Por Ana Gabriela Gomes
Em 20/03/2020

REDUÇÃO

‘Petrobras reduz preço de gasolina, diesel e gás a partir de hoje’. Esse é o título da reportagem em que o leitor Rildo Lopes comentou: “Mais uma queda nos preços e os postos não vão repassar, mas se for para aumentar, é na mesma hora. Gostaria de saber qual é a fórmula usada, porque nem em livros de raciocínio lógico existe. E nem adianta reclamar ao tal sindicato que existe para defender o lucro. Uma Máfia!”. O leitor que se identifica como Raimundo disse: “No início do ano, a gasolina custava R$ 4,25, após uma queda de 30,1% no acumulado do ano, a mesma é vendida a R$ 4,15, em média, nos postos da cidade. Acredito que, com certeza esses postos formam um verdadeiro cartel na cidade”.

CONCURSO

O internauta Thiago Castro comentou: “É simples de resolver isso, todos os testes foram filmados e quem se sentir prejudicado e só entrar com recurso pedindo pra ver os vídeos”, na reportagem ‘Teste físico de certame da Polícia Militar é alvo de denúncias’. Adriano Rodrigues Pereira, na mesma matéria disse: “Pessoas frustradas. Quando seu time perde, a culpa é do juiz. Nunca reconhece o erro, tenta sempre arrumar um culpado para a derrota. Com Certeza, na esteira desta denúncia tem um perdedor para si próprio”.

PRISÃO

“E ainda deixam solto uma criatura dessas para fazer o que bem entende. Deveria estar preso há tempo. Criatura do mal” é o comentário da leitora Ciella Yearwood na reportagem ‘Agricultor é preso por tentar estuprar sete mulheres’.

FECHADA

Na reportagem ‘Moradores temem entrada de venezuelanos por rotas clandestinas’, o leitor Rildo Lopes comentou: “Trabalhar prevenção com uma população que não respeita nem faixa de pedestre ou mesmo a limpeza da cidade que vive. E quando se trata dos imigrantes que não têm a cultura de tomar vacinas!”

DPE

“Como a empresa vai pagar as suas despesas como pessoal, óleo diesel e débitos se ela não recebe seus créditos. Não dá para entender uma petição dessa”, disse o leitor que se identifica como Zeca, na reportagem ‘Defensoria pede que serviços de água e luz não sejam interrompidos’. 

MEDIDAS

O leitor que se identifica como Ari emitiu a seguinte opinião na reportagem ‘Medidas para atendimento ao público são adotadas pela Caer’: “Aqui só tem água uma vez por semana. Como vamos manter a mão limpa se não tem água? Antes não trabalhavam, agora que não vão trabalhar mesmo”.

Ana Gabriela Gomes
test2@test.com.br
Desde: 2016-05-02
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Espaço do Leitor
+ Ler mais artigos de Espaço do Leitor