Por Nira Santos
Em 23/08/2019

Editorial

“Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido. E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus”. (Filipenses 4:6-7) 

É importante que saibamos o quão importante e fundamental é o amor que Deus tem por nós. É este amor que nos transforma e faz com que transformemos os que estão ao nosso redor. O testemunho da Palavra do Senhor e a nossa demonstração de fé n’Ele podem mudar vidas. São os verdadeiros exemplos que ilustram e ratificam o compromisso que o Pai tem com seus filhos de ver a humanidade transformada. Mas, se não ficarmos atentos, as preocupações podem nos desviar do caminho e até mesmo nos fazer ter uma fé vacilante, colocar dúvidas em nossas vidas e levar intranquilidade aos nossos espíritos. E Deus não quer isso da gente. O que Ele quer é coragem, luta, fé, esperança, amor e dedicação a um trabalho espiritual que nos garantirá a salvação.

E, para nos fortalecermos e seguirmos adiante, vencendo cada obstáculo no nosso dia a dia, é importante que deixemos as preocupações de lado e oremos com sinceridade e gratidão, mas sempre sabendo que o que queremos, Deus já sabe com antecedência, e Ele nos dará aquilo de que realmente precisamos, nem mais, nem menos. A consequência dessa firmeza na fé nos trará a paz necessária para entregarmos nossa vida a Cristo, como afirmado no versículo que abre esse texto, e a garantia de que as nossas lutas neste mundo não serão em vão. 

As batalhas são árduas, mas não devemos deixar de nos esforçar para seguir aquilo que Paulo nos ensina: “Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. Tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim, ponham-no em prática. E o Deus da paz estará com vocês”. (Filipenses 4:8-9)

Portanto, elevemos nossos pensamentos ao Senhor, lutemos contra as tentativas do Maligno em nos desviar do bom caminho, saibamos que Deus está ao nosso lado e ouve nossas orações. Basta que nos coloquemos de joelhos e abramos o nosso coração com sinceridade e amor verdadeiro ao Pai, que, incondicionalmente, nos ama! “O Senhor está perto de todos os que o invocam, de todos os que o invocam com sinceridade”. (Salmos 145:18)

“Se vocês permanecerem mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido”. (João 15:7)

Que Deus seja louvado e nos ajude a desembaraçar os nossos caminhos! Amém!


Milhares de pessoas se reuniram no 1º Congresso da Igreja Boa Vista da Fé no último fim de semana


 Ilustração 

O Bate-boca das Ferramentas

Conta-se que na carpintaria certa vez houve uma estranha assembleia. Foi um verdadeiro bate-boca para acertar diferenças.

Um martelo exerceu a presidência, mas os participantes o notificaram de que teria que renunciar. A causa? Fazia demasiado barulho; e, além do mais, passava todo o tempo golpeando.

O martelo aceitou sua culpa, mas pediu que também fosse expulso o parafuso, dizendo que ele dava muitas voltas para conseguir algo.

Diante do ataque, o parafuso concordou, mas, por sua vez, pediu a expulsão da lixa. Dizia que ela era muito áspera no tratamento com os demais, entrando sempre em atritos.

A lixa acatou, com a condição de que se expulsasse o metro, que sempre media os outros segundo a sua medida, como se fora o único perfeito.

Nesse momento, entrou o carpinteiro, juntou o material e as ferramentas e iniciou o seu trabalho.

Utilizou justamente o martelo, a lixa, o metro e o parafuso. 

Finalmente, a rústica madeira se converteu num fino móvel. Quando a carpintaria ficou novamente só, a assembleia reativou a discussão. Foi então que o serrote tomou a palavra e disse:

“Senhores, ficou demonstrado que temos defeitos, mas o carpinteiro não trabalha com os nossos defeitos, mas, sim, com as nossas qualidades, com nossos pontos fortes. Assim, proponho abandonarmos esta discussão e nos concentrarmos em tarefas construtivas.”

A proposta foi aceita por unanimidade e todos se sentiram, então, uma verdadeira equipe, capaz de produzir objetos de qualidade, se unidas num mesmo propósito e nas mãos e na mente do hábil carpinteiro.

“O corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros do corpo,

embora muitos, formam um só corpo... e Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis.” (I Coríntios 12.12, 18) 


O pastor Leandro Gentil e esposa, Mylena Gentil, com o pastor Marcos Feliciano, agradecem a Deus pela realização do congresso levando a Palavra do Senhor a milhares de pessoas


104 ANOS

A Assembleia de Deus em Roraima, sob a liderança do pastor presidente Isamar Pessoa Ramalho, comemora com várias programações o aniversário de 104 anos da igreja de 23 a 25 de agosto. O evento traz como tema “Sou discípulo, sou missionário”. (Atos 2,42). Dia 23, às19h30, será a abertura da 14ª EBO (Escola Bíblica de Obreiros) e formatura dos alunos do IADEP (Igreja Assembleia de Deus). O endereço é Avenida Benjamim Constant, 2042 – Centro. 


A princesinha Jasmine Hadassa comemora dois aninhos de vida


CASA DE ZADOQUE

Nesta sexta-feira (23) e sábado (24), a igreja Paz Church em Boa Vista realiza uma conferência direcionada especificamente a pastores e líderes, com o nome “Casa de Zadoque”. Com as presenças confirmadas dos preletores os pastores Luciano Subirá. Hernane Santos; Flávio Valvassoura; Ricardo Vasconcellos e Sóstenes Mendes. O ingresso para participar pode ser adquirido no site https://www.sympla.com.br/casa-de-zadoque-2019---boa-vistarr__561388. Vagas limitadas. O evento será na igreja Paz Church, na Avenida Mário Homem de Melo, 3461, Liberdade. 



 O lindo Arthur Ferdindando, feliz, comemora seus dois aninhos


 DINÂMICA 

Quem sou eu

Objetivo: apresentação e entrosamento

Material: papel, lápis, e lápis de cor

Desenvolvimento: cada um deve retratar num desenho como é sua vida; pode-se desenhar algo marcante

Exemplo: Seu trabalho, sua família, seu estudo etc.

Dar um tempo para este trabalho individual que deve ser feito em silêncio, sem nenhuma comunicação, pois cada um não deve ser influenciado.

Num segundo momento, as pessoas se reúnem num grupo em forma de círculo; se a quantidade de participantes não for tão grande ou subgrupos, se houver várias pessoas e se apresentam dentro do círculo dizendo o nome, de onde vem, mostrando o seu desenho, explicando-o e dizendo porque escolheu fazer este desenho de sua vida.

As pessoas ficam à vontade para fazer comentários e/ou perguntas.

Término:

O ministrador diz que ele agora não está só, pois somos um em Cristo Jesus, e que ele pode contar com o apoio de todos.

Palavra de Deus:

“Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram”. (Romanos 12:15)


O irmão Irismar dos Anjos, ao lado de sua esposa, Clemilda dos Anjos, teve várias surpresas da igreja, da família e colegas de trabalho pela passagem de seu aniversário

Nira Santos
espacogospel@folhabv.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Espaço Gospel
+ Ler mais artigos de Espaço Gospel