas famílias a convidaram para hospedar-se em suas casas. Ela aceitou o convite da esposa do fabricante da cachaça, o homem conhecido como o mais perigoso e valente do lugar. O menor dos seus filhos estava doente. A jovem Adélia cuidou da criança, tomando todas as providências necessárias para aliviar as suas dores e combater a doença. De tal modo se dedicou, que os pais da criança se tornaram seus amigos fiéis. Fizeram-lhe uma casa onde dava as aulas e, pouco a pouco, ela foi ganhando a amizade e confiança de todos. Surgiu então um episódio interessante. Houve uma eleição para decidir se naquele estado seria ou não permitida a venda legal de bebidas alcoólicas. Adélia convocou uma reunião urgente; e fortemente apelou aos seus ouvintes para que votassem contra a venda do álcool, mostrando-lhes como o álcool é prejudicial ao indivíduo, à família etc. O fiel amigo, fabricante de bebidas, estava escutando pensativo. Quando a missionária explicou que muitas crianças morrem em consequência deste horrível vício dos pais, este homem levantou-se muito vermelho. "A senhora quer dizer que estou matando meus filhos, D. Adélia?" perguntou com raiva.

Adélia orou apressadamente ao Senhor, pois o homem estava enfurecido naquele momento. "Sim, senhor", respondeu calmamente. O homem ficou atordoado e confuso – e então, jogando o chapéu no chão, num gesto de raiva, declarou: "Nunca, jamais beberei álcool! Nem mais o fabricarei e venderei. Que Deus me ajude a agir assim!" E a votação naquele dia foi na grande maioria contra a venda de álcool.

O evangelizador Jônatas Cirino, feliz ao lado de suas irmãs Elisangela e Edila Márcia Cirino ao ganhar uma festa-surpresa da Igreja Assembleia de Deus – Santa Teresa 3


GOSPEL MAIS

O Cantor Cleyton Aguiar, da Igreja Assembleia de Deus Rocha Eterna, traz uma novidade para o público gospel: dia 10 de junho estará gravando o clip oficial do louvor “Vaso Novo”, de sua autoria. “Nossa meta, primeiramente, é glorificar o nome do nosso Deus e o segundo é que esse clip seja assistido em todo o País”, ressalta o cantor. 

Cantor Cleyton Aguiar, na contagem regressiva para a gravação do seu novo clip Vaso Novo

A Igreja Pentecostal Nova Aliança com Deus, na liderança do pastor José Antonio e sua esposa, missionária Erenice, realiza uma vigília com o tema “Qual é a tua petição?” e terá a presença do cantor Adonias Calado. O evento será dia 8 de junho, na Av. Mário Homem de Melo, 5374, Tancredo Neves.

O missionário Alcyr Carvalho, presidente fundador da Associação Gospel de Capoeira Geração Missionária Pioneira no Estado de Roraima, da Igreja do Evangelho Quadrangular - Santa Tereza II, dirigida pelo pastor Francenilson Sampaio, comemora dez anos este mês. Um maravilhoso trabalho com evangelismo alternativo, capoeira, teatro, dança, artesanato e o social, com crianças, adolescentes, jovens e adultos. 


DINÂMICA 

As dinâmicas de grupos são um ótimo recurso didático para professores de escola dominical ou quaisquer outros grupos.

01. “As Folhas da vida"
Texto Bíblico: Provérbios 21:23; Tiago 1:26.

Objetivo: Refletir sobre a impulsividade ao falar! 

Material: folhas de papel A4 e bastante giz de cera que dê para todos usarem. 

Procedimento: Peça para que se sentem em forma de círculo, dê uma folha de papel a cada participante e  giz de cera, peça que peguem giz de cera e risquem ou escrevam o que quiserem na folha. Depois, peça para que amassem bastante a folha. Diga-lhes que agora devem desamassar a folha e limpar tudo que riscaram ou escreveram, deixando a folha igual como era antes. Observe a reação deles nessa hora!

Discussão:

Eles dirão com certeza que isso não será possível e que ninguém irá conseguir deixar a folha como era antes. Interaja com eles ouvindo suas argumentações e pergunte por que não será possível deixar a folha como era antes. Então, explique a eles que a folha que receberam representa as nossas palavras, e basta que uma vez elas sejam ditas e, dependendo do que dissermos, não podem mais ser consertadas, por isso devemos ter cuidado ao falar e pensar bem naquilo que vamos dizer ao outro (a) para que não venhamos a machucar o próximo, pois uma vez aberta uma ferida, será difícil cicatrizá-la.

Pergunta: se vocês soubessem que essas folhas representariam nossas palavras aos outros, vocês teriam mais cuidado e não amassariam ou selecionariam melhor o que escreveram ou riscaram?

A jovem Natália Paiva, linda no figurino da Loja Divina Fashion

Nira Santos
espacogospel@folhabv.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Espaço Gospel
+ Ler mais artigos de Espaço Gospel