O QUE FAZER NOS LENÇÓIS MARANHENSES – PARTE 2 - Folha de Boa Vista
Por Gildo Júnior
Em 25/11/2021

EDITORIAL

Uma viagem a um dos cenários mais lindos e únicos no mundo, que já foi até cena do filme dos Vingadores, os Lençóis Maranhenses. A região inteira que cobre o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses equivale à cidade de São Paulo e tem ao seu redor três cidades, Barreirinhas (onde ficamos), Atins (onde visitamos) e Santo Amaro (falta conhecer). Conheça seu mundo, conheça Roraima ao Extremo.

FICA A DICA

            Não esqueça de levar roupas leves, protetor solar e muito espaço no celular, pois o lugar é lindo e com toda certeza irá fazer várias fotos e vídeos, como dizem, cada piscada, uma foto.

Para mais informações entrar em contato pelo 98 98582-1142, fone/whats, falar com o Carlos da Lençóis Native e para hospedagem 98 99176-0055, tanto para ligações quanto para mensagens via WhatsApp..

O QUE FAZER NOS LENÇÓIS MARANHENSES – PARTE 2

LUA CHEIA NOS LENÇÓIS MARANHENSES, VOCÊ JÁ VIU?

Depois daquele entardecer fantástico da última postagem, permanecemos no mesmo lugar esperando a lua cheia que estaria dando aquele encanto, pois era o primeiro dia dela chia, além de bem amarela, estava gigante e logo dominou todo o céu com sua beleza. (Bota o celular no modo noturno e fica num ambiente escuro para você ter uma sensação ainda mais fantástica).

Ficamos ali, admirando sua beleza e, depois de fazer um vídeo em timelapse, começamos a fazer algumas brincadeiras com um bastão de luz e com lanternas, o conhecido light painting.

As fotos ficaram uma mais lindas que as outras, e tudo isso com o apoio da turma do Lençóis Native que faz este trabalho de acompanhamento para fotografia noturna nos lençóis maranhenses.

Terminado aquele super primeiro dia e seguimos para a Pousada Vitória do Lopes, para recostar a cabeça naquela cama bem aconchegante e descansar, por que o segundo dia nos lençóis maranhenses prometiam muitíssimas emoções!

UM DIA DE PASSEIOS PELO RIO PREGUIÇAS.

Acordamos logo cedo, para começar a fazer alguns vídeos pela região próxima à Pousada Vitória do Lopes, voltamos e estava pronta aquela mesa, repleta de coisas boas, tomamos nosso café́ reforçado, e corremos para a orla de Barreirinhas, onde tem uma plaquinha linda com o nome da cidade, Portal dos Lençóis Maranhenses.

Chegando lá, a equipe da Lençóis Native já nos aguardava para nos levar até nosso barco que iríamos passar o dia pelo rio Preguiças. (ah, o barco também conhecido como voadeiras viu, por que vai tão rápido pelo rio que parece estar voando sobre as águas).

Nosso guia foi falando sobre a paisagem, tipo de vegetação e animais ali encontrados. E, como a viagem foi fantástica por três partes, Vassouras, tema de nosso texto de hoje, Caburé e Mandacaru, da próxima postagem, irei passar algumas dicas.

VASSOURAS

1º Não esqueça do protetor solar, caso queira se proteger do sol e chapéu, por que, como a areia é bem clarinha, ela acaba refletindo os raios solares, que batem nela, na pessoa que por ali anda, ou seja, é luz do sol de cima e de baixo;

2º Chegando em Vassouras, como é pouco tempo, media de 40min a 1 hora, você tem que administrar muito seu tempo, pois senão, pode acabar não vendo tudo que tem ali para oferecer;

3º Ali tem uma área com vários macaquinhos, que se não tomar cuidado ele acaba pegando suas coisas e sai pulando de galho em galho com elas, como eles são muito espertos e geralmente estão atrás de comida, irão pegar tudo que verem pela frente, e talvez você̂ não consiga recuperar (ah, existe a recomendação de não alimentar os animais);

4º Vassouras também é conhecida como pequenos Lençóis, logo, suba a duna e aproveite para ver as outras lagoas que tem por ali e aproveitar para ter uma vista linda do parque eólico Delta III.

E, seguindo pelo rio Preguiças, saímos de Vassouras e fomos para Caburé́, onde iríamos almoçar.

CABURÉ

Caburé é aquela típica vila de pescadores, bem pacata e distante, que conta com poucas pousadas e tem a faixa de areia que divide o rio Preguiças e o mar.

O interessante é que é tanto vento que ao passar por ali, você̂ observa a quantidade de casas que já́ estão debaixo da areia, totalmente cobertas, tendo apenas o teto, ainda exposto.

Ao descer do barco, corremos para fazer o pedido do almoço e fomos rodar por Caburé́, já́ que o restaurante estava cheio, e deu tempo de andar bastante antes de sair nosso almoço.

Do lado do rio, aquelas águas mais calmas e doces, já do lado do mar, um pouco mais agitado e haviam bastantes conchinhas pela areia, perfeito para quem gosta de coletar conchas para colares ou artesanato.

MANDACARU

Voltamos, almoçamos e já́ estava na hora de seguir viagem para o outro lado do rio, uma vila chamada Mandacaru, que tem um farol lindo da marinha, chamado farol de Mandacaru, que quando fomos ainda estavam terminando as reformas.

Os moradores da vila desenvolvem algumas cachaças na região e também sorvetes utilizando frutos da estação. Corri pra visitar o farol, e como estava bem quente por conta do sol, corri para me esconder debaixo dos cajueiros que ali estavam.

E, saindo dali, voltamos para Barreirinhas, ainda navegando pelo rio Preguiças, e curtindo as cores que o por do sol deixava pelo rio. Que lugares lindos passamos em apenas um dia, que experiências incríveis.

Indo para os Lençóis, não deixe de fazer o passeio pelo rio Preguiças, com certeza irá se apaixonar. E claro, na orla, estava a equipe da Lençóis Native nos aguardando para nos levar até a Pousada Vitória do Lopes para descansar, por que o próximo dia ainda prometia fortes emoções!

BORA DE TRIP

Aê pessoal, além de nossa coluna semanal, temos nosso blog www.boradetrip.com.br, que é uma extensão do que produzimos no Roraima ao Extremo, com vídeos, textos completos, muitas fotos e vídeos, além de experiências que vivemos em nossas viagens por aí. O Bora de Trip tem conteúdo semanal, e já tem a matéria completa sobre alguns lugares do estado do Pará como ir e o que fazer na Ilha de Algodoal e também sobre a Ilha de Cotijuba. Já está se preparando para sua próxima viagem? Passa por lá e pegue algumas dicas!       

                Entre em contato com nossa equipe pelo e-mail roraimaextremo@gmail.com ou visite nossa Fan Page www.facebook.com/roraimaaoextremo, enviando-nos suas sugestões. Um grande abraço e até a semana que vem, com muito mais turismo e aventura aqui no seu Roraima ao Extremo.

Gildo Júnior
Desde: 2000-01-01
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Roraima ao Extremo
+ Ler mais artigos de Roraima ao Extremo