Por José Maria Neto
Em 14/12/2018

Ansiedade: a erva daninha de quem estuda para concurso!

Olá, meus amigos concurseiros, vamos encher o pulmão de ar, respirar fundo para oxigenar o cérebro, dar uma relaxada nos músculos e bater um papo sobre a ansiedade e como ela pode atrapalhar os estudos para concursos públicos.

Erva o que?

Para os concurseiros que nunca ouviram falar sobre, erva daninha é, na agricultura, aquela planta que nasce indesejadamente no mesmo local que outro vegetal, ela compete pelo mesmo espaço e, consequentemente, prejudica o crescimento dos concorrentes, pois acaba sugando a energia e os seus nutrientes.

No entanto, antes de agirem de forma invasiva, muitas delas podem ser colhidas por serem comestíveis, inclusive, podem ser utilizadas na preparação de chás.

No sentido figurado, o termo está associada a tudo aquilo que é nocivo e provoca danos.

E a ansiedade?

Trata-se de um distúrbio comum entre os seres humanos que gera algum tipo passageiro de preocupação, medo ou angústia. Todos podemos ter, em algum momento de nossas vidas, a sensação de impaciência ou aflição em relação a algo que esteja por vir ou que possa acontecer. Isso acontece desde cedo, lembram quando precisávamos apresentar o trabalho escolar para a turma? Ou quando passamos pela nossa primeira entrevista de emprego? E as vésperas da cerimônia do casamento? Até mesmo na gravidez somos acometidos de uma ânsia de saber o sexo de nossos filhos.

Não há nada de errado em ficar ansioso em determinadas situações, mas a ansiedade torna-se uma preocupação a partir do momento em que, frequentemente, impede-nos de seguir em frente, deixa-nos fora de controle e, às vezes, paralisados. Como consequência, pode acabar atrapalhando nossos compromissos, trabalhos, relacionamentos e estudos.

Atente para que, nesse momento, essas emoções extrapolaram os limites máximos que nos permitem viver com boa saúde emocional.

Como posso identificar os principais sintomas da ansiedade?

Meu amigo concurseiro, se você está sentindo com frequência:

  • Pensamentos negativos;
  • Preocupação excessiva;
  • Medo constante;
  • Sensação de pessimismo com tudo;
  • Aflição excessiva;
  • Respiração ofegante;
  • Sensação de sufocamento ou falta de ar;
  • Transpiração excessiva;
  • Frequência cardíaca e pressão arterial desregulada;
  • Insônia,
  • Espasmos oculares;
  • Tensão muscular;
  • Alucinações e outros sintomas.

Você pode estar sofrendo desse mal!

No entanto, assim como a erva daninha utilizada na culinária, a ansiedade pode nos levar a ter uma ação positiva, justamente por termos a necessidade de querer concretizar nossos objetivos com a maior brevidade possível; por isso, faz-se necessário saber lidar e tirar proveito do momento, direcionando os esforços para atividades que agreguem valor à conclusão de suas metas.

O concurseiro ansioso

Esse é fácil de identificar e vocês já devem ter percebido. Nos cursos preparatórios em que ministro aulas, sempre aparecem perguntas do tipo:

  • Professor, quando sai o edital?
  • A prova será difícil?
  • Será que tenho condições de passar?
  • Quanto tempo preciso me preparar?
  • Vai demorar a sair o gabarito?
  • O senhor sabe qual vai ser o ponto de corte?
  • Tem previsão de sair o resultado final até o fim de semana?

É normal que os concurseiros, em geral, apresentem esses questionamentos, mas quando eles começam a atrapalhar sua rotina de estudos, minar sua estratégia de revisão, diminuir seu ânimo para realizar os simulados e exercícios necessários ao seu aumento de performance nas provas, pode ser que você precise de ajuda.

 Dicas de como evitar a ansiedade

Existem várias técnicas para evitar que você se torne um concurseiro ansioso, mas apresento as que mais ajudam na hora da preparação para concursos, são elas:

  • Planejamento adequado – Criar metas de estudos que incluam um cronograma de fixação dos assuntos estudados e aplicação de exercícios por meio da resolução de questões anteriores.
  • Aprender a dizer não – Ter em mente que você é humano e não pode abarcar o mundo, ou seja, evite se envolver com atividades que não estejam diretamente ligadas ao seu projeto de vida.
  • Diminuir o uso de redes sociais – Ficar, a todo momento, analisando a vida dos outros, que, na maioria das vezes, só mostram o lado positivo, pode aumentar o seu nível de ansiedade. Visto isso, procure seguir perfis, no Instagram, Facebook e Twitter, com conteúdos que estejam relacionados aos seus estudos.
  • Saúde física – Não adianta cuidar da saúde emocional e deixar de lado sua alimentação, seu precioso sono, seus exercícios físicos (mesmo que seja uma simples caminhada).
  • Evitar divagações – Ficar idealizando situações negativas como: chegar atrasado no local de prova ou achar que não vai dar tempo de responder todas as questões é péssimo. Se for querer divagar, que seja em coisas positivas. Que tal pensar no churrasco da posse?
  • Pessoas pessimistas – “Quem se mistura com porco farelo come”. Já dizia o antigo ditado popular, mas sejamos menos radicais, a sugestão é evitar estar perto de pessoas pessimistas, que veem tudo na vida de forma negativa. Você pode acabar sendo contaminado e piorar negativamente sua ansiedade.

Por fim, você já deve ter percebido a quantidade de ervas daninhas que podem atrapalhar o seu projeto de aprovação e o seu tão almejado cargo público.

Então, deixo aqui uma última dica: se você acha que não consegue lidar sozinho com essas desordens físicas e emocionais que caracterizam a ansiedade, procure ajuda!

Dependendo do caso, um coach, psicólogo ou médico pode ajudá-lo a encontrar seu caminho nessa estrada cheia de obstáculos que leva à sua aprovação.

O que você nunca deverá fazer é desistir de seu sonho!

Por Prof Fábio Barros (também conhecido como Professor Fabão) - Aprovado nos concursos para área de TI do DNPM, DECEA, Serpro e TRE/RR. Ex-Técnico Operador de Redes do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro/RR). Aprovado em 1º lugar no cargo de Técnico Judiciário, Programação de Sistemas, do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE/RR). Professor de Informática para Concursos e Coach.

Fabão Barros – Coaching do Gran Cursos e Prof do Meta Cursos

FIQUE LIGADO

► PRF ABRE INSCRIÇÕES

No último dia 03 de dezembro abriu o prazo de inscrição do concurso público da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A seleção visa o preenchimento de 500 postos de policial rodoviário, sendo 15 vagas específicas para o Estado de Roraima. As outras oportunidades foram distribuídas entre os Estados do Acre (17 vagas), Amapá (23), Amazonas (28), Bahia (17), Goiás (27), Maranhão  (18), Mato Grosso (57), Mato Grosso do Sul (35), Minas Gerais (9), Pará (81), Piauí (22), Rio de Janeiro (10), Rio Grande do Sul (23), Rondônia (74), São Paulo (19) e Tocantins (25).

Para concorrer ao cargo de policial rodoviário é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A jornada de trabalho dos servidores é de 40 horas semanais.

► INSS

Segundo informações da imprensa especializada, avançou o pedido do concurso do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) que solicita a contratação de 7.888 servidores. Na última semana, o requerimento apresentou cinco movimentações, o que não acontecia desde agosto. Em breve traremos novidades acerca desse concurso.

► MARINHA

A Marinha encerra na próxima terça-feira (11) as inscrições para o concurso destinado a preencher 533 vagas temporárias para o Serviço Militar Voluntário (SMV) em cargos de níveis fundamental e médio/técnico, com vencimentos de R$ 2.320 e R$ 3.388, respectivamente.

Os concorrentes devem ter entre 18 e 44 anos na data da incorporação. As candidaturas devem ser registradas por meio do site www.ensino.mar.mil.br. O valor da taxa de participação é de R$ 75.

Há oportunidades para atuação nas áreas de administração, contabilidade, edificações, estruturas navais, eletrônica, eletrotécnica, enfermagem, farmácia, higiene dental, marcenaria, mecânica, metalurgia, motores, motorista (viaturas administrativas), nutrição e dietética, patologia clínica, processamento de dados, prótese dentária, química, radiologia médica, telecomunicações, entre outras especialidades.

► PMRR

A UERR divulgou o gabarito preliminar do concurso da Polícia Militar de Roraima que aconteceu no último domingo. O gabarito pode ser acessado neste link.

REGISTRO

Registro dos Profs Neto e Sílvio durante o aulão de encerramento para o concurso da Polícia Militar do Estado de Roraima no último dia 08/12/18.

José Maria Neto
jornalista@teste.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Folha Cursos & Concursos
+ Ler mais artigos de Folha Cursos & Concursos