Por Folha Web
Em 11/10/2019

FISCALIZAÇÃO

Na reportagem ‘SESSÃO EXTRAORDINÁRIA – TCERR abre vaga de Conselheiro ocupada por Marcos Hollanda’, o leitor identificado como Fábio comentou: “Concurso nestes órgãos do TCE/RR e MPC/RR não têm. É só cargos comissionados e altos salários. Nem consta no portal da transparência do MPC a remuneração do alto escalão. Como irão fiscalizar? Deixa quieto. E o MPE/RR não aperta o cinto porque não é dos melhores exemplos com sua casa, cheia de comissionados e sem concurso desde de 2008 para servidores”.

CORRUPÇÃO

O leitor identificado como Samuel comentou a matéria ‘CONTRA TITULAR DA SEJUC – Sindicato protocola denúncia na Divisão de Combate à Corrupção’: “Secretário tem que ser responsabilizado mesmo, como qualquer outro. Isso aqui está pior que a casa da mãe Joana, todo mundo pinta e borda e faz o que quer. Cumpra-se a lei, demita-se o secretário e quem mais fizer algo do gênero”.

OURO

Na reportagem ‘NA BR-174 – Garimpeiros protestam e bloqueiam principal rodovia de Roraima’, o leitor identificado como Santos comentou: “Eu não preciso de impostos arrecadados pela destruição da Amazônia, pois não paga o impacto ambiental. Tampouco vejo uma real utilidade para o ouro na sociedade, sendo apenas um mineral que atende aos desejos supérfluos de pessoas vaidosas, podendo ser usado em alguns componentes eletrônicos, mas que podem ser atendidos pelo ouro já minerado no mundo. Ou seja, desde quando essa gente foi útil? A causa dos arrozeiros na Raposa Serra do Sol era uma causa justa e podia, se fosse regulamentada, gerar benefício até para os índios, mas essa do ouro é dispensável para nossa sociedade e a sociedade indígena”.

Folha Web
fale@folhabv.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Espaço do Leitor
+ Ler mais artigos de Espaço do Leitor