Por Francisco Cândido
Em 22/07/2020

RUA NENA BRASIL

Antiga Rua “5” - no Bairro União

______________________________________________________________________

            Wagner Cañizo Brasil nasceu no Amazonas em 11/07/1929. Seus pais vieram do Ceará e seus avós eram descendentes de espanhóis, razão do sobrenome “Cañizo”. Ainda jovem Wagner trabalhou como seringueiro no Município de Lábrea, interior do Amazonas.  “O apelido “Nena”, que depois acrescentou ao seu nome, herdou de sua mãe, a professora primária Nazaré, conhecida como “Nena Brasil”.

            Em 1950, Wagner Cañizo, já chamado de Nena Brasil, foi para Manaus onde se matriculou no Colégio Dom Bosco. Estudava à noite e, durante o dia, trabalhava na barbearia de um português. Ao terminar o equivalente ao atual Ensino Médio, casou-se com ROCICLER BARRETO BRASIL, e resolveu que iria ser comerciante. Em 1954 instalou uma padaria no Bairro da Glória, em Manaus. 

            No início de 1970, com a abertura dos trabalhos para construção da BR-174 (Manaus-Boa Vista) Nena Brasil junto à esposa, fundou uma escola no Km 6, próxima de Manaus, sendo seus primeiros professores. E, à medida que a turma de trabalhadores, com suas famílias, avançavam na construção da estrada em direção à Boa Vista-Roraima, Nena e Roscicler os acompanhavam se deslocando com a escola. Em 1970 compraram um ônibus e Nena Brasil foi contratado pela Prefeitura de Manaus para transportar passageiros ao longo da BR-174 até a localidade de Abonari, onde estavam concentradas as famílias dos trabalhadores.

            Em 1975, com a inauguração oficial da BR-174, Nena comprou mais um ônibus e criou a “Empresa de Transportes Nena Brasil”. Veio a Boa Vista e ofereceu seus serviços à Prefeitura Municipal, e sua empresa se tornou a primeira a fazer o transporte de pessoas no trecho Manaus - Boa Vista. Naquela época a estrada era toda de chão batido e com muita poeira. Pior era no inverno, a lama e buracos cobriam todo o percurso. Mesmo assim, nestas condições, os ônibus de Nena Brasil chegavam a Boa Vista, e daqui retornavam com novos passageiros. Foram 14 anos de bons serviços prestados. Pena que esse pioneirismo e dificuldades não tenham sido levados em conta quando foi renovar o contrato para continuar transportando, pois foi preterido por uma rica empresa do Estado do Paraná (a União Cascavel) que tinha “ônibu$ mai$ bonito$”, e o pioneiro Nena Brasil se viu obrigado a voltar a transportar somente de Manaus até a localidade de Abonari, na BR-174.

            Nena Brasil, além do vínculo com a Maçonaria em Manaus (era Mestre Maçom), também era um católico fervoroso. Vinha anualmente a Boa Vista participar das festividades da Paróquia de São Bento no Bairro Aparecida. Em 1986, numa das excursões dos membros de sua igreja ao Município de Alto Alegre, gostou tanto do lugar que resolveu que ali seria ideal para morar. Trouxe sua família e, em um mês, Nena Brasil construiu sua residência e comércio à Avenida Santo Amaro, passando a freqüentar em Alto Alegre a Paróquia de São Ticiano.  Em 1993 Nena Brasil recebeu das mãos do Padre Zinto um documento oficial do Vaticano com a benção papal datado de 05/08/1993, no qual constava o seguinte texto: “Sua Santidade o Papa João Paulo II, concede com todo o coração a Benção Apostólica a Wagner Cañizo, a sua esposa Rocicler Barreto Brasil, e família, com o penhor de graças e favores celestiais”. 

            Em 1994 Nena Brasil fez uma viagem ao Município de Pacaraima. Gostou do clima frio e mudou-se para aquele município, onde instalou seu comércio à Rua Paramaribo – defronte à Escola. Sua latente veia política fez com que ele se tornasse um membro ativo da comunidade.

            Em 1998, por recomendação médica para procurar um lugar com temperatura mais elevada, já que em Pacaraima faz muito frio, Nena Brasil retornou para Boa Vista, passando a morar e comercializar à Rua “5”, no Bairro União. Mas, os problemas de saúde não permitiram que ele continuasse a trabalhar. Passou então a ser cuidado pela família até os últimos momentos de vida. Faleceu no Hospital Geral em Boa Vista no dia 15 de novembro de 2008, aos 79 anos de idade. O casal Wagner Cañizo Brasil (Nena Brasil) e Rocicler Barreto Brasil teve 16 filhos, dos quais estão vivos 10: Sandra Maria; Ângela Solange; Lincoln Wagner; Delzuíla Maria; Maria Regina; Márcia Huguet; Raquel; Luiz Wallace; Izabel Cristina; e Izaias Romano.

            A Câmara Municipal de Boa Vista, através do vereador Telmário Mota, aprovou um Projeto de Lei denominando a antiga Rua “5`` (ao lado da Faculdade Atual da Amazônia) com o nome de “Rua Nena Brasil”. Foi aprovado e sancionado pelo Prefeito Iradilson Sampaio de Souza como Lei nº 1.165 de 20/08/2009, e publicado no Diário Oficial do Município de Boa Vista, de nº 2523, datado de 26 de agosto de 2009.

Francisco Cândido
franciscocandido992@gmail.com
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Minha Rua Fala
+ Ler mais artigos de Minha Rua Fala