Por Denise Rohnelt Araujo
Em 11/05/2019

ENTRADA

Amanhã é dia das mães e quero deixar registrado o meu amor a minha mãe que sempre está ao meu lado em todos os momentos.

Vocês sabiam que o Dia das Mães nasceu no século XX quando um grupo de mulheres resolveu fazer uma comemoração para alegrar uma amiga que tinha acabado de perder a mãe. Em pouco tempo, a festa se espalhou pelos EUA e, em 1914, foi oficializada pelo presidente Thomas Wilson, sendo comemorada sempre no segundo domingo de maio. No Brasil o presidente Getúlio Vargas instituiu o Dia das Mães em 1932.

E como cozinheira e mãe vou satisfazer as vontades gastronômicas da minha mãe e do meu filho, por isso trago hoje uma receita de um doce maravilhoso que aprendi no curso CUIA no Pará ano passado, o Papo de Anjo.

Você pode fazer e deixar o doce na calda de açúcar em vidro ou fazê-lo mais sequinho passando no açúcar cristal como a receita da dona Anna Maria Martins, a matriarca do restaurante Lá em Casa de Belém.

Feliz Dia das Mães para todas!

Até o próximo sábado!


PRATO DO DIA

Papo de anjo- receita Anna Maria Martins (PA)

INGREDIENTES:

  • Papo de anjo
  • 12 gemas peneiradas
  • 01 colher de café de baunilha
  • Quanto baste de farinha de trigo para untar
  • Quanto baste de manteiga para untar
  • Calda
  • 01 kg de açúcar
  • 01 litro de água
  • 30 unidades de cravo

MODO DE FAZER:

Papo de anjo

  • Bater as gemas em batedeira com baunilha até ficar bem fofo. Untar as forminhas de empada pequena com manteiga e farinha de trigo, colocar em forno pré-aquecido a 180°C  para assar por 15 minutos ou até ficar assado.

Calda

  • Colocar a água junto com o açúcar em uma panela para formar uma calda em ponto de seda.
  • Colocar os papos de anjo na calda, deixar ferver por cinco minutos. Desligar o fogo, deixar esfriar, colocar em uma grade para escorrer o excesso de calda, passar no açúcar cristal e colocar um cravinho no centro.


Instituto Brasil a gosto realiza jantar e debate sobre a cozinha quilombola


 No próximo dia 14 de maio, o Instituto Brasil a Gosto, fundado e presidido pela chef Ana Luiza Trajano, realizará um evento dedicado à cozinha quilombola em São Paulo. O I Fórum Brasil a Gosto: saber para resistir, resistir para preservar trará como tema principal à diversidade da cozinha brasileira, a ancestralidade dos nossos temperos, a história de resistência contada pela nossa comida e a importância de preservar esse conhecimento.

Após a abertura com a chef Bel Coelho, a programação será dividida em diferentes momentos, onde cada palestrante irá discutir diferentes temas. Wally Rodrigues, socióloga e pesquisadora, falará sobre “Daqui de Onde Vemos: o Quilombo como Mecanismo de Resistência”. Na seqüência, Elvira da Silva, liderança do Quilombo de Ivaporunduva, e Tanea Romão, do Kitanda Brasil, discutem o tema “Toda Cozinheira é uma Benzedeira”. Uma das mesas da tarde é Empreendedorismo gastronômico negro na cidade, com Aline Araújo (Chermoula Gastronomia) e Priscila Moraes (Kitanda das Minas). O encerramento será feito pelo chef Guga Rocha, com uma degustação guiada de preparos e ingredientes das Comunidades Quilombolas do Vale do Ribeira - ingressos à parte.

Este evento é uma das ações da frente de trabalho #pelacozinhaquilombola, criada e mantida pelo Instituto Brasil a Gosto e, para ajudar a arrecadar recursos para a sua realização, o Instituto promoverá no dia 13 de maio um jantar em cinco tempos assinado por chefs como Guga Rocha e Bel Coelho. O evento acontecerá no restaurante Kith, em Pinheiros, às 20h.

Cada receita será preparada com ingredientes originários da agricultura familiar de comunidades quilombola e criadas com a ótica do chef parceiro por meio do contato que tiveram durante a Expedição.

Sem fins lucrativos, os eventos terão sua renda destinada a financiar a vinda de lideranças dos quilombos do Vale do Ribeira para o Fórum Brasil a Gosto e uma próxima Expedição Quilombola, além de divulgar a cultura alimentar quilombola. Os ingressos para o Fórum começam em 45 reais e os participantes podem doar valores maiores se desejarem. Quem optar por participar também da degustação gastará 75 reais. Já o jantar do dia 13/5 custa R$200.

Para adquirir, os ingressos os interessados devem acessar o link. 

E para o jantar acessar o link.

Denise Rohnelt Araujo
jornalista@teste.com.br
http://meusite.com.br
Aqui ficará as informações sobre o colunista e a coluna.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Letras Saborosas
+ Ler mais artigos de Letras Saborosas