Por Folha Web
Em 09/01/2019

CORTES

A reportagem ‘Ministério Público quer impedir redução de duodécimos’, foi comentada pelo leitor Elton de Azevedo Salvador. “Tem que reduzir mesmo! Quer dizer que os demais setores do Estado podem arcar com a crise, porém os "bonitinhos" não podem? Pode-se reduzir as verbas da educação, da segurança, da saúde, da infraestrutura, mas não pode reduzir os repasse do duodécimo, que além de custear as regalias dos poderes pagando futilidades desnecessárias? O Estado é um só, tem que pensar no interesse da coletividade e não no interesse de uns e outros. Querem que o Governo apresente medidas de redução contanto que não se mexa nos repasses dos ditos poderes, comecem por vocês, cortem as regalias, com toda certeza teríamos uma economia de alguns milhões aos cofres públicos”.

CONTA

Já o leitor Luiz Carlos Martins Junior comentou: “Que se reduza o valor. Onde estavam esses órgãos nos últimos anos quando o Estado foi usurpado e sucateado? Que também paguem a conta”.

LAMENTAR

Por sua vez, o leitor Misael Carvalhedo enviou o seguinte comentário: “O MP, TJ, TCE, MPC, DPE e ALE são poderes, acho eu, da Suécia, Suíça, Dinamarca, Noruega, etc, pois eles não vislumbraram nenhuma crise em nosso Estado, onde servidores do executivo, empresas terceirizadas e prestadores de serviços estão passando necessidade. Arrogância, falta de bom senso e, até, irresponsabilidade, é o que temos vistos por parte desses poderes, insensíveis aos caos em que Roraima se encontra. Só podemos lamentar essa atitude”.

CALL CENTER

Um leitor que pediu para não ser identificado denunciou que as matrículas de alunos no Ano Letivo 2019 nas escolas do município não estão sendo feitas de forma facilitada pelo Call Center. “Estou há três dias tentando fazer a matrícula do meu filho pelo tal de Call Center - Fone 0800-280-3536, e não consigo fazer, pois a ligação não completa, não atende, só dá ocupado!!!!! estou ligando o dia todo, ligo logo cedo às 7h30 fico até as 8h direto ligando sem parar, depois às 12h30 até as 14h, depois às 15h30 até às 17h e nada. Peço o apoio de vocês como imprensa para ver uma posição da Prefeitura, pois estou com medo de não matricular meu filho”

Folha Web
fale@folhabv.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Espaço do Leitor
+ Ler mais artigos de Espaço do Leitor