Por Denise Rohnelt Araujo
Em 01/11/2019

ENTRADA

Vocês já conhecem o Food Park 8?

Nos dias de hoje, uma família sair para comer fora, pode ser complicado, principalmente se cada um gosta de um tipo de comida.

O Food Park 8 fica na Rua Pedro Rodrigues 80, e trouxe o conceito de sustentabilidade e diversidade para o local. A sustentabilidade com o projeto de aproveitamento de containeres para colocar os empreendimentos de alimentação, e diversidade com a variedade de restaurantes presentes.

O Food Park 8 abriga os restaurantes: Casa do Yakisoba com cozinha oriental; Waku Food Truck com hambúrguer, pizza e outros sanduíches; Gourmeteria Gratos com crepes, cachorro quente e grelhados variados; Barracão do Poeta com café da manhã e lanche da tarde com tapioca, cuscuz, bolos, sucos e muito mais. Ainda tem a franquia Duckbill com cookies, donuts e cafés especiais; a sorveteria artesanal Filhota com diversos sabores, além de sorbets para quem tem alergia ao leite de vaca. Para o público mais adulto o bar Rhopalurus que é o primeiro bar com auto-serviço de chopes do estado e ainda tem petiscos e alguns drinks.

Venham conhecer o Food Park 8 com a família, tem pratos para todos os gostos e bolsos, do café da manhã ao jantar.

Como hoje é dia do Veganismo, trouxe uma receita de uma salada vegetariana que foi enviada pelo restaurante paulista Família Burguer, tem apenas 145 calorias e é uma delícia para começar uma refeição. Na receita tem duas opções de molho para escolher.

Até o próximo sábado!

PRATO DO DIA

Salada com sementes de girassol

INGREDIENTES:

01 colher de chá de sementes de girassol
05 Folhas de Alface
05 Folhas de Rúcula
01 Cenoura crua ralada 
01 Beterraba crua ralada 
Tomate seco (a gosto)
Mussarela de búfala (a gosto)

MODO DE PREPARO:

Em um prato grande coloque os ingredientes. Misture tudo cuidadosamente com o molho e tempere. Leve a geladeira e misture sementes de girassóis na hora de servir.

Rendimento: 1 porção
MOLHOS (2 opções):
Molho Italiano:
- 1/2 cebola picada
- 1 colher (sopa) de vinagre de vinho tinto
- 1 colher (chá) de açúcar
- 1 colher (chá) de orégano
- 1 dente de alho amassado
- 1 pitada de sal
- 1 pitada de pimenta do reino em pó

Modo de Preparo:

Coloque tudo no liquidificador e bata até ficar cremoso. Despeje numa molheira, cubra e leve à geladeira.
Molho Refrescante: 

06 folhas de hortelã picadinhas
01 colher (sopa) de suco de limão
01 colher (sopa) de mostarda
sal a gosto.

Veganismo e vegetarianismo, como diferenciar?

Hoje se comemora o dia internacional do veganismo, mas muitas pessoas não conseguem diferenciar o que é vegano ou o que é vegetariano.

O veganismo é um modo de vida que elimina toda forma de exploração animal, não é somente com relação à alimentação, mas também têm relação com roupas, maquiagem, produtos diversos.

Sem origem animal

Os Veganos são pessoas que não consomem qualquer tipo de produto de origem animal. Além de não comerem carne, leite, ovos ou mel, também não consomem cosméticos que sejam testados em animais; não utilizam roupas de origem animal, como lã, seda ou couro.  Também não vão a locais como zoológicos ou parques em que animais são usados como forma de lazer ou diversão; e não compram animais de estimação, apenas adotam animais resgatados. 

Os Vegetarianos também excluem alguns alimentos de origem animal na alimentação, mas incluem o mel, diferente dos veganos. Alguns vegetarianos aceitam utilizar na dieta leite, derivados e ovos, sendo chamados de Ovolactovegetarianos.

Para praticar o veganismo, basta deixar de consumir definitivamente os alimentos que contenham origem animal, nenhum tipo de carne animal, ovos, leite, mel, qualquer ingrediente que seja derivado de animal.

Alimentos industrializados

O grande problema está nos alimentos industrializados que possuem algum tipo de ingrediente animal. A dieta vegetariana acaba sendo mais saudável com a utilização de produtos naturais, orgânicos, com mais nutrientes. Os veganos e vegetarianos apresentam menores índices de sobrepeso e obesidade, hipertensão e diabetes, e menores taxas de doenças crônicas como infarto agudo do miocárdio.

As fontes de proteínas na alimentação são as leguminosas (feijão, lentilha e grão-de-bico, por exemplo) e as oleaginosas (castanhas, nozes, amendoim). 

Como se tornar um vegano?

Para se tornar um vegano deve-se pensar em uma mudança de mentalidade, de atitude e de vida, muito mais que apenas retirar alimentos de origem animal da alimentação diária. 

Para a coordenadora do curso de Nutrição do Centro Universitário Internacional Uninter, Thaís Mezzomo “A opção por um estilo de vida vegano pode ser vista como uma adoção de filosofia de vida, pois pretende minimizar os impactos ambientais, preservar os animais e ter um estilo de vida mais saudável”. 

Festival das panelas de barro ‘Anna Komanto eseru’ na comunidade da raposa acontece de 8 a 10 de novembro

No próximo final de semana acontece ANNA KOMANTO ESERU – Festival das Panelas de Barro na comunidade da Raposa, no município de Normandia.

O festival está na sua sexta edição e este ano será realizado na mesma semana que o primeiro Congresso de Cerâmica em Roraima – Ancestralidade em diálogo, que acontece na Universidade Federal de Roraima de 4 a 7 de novembro.

A comunidade da Raposa vai receber os visitantes nos dias 8, 9 e 10 para uma vivência cultural e turística com extensa programação. Terá nesses dias oficinas de confecção de panelas de barro, produção de caxiri (bebida feita da mandioca), visita à cachoeira da Raposa, à Serra do Arco-íris, apresentação de danças, rituais, estórias e atividades esportivas.

O visitante poderá comprar artesanato, ingredientes como pimentas, beiju, farinhas, tucupi,e claro, panelas de barro de tamanhos e formatos diferenciados.

O festival além de ser uma alternativa econômica para a comunidade, permite geração de renda, mas principalmente, fortalece a cultura da etnia Macuxi.

A comunidade Raposa 1, é a primeira comunidade indígena autorizada pela Instrução Normativa n°3 para realizar atividades do etnoturismo em Roraima.

Todos estão convidados a participarem do festival, a estrada de acesso será sinalizada para que as pessoas possam ter acesso facilitado. Para quem quiser ter uma vivência de três dias existe uma excursão que sai no dia 8 e retorna dia 10, informações: (95) 99119-8451.

Denise Rohnelt Araujo
jornalista@teste.com.br
http://meusite.com.br
Aqui ficará as informações sobre o colunista e a coluna.
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Letras Saborosas
+ Ler mais artigos de Letras Saborosas