OPINIÃO - Folha de Boa Vista
Por Opinião
Em 05/10/2020

O IMPACTO DA IOT NA MANUTENÇÃO DO AR CONDICIONADO

Leandro Solarenco*

A tecnologia está transformando a forma de fazer manutenção de ar condicionado. Nos próximos anos, a tendência é observar “superespecialistas” e não mais técnicos genéricos devido ao poder de rastreabilidade remota para encontrar defeitos específicos nos equipamentos. Isso porque a gestão da manutenção dos aparelhos de ar condicionados está sendo remodelada com a IOT (Internet das Coisas).

Ao contrário da manutenção tradicional que exige técnico para identificar problemas, a manutenção 4.0 consegue fazer tudo remotamente, identificando tempo de uso, falhas e outros dados semelhantes aos dos carros modernos que monitoram, por exemplo, a quilometragem e acionam sensores de falhas deixando os técnicos preparados para o serviço. Essa rastreabilidade do processo de manutenção vai demandar técnicos específicos para determinados problemas, eliminando todo o trâmite de ter um responsável para terceirizar esse trabalho. Isso vai modificar o segmento de manutenção, que gradativamente caminhará para um modelo mais versátil, além de valorizar o trabalho do técnico que contará com conhecimentos específicos.

Além de proporcionar mais agilidade e eficiência no processo de manutenção, gerando economia de energia, a manutenção 4.0 também possibilita um segundo benefício que é flexibilizar o serviço de acordo com a necessidade devido a três itens principais de automação:

1 -Painéis de notificações de defeitos no aparelho de ar condicionado, identificando falhas ou antevendo possíveis problemas;

2- Redução do impacto dos reparos em cada visita. Numa manutenção tradicional, fatalmente o reparo é realizado e em duas visitas. No conceito 4.0, o processo de reparo é antecipado, uma vez que o técnico já tem o pré-diagnóstico do equipamento remotamente. Dessa forma, se o equipamento apresentar defeito, é possível levar as peças adequadas na visita;

3 – Cálculo de utilização para entender quando de fato a manutenção precisa ser feita, passando a ser sob demanda e não mais por tempo. Por meio da IOT, a frequência da manutenção vai ocorrer sob demanda. Hoje, normalmente o processo de manutenção regular exige um checklist com a presença de um técnico no local para fazer a limpeza padrão e verificação do que está ocorrendo no equipamento para posteriormente determinar diagnóstico e fazer o reparo. Tudo isso gera um custo e um tempo maior, inclusive de deslocamento do profissional.

Ao inverter esse jogo, a empresa vai eliminar partes dos processos de verificação manual, tempo, ferramentas e deslocamento fazendo tudo isso pela Internet usando dispositivos IOT. Dessa forma, com precisão e eficiência, a tecnologia vai realizar as mesmas medições e chegar numa conclusão do que precisa ser realizado pelo técnico de forma antecipada e assertiva. Assim, IOT já está transformando positivamente a forma de realizar a manutenção de ar condicionado.

*Engenheiro, especialista em projetos e master coach, CEO da Vetor Frio & Clima, empresa especializada em negócios que precisam de temperatura sob controle, oferendo projetos, instalação e manutenção para sistemas de refrigeração e ar condicionado, e da ProHound, startup focada em oferecer soluções de automação e gestão 4.0 neste mesmo segmento.

VOCÊ SABE VENDER?

Valdez Monterazo*

Poucos fatores são tão decisivos no mundo dos negócios quanto a competência de vendas, muitos afirmam, inclusive, ser o fator número 1 ou pré-requisito de empresas de sucesso.

Quando se fala do universo de pequenas e médias empresas, isso se torna ainda mais crítico. A falta de foco na área comercial se torna uma receita, quase que certeira, para a falência. A tendência é que esse cenário se torne cada vez mais crítico e competitivo, fato que será bom para alguns e catastrófico para outros.

Saber vender de forma tática, profissional e ética não pode mais ser considerado algo secundário, ou um luxo, mas nesse sentido fica a pergunta: você realmente sabe vender?

Quando faço essa pergunta, me refiro ao seguinte: sob demanda e de forma inusitada, você saberia utilizar uma metodologia e passos simples com o qual se basear para elevar suas chances de ter sucesso em uma venda ou negociação?

Embora alguns tenham aptidão nessa competência, a grande maioria dos empreendedores responderia não, e existe uma razão muito específica para isso: embora promover vendas seja uma das maiores causas de sucesso na empresa, não é um assunto treinado e estudado como realmente necessário.

Nesse sentido, preparei um raciocínio simples para encarar reuniões de vendas de maneira tática e eficaz, mas antes permita-me fazer uma analogia deste mesmo raciocínio com uma situação em que todos já passamos na vida.

Imagina que ao chegar com dores a um consultório médico você espera mais de duas horas. Com uma dor quase insuportável você é chamado à sala.  Ao entrar, o médico mal olha para você e não te convida a sentar. Quando você está prestes a relatar suas dores e o que sente, ele simplesmente te corta e fala que você tem uma doença terminal e que por isso precisará fazer uma cirurgia caríssima.

O que você faria em uma situação dessas? Com certeza, eu iria procurar outro especialista!

Agora, voltando à nossa temática sobre vendas. Acontece que a grande maioria das pessoas vende exatamente da mesma forma que o médico da analogia. Não criam relacionamento e não promovem a confiança de seus clientes, não escutam suas dores e não diagnosticam corretamente suas necessidades por estarem focados somente em faturar.

Nesse sentido, leia com muita atenção o processo de 3 simples passos que podem ajudar praticamente qualquer segmento de empresa a aumentar a conversão em vendas.

Diagnóstico

Diagnóstico significa entender e levantar as reais necessidades do seu potencial cliente. Quais são seus problemas, dores e implicações futuras, para ele e seu negócio, de permanecer na mesma situação.

Receita

Apresentar de maneira profissional a melhor solução que irá resolver o problema do potencial cliente. Qual o caminho mais adequado em termos de superioridade técnica, custo benefício, entre outros atributos. É somente aqui, após levantar as reais necessidades do cliente, que apresentamos qualquer solução, serviço ou produto, nunca antes de diagnosticá-lo.

Tratamento

Tratamento significa fechar a venda, acordar os detalhes, finalizar a transação e iniciar a implementação da solução ou serviço ou simplesmente entregar o produto. Lembrando sempre dos devidos cuidados com o pós-venda.

Convido você agora a refletir: em qual desses passos você ou sua equipe pode colocar mais atenção e energia?

Ao melhorar continuamente em termos de competência, é simplesmente natural colher melhores resultados! Afinal, se colhe aquele que se planta.

Ao ler até aqui, você entendeu a criticidade de profissionalizar as vendas de sua empresa e também três simples passos que podem alavancar seus resultados comerciais. Convido agora a colocar esse conhecimento em prática e, assim, se tornar um empresário, ou profissional, mais competente e com maiores resultados.

*Master coach, especializado em negócios, psicologia positiva e carreira. Ajuda empresários e executivos a maximizar resultados empresariais, ter mais tempo e qualidade de vida. Partner associado na Sociedade Brasileira de Coaching, maior referência em desenvolvimento de negócios e soluções corporativas no Brasil.Ocupa a posição de Coach Executivo e de Negócios no BNI (Business Networking International), maior e mais bem sucedida rede de networking de empresários no mundo.

DERROTA OU FRACASSO

Afonso Rodrigues de Oliveira*

“O campo da derrota não está povoado de fracasso, senão de homens que tombaram antes de vencer.” (Abraham Lincoln)

Seu cuidado com a queda do seu filhinho pode estar exagerado. A criança que nunca caiu nunca vai saber se erguer na queda, quando adulto. Esteja sempre atento quando seu filhinho cair, mas deixe-o levantar-se sozinho. Socorra-o apenas quando houver necessidade. Não espere que ele atinja a idade para ir para a escola, se educar. Um dia, alguém vai descobrir que as escolas não educam, elas ensinam.

Estive num papo interessantíssimo com meus filhos, ontem pela manhã, depois do café. E como eles já não são tão jovens assim, mergulhamos no passado. Falamos da época em que eles ainda eram crianças. De como as coisas mudaram sem mudar, até atingirmos os dias de agora. Quanta diferença, nas quais pouca coisa foi percebida e que deveriam ter sido mudadas. E que agora é tarde. Mas isso não quer dizer que fiquemos parados, quando temos muito a fazer.  

Iniciemos nossa tarefa cuidando de mudanças que dever vir de dentro de nós mesmos. Comecemos dando mais atenção à sabedoria dos que nos deixaram ensinamentos que devem ser observados. O Victor Hugo nos deixou este recado: “Devemos ser o que não somos, mas sem deixar de ser o que somos.” O importante é que nos conheçamos no que somos. E só assim respeitamos o que os outros são. E só quando respeitamos, somos respeitados. Prometa-me não se aborrecer com meu comentário. Mesmo porque ele não é crítico. Apenas vejo-o como mero comentário sobre o que não deveria haver para que haja respeito.

Pare de gritar em protesto de exigência por aquilo que você tem e merece, que é o respeito. Mas você só irá receber o respeito real quando realmente se respeitar. E você nunca se respeitará enquanto ficar arengando com o idiota que não respeita você. E a pergunta é: você ama mais a sua pele, ou a cor da sua pele? “Você é tão rico ou tão pobre quanto o seu vizinho, senão não seria vizinho dele.” E o idiota que despreza você pela cor de sua pele não merece ser seu vizinho. Então esqueça-o e avizinhe-se de alguém que mereça você. Assim você estará se respeitando e sendo o que deve ser, sem deixar de ser o que é. Simples pra dedéu.

Viva o dia, hoje, preparando-se para o amanhã. Seu futuro é amanhã, e amanhã já será hoje, para o preparo do amanhã. Porque a vida é esse eterno ir e vir. E não temos como mudar essa gangorra. O que temos que fazer é prepararmo-nos para o futuro que queremos para nós mesmos. Valorize-se no que você é. Só assim você melhorará para ser o melhor, amanhã. E você pode, se achar que pode. Pense nisso.

*Articulista

Email: afonso_rr@hotmail.com

95-99121-1460

Opinião
fale@folhabv.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!