Por Denise Rohnelt Araujo
Em 08/11/2019

ENTRADA

Hoje inicia na comunidade da Raposa o Festival das Panelas de Barro, uma oportunidade única de conhecer mais sobre a cultura do povo Macuxi. 

Durante o evento os participantes terão a oportunidade de fazer oficinas para aprender a fazer panelas de barro, caxiri, entre outras. Além de poder experimentar as comidas e bebidas típicas, conhecer rituais, ingredientes, participar da cultura da etnia Macuxi. O Festival acontece até domingo no município de Normandia, ao norte do estado.

A Cozinha Letras Saborosas preparou três cursos, abertos ao público, para o mês de novembro. Serão aulas demonstrativas com degustação de saladas internacionais, lanches sem proteína do leite de vaca e cozinha amazônica. Os cursos serão em dias e horários diferenciados para que todos possam participar, mas só acontecerão com a participação mínima de seis pessoas e máxima de 15. Informações pelo telefone 98123-6763.

A receita de hoje é de um drink próprio para o verão e que é preparado com espumante, um clássico da coquetelaria internacional: BELLINI.

O drink foi criado pelo italiano Giuseppe Cipriani dono do lendário Harry’s Bar, que fica em Veneza, em 1934 para homenagear o pintor veneziano Giovanni Bellini que gostava de usar tons da cor pêssego. Pode ser servido em taças flute individuais ou feito em jarra para servir em copos mais altos.

Até o próximo sábado!

DRINK DO DIA
Bellini

INGREDIENTES:

30 ml de polpa de pêssego
Champanhe ou espumante

MODO DE PREPARO:

Em uma taça tipo flute previamente gelada, coloque a polpa de pêssego. 

Complete com champanhe, mexa delicadamente. 

Uma opção para festa é fazer em uma jarra, adicionando gelo, a polpa de pêssego e o espumante, mexer delicadamente e servir em copos long drink ou Collins.

A EXPLOSÃO DO ESPUMANTE BRASILEIRO

Como estamos chegando próximo das festas de final de ano é uma boa hora de saber mais sobre os espumantes brasileiros, já que são bebidas festivas. 

Aconteceu no mês de outubro, de 16 a 18 na cidade de Garibaldi, no Rio Grande do Sul o 11º Concurso do Espumante Brasileiro. A Associação Brasileira de Enologia (ABE) comemora os primeiros resultados, que este ano teve uma adesão histórica recorde, o evento registrou 376 amostras de espumante inscritas por 89 vinícolas de sete estados brasileiros (Bahia, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo), números nunca antes atingidos pelo concurso. 

O espumante brasileiro atingiu a melhor performance da história ao conquistar 14 Grandes Medalhas de Ouro e 111 de Ouro no maior concurso de rótulos brasileiros

A produção nacional, hoje em 18 milhões de litros por ano, conforme dados da Uvibra, vem crescendo cerca de 10% a cada safra e o reconhecimento faz parte de uma rotina diária. 

O 11º Concurso do Espumante Brasileiro foi avalizado por 52 jurados entre enólogos, sommeliers, médico, jornalistas e wine influencers.

Os 14 espumantes que conquistaram a Grande Medalha de Ouro, superaram os 92 pontos. Segundo o presidente da ABE, enólogo Daniel Salvador  “Não precisamos mais provar nada a ninguém. O espumante brasileiro é reverenciado no mundo todo pela sua qualidade e diversidade, fruto de muito trabalho do enólogo, dos viticultores, dos vinicultores. Em dois dias, degustamos quase 400 amostras que expressam os diferentes terroirs brasileiros. E para nossa felicidade, comprovamos que a qualidade está presente em cada um desses estados que estiveram representados com amostras. O Brasil dos espumantes é um continente de terroirs e o prazer e orgulho é todo nosso”. 

De forma inédita, o resultado premiou amostras de todos os estados participantes: Bahia, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, o que demonstra o alto padrão do espumante nacional. Além disso, entre os premiados estão espumantes de pequenas, médias e grandes vinícolas. 

Seguindo normas internacionais regidas pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e pela União Internacional de Enólogos (UIOE), o concurso avaliou espumantes naturais, provenientes de uvas vitis viníferas, obtidos a partir dos diferentes métodos, que estejam sendo comercializados normalmente pelas empresas nas categorias: espumantes de segunda fermentação (charmat e tradicional) e espumantes de primeira fermentação (moscatéis). 

PRÊMIO DESTAQUE SABRE DE OURO

O 11º Concurso do Espumante Brasileiro seguiu o formato da edição anterior, prevendo uma distinção especial concedida a espumantes que se sobressaíram em suas categorias. O objetivo é exaltar ainda mais a produção nacional. O Sabre de Ouro foi entregue a seis espumantes, um em cada categoria. Para isso, ao final do concurso, foi realizada uma degustação de preferência entre os produtos que conquistaram Medalha de Ouro e melhores medianas, a fim de destacar a preferência dos jurados.

DESTAQUES SABRE DE OURO

Categoria Espumante Branco Charmat - Aurora Procedências Espumante Brut Chardonnay 
Categoria Espumante Branco Tradicional- Franco Italiano Cuvee Espumante Extra Brut 
Categoria Espumante Rosé Charmat - Ponto Nero Cult Brut Rosé  
Categoria Espumante Rosé Tradicional - Cave Amadeu Espumante Brut Rosé  
Categoria Espumante Moscatel - Courmayeur Espumante Moscatel Rosé  
Categoria Espumante Nature - Valmarino Espumante Nature Sur Lie  

GRANDE MEDALHA DE OURO

Casa Valduga 130 Blanc de Blanc; Casa Valduga 130 Brut; Cave Amadeu Espumante Brut; Chandon Passion; Gazzaro Espumante Moscatel Rosé; Gran Legado Espumante Moscatel; Íride Miolo Espumante Nature 2009; Miolo Cuvée Tradition Espumante Brut Rosé; Miolo Millésime Espumante Brut 2015; Perini Método Tradicional Espumante Brut; Valmarino & Churchill Espumante Extra Brut 2015; Valmarino Espumante Brut Tradicional - IP Pinto Bandeira 2016; Valmarino Espumante Nature 2013; Zanotto Espumante Moscatel.

Agora é só escolher o espumante que mais lhe agrada e colocar para gelar, ou aproveitar e fazer drinks para celebrar o verão.

Denise Rohnelt Araujo
jornalista@teste.com.br
http://meusite.com.br
Aqui ficará as informações sobre o colunista e a coluna.
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Letras Saborosas
+ Ler mais artigos de Letras Saborosas