Por Denise Rohnelt Araujo
Em 29/12/2018

ENTRADA

Chegamos à última coluna de 2018, espero que todos tenham curtido as notícias do mundo da gastronomia e tenham feito em suas casas alguma das receitas.

Em 2019 teremos muito mais notícias, novidades e receitas do mundo gastronômico do Brasil e de outros países.

Esse ano a coluna saiu do jornal e está agora na TV FOLHA BV, que podem assistir pelo site da Folha ou pelo YouTube, com programas curtos e receitas fáceis para vocês fazerem em casa.

Quero pedir para vocês que enviem para o email: letrassaborosas@hotmail.com, sugestão de lugares na nossa capital para visitar, receitas e perguntas sobre qualquer área da gastronomia que queiram conhecer mais. Assim o Letras Saborosas poderá estar mais próximo dos leitores e espectadores. Conto com vocês!

A receita de hoje é de um prato que fiz em alguns eventos fora de Roraima e que foi bastante elogiado, arroz com pernil desfiado temperado no tucupi negro.

Desta vez, esse prato pode ser feito para o ano novo ou no outro dia, no famoso R.O; pois sempre sobra pernil ou outra carne suína. Você estará fazendo um reaproveitamento da ceia com um tempero a mais.

O tucupi negro pode ser encontrado na feira do produtor com alguns vendedores de farinha, e para quem estiver em outro estado, a marca paraense de ingredientes artesanais Manioca tem o tucupi negro.

Espero encontrá-los em 2019, desejo a todos muita saúde, bênçãos e sabores na vida.

Até 2019 com mais Letras Saborosas!

-------------------------------------------

PRATO DO DIA

Arroz com pernil de porco no tucupi negro

INGREDIENTES:

  • 500g de pernil de porco assado e desfiado
  • 350g de arroz cozido sem sal
  • 02 pimentas de cheiro sem semente em cubinhos
  • 02 tomates sem pele e sem sementes em cubinhos
  • 01 cebola grande em tiras
  • 03 colheres de sopa de tucupi negro
  • Cebolinha e sal a gosto
  • Lâminas de castanha do Pará para finalizar

MODO DE FAZER:

Como o pernil e o arroz estão prontos, a receita é bem rápida.

Coloque a cebola para fritar em um pouco de óleo até caramelizar, fogo baixo sem queimar. Quando estiver no ponto, coloque a pimenta de cheiro cortadinha e o pernil desfiado para refogar, se estiver muito seco, aplique a técnica pinga e frita.

DICA: pinga e frita é uma técnica antiga, onde se pinga um pouco de água quente na panela enquanto está se fritando com pouca gordura para não ficar com a comida seca.

Coloque o arroz pronto para refogar junto, acrescente o tucupi negro, misture bem. Com o fogo apagado coloque o tomate cortadinho, a cebolinha e finalize com as castanhas laminadas. Sirva em seguida.

-------------------------------------------

Dicas para receber o ano novo com muita positividade e boa mesa

Eu não poderia deixar o ano acabar sem falar sobre minha outra paixão, a pesquisa que faço sobre a visão esotérica de 2019, onde junto à numerologia, astrologia ocidental e chinesa, com o orixá regente e as comidas que devem ter na mesa para saudar o novo ano.

Por isso, peço permissão ao leitor para dividir com vocês as minhas descobertas.

Na numerologia, o ano de 2019 será regido pelo número três, da comunicação, por isso todos devem ter cuidado com o poder da palavra, ela mostrará sua força.

Na religião africana o ano será de dois orixás, Ogum, senhor da força e do ferro, da coragem, protetor das casas, dos templos e dos caminhos; e de Oxum, senhora da beleza, da prosperidade e do amor.

A cor de Ogum é azul marinho e as cores de Oxum são amarelo, ouro, rosa e  azul claro;  o ideal é mesclar as duas cores na passagem do ano para proteção.

Para saber sobre as comidas que representam esses orixás conversei com o chef Carlos Ribeiro do restaurante paulista Na Cozinha. Ele lançou esse ano o livro “Comida de Santo que se come”, ele disse que Ogum gosta de feijoada e Oxum é uma grande cozinheira, é a dona das panelas e para saudá-la uma moqueca feita com peixe, camarão e ovo no dendê e como sobremesa quindim.

No sincretismo religioso existente na Umbanda devido a fatores histórico - culturais, os orixás eram representados através de santos católicos, então Ogum é representado por São Jorge; e Oxum por Nossa Senhora.

Segundo o horóscopo chinês, 2019 será um ano regido pelo porco da Terra, a partir do dia 5 de fevereiro. O ano traz uma energia bondosa, mais paciência, com atitudes de coração.

A astrologia ocidental aponta o ano de 2019 sendo regido por Marte, responsável pelos signos de Áries, Leão e Sagitário. Será um ano onde as pessoas terão vontade de realizar, de fazer, de acontecer; um ano de muita coragem e ousadia. Marte abre caminhos para consolidar planos e atingir metas.

Passando do esoterismo para a gastronomia, já falei quais as comidas para homenagear os orixás de 2019. Como o ano que termina não está fácil para ninguém em termos de dinheiro, sugiro que façam uma ceia compartilhada. Peçam aos seus parentes e amigos que tragam alguma coisa, sugiro que abusem dos tira-gostos com as frutas oleaginosas (nozes, castanhas do Pará, de caju, amêndoa, etc.) para trazer fartura, não se esqueçam da lentilha e do arroz. Prefiram o porco ou o leitão na ceia, porque é um animal que está sempre andando e fuçando para frente e, por isso, é visto como um símbolo de prosperidade.

Mas podem optar pelo peixe. Que tal uma Damorida? O peixe agrada a todos e as pimentas simbolizam, amor e paixão.

Denise Rohnelt Araujo
jornalista@teste.com.br
http://meusite.com.br
Aqui ficará as informações sobre o colunista e a coluna.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Letras Saborosas
+ Ler mais artigos de Letras Saborosas