Por Opinião
Em 28/10/2020

OUTUBRO ROSA

Dolane Patrícia*

O movimento Outubro Rosa está sendo comemorado em todo o mundo. O nome foi originado da cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama.

Esse movimento que dura o mês inteiro busca alertar sobre os riscos e a necessidade de diagnóstico precoce deste tipo de câncer, que é o segundo mais recorrente no mundo, perdendo apenas para o de pele.

Assim sendo, a iluminação em rosa se tornou muito importante, pois passou a ser uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo. A campanha visa incentivar as mulheres a realizarem o exame da mamografia, como forma de prevenir o câncer, aumentando as chances de cura.  E a cada ano essas chances aumentam.

Segundo a oncologista clínica do A.C.Camargo Câncer Center Solange Moraes Sanches, boa parte dos avanços no tratamento de câncer de mama atualmente se deve ao tratamento personalizado que a medicina oncológica dedica a cada paciente. Há aproximadamente 20 anos, todas as pessoas diagnosticadas com a doença recebiam o mesmo tipo de tratamento, afirma a especialista.

Ela afirma que hoje, desde a biópsia é possível estudar o perfil biológico do tumor. As análises permitem identificar traços do câncer que são específicos daquela pessoa e que podem ser utilizados como alvo terapêutico. As chances de cura aumentam a cada ano, quando diagnosticados precocemente.

Segundo o Inca, no ano de 2010 ocorreram 49.240 novos casos de câncer de mama no Brasil, sendo superado apenas pelo câncer de pele. No ano de 2008, 11.860 mulheres morreram por causa do câncer de mama e 125 homens também morreram por câncer de mama.

câncer de mama no homem é raro e representa menos de 1% dos casos, e o principal sintomas é um nódulo endurecido atrás do "bico" do peito, principalmente em pacientes acima de 50 anos de idade, de acordo com o site www.sbmastologia.com.br

O site informa ainda que “quanto maior o desenvolvimento da região maior a incidência de câncer de mama. Isto reflete uma sociedade mais industrializada com consumo cada vez maior de uma alimentação inadequada, excesso de peso e talvez estresse.”

Em Brasília, a campanha faz sucesso, os prédios da Esplanada dos Ministérios e Praça dos Três Poderes sempre são iluminados com a cor rosa. A tonalidade é compreendida como a união dos povos pela saúde feminina. Em Roraima, os prédios são iluminados de rosa todos os anos, para lembrar a importância da campanha no nosso Estado.

O câncer de mama está atingindo mulheres cada vez mais jovens.

No Brasil, as taxas de mortalidade por esse tipo de câncer continuam elevadas, especialmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados. Por isso, o autoexame das mamas e a mamografia são essenciais. 

Várias frases chamam atenção em concursos por todo País, em uma delas, o autor chama a atenção dos filhos para com o cuidado materno e criou a frase que ficou em quinto lugar em um dos concursos: “Mãe para mim você é indestrutível, mas para o câncer não. Previna-se! Faça o teste do câncer de mama.

O site www.mulherconsciente investe na informação como meio de ajudar a sociedade a se prevenir. Dessa forma, apresenta os principais sintomas, como sendo: “o aparecimento de um caroço”. Nódulos que são indolores, duros e irregulares têm mais chances de ser malignos, mas há tumores que são macios e arredondados. Portanto, é importante ir ao médico.

E ainda destaca outros sinais de câncer de mama, como irritação da pele ou aparecimento de irregularidades, como covinhas ou franzidos, ou que fazem a pele se assemelhar à casca de uma laranja; inchaço em parte do seio; dor no mamilo ou inversão do mamilo (para dentro); vermelhidão ou descamação do mamilo ou pele da mama; saída de secreção (que não leite) pelo mamilo e caroço nas axilas.

Muitas mulheres ainda consideram pouco importante a mamografia, mas é o único exame diagnóstico capaz de detectar o câncer de mama quando ele ainda tem menos de 1 centímetro. A relevância se dá pelo fato de que com esse tamanho, o nódulo ainda não pode ser palpado. Mas é com esse tamanho que ele pode ser curado em até 95%, por isso a campanha tomou proporções colossais!

Ou seja, com o avanço da tecnologia, o autoexame não é mais a principal forma de detectar o câncer de mama e sim a mamografia. Por isso a importância da Campanha Outubro Rosa em todo o mundo!

Várias campanhas estão sendo feitas em todo o país sobre as mais belas frases sobre prevenção. O primeiro lugar pelo site www.pmfi.pr.gov.br, foi a de Gisele Paiva, que diz: “No toque das mãos, Nos exames convencionais ou digitais, Fazendo a prevenção... Sempre há solução!”

Outubro Rosa, mês que simboliza a Luta pela Conscientização e Prevenção do Câncer de Mama. Faça justiça com sua saúde, faça hoje mesmo seu exame, prevenir ainda é a melhor solução.

Campanha Outubro Rosa: “Por um mundo onde no futuro, o câncer seja apenas um signo!”

*Advogada, Juíza Arbitral, Personalidade da Amazônia e Personalidade Brasileira.  Mestre em Desenvolvimento Regional da Amazônia Twitter: @DolanePatricia_ You Tube: DOLANE PATRICIA RR.

Acesse dolanepatricia,com.br

DO GIZ À INTERNET: TEMPOS DIFERENTES PEDEM AÇÕES DIFERENTES 

Adriano Pistore*

Neste mês comemora-se o Dia do Professor, data instituída para celebrar o decreto que criou o Ensino Elementar no Brasil em 1827. De lá para cá são quase 200 anos, um período longo e de intensas transformações no sistema escolar e na forma de se ensinar e aprender. Principalmente neste ano, atípico, onde precisamos nos reinventar e redefinir os papéis, seja do aluno, seja do professor. Pode soar entranho, mas mesmo nesse contexto, todos ganham, com mais interação, informação e possibilidades de aprendizado.  

Com a internet, o professor, figura central da escola, não perdeu sua importância. Muito pelo contrário, ele apenas a evidenciou, já que nesse período de pandemia ele precisou mudar suas metodologias para garantir que o ensino não fosse interrompido. Os professores têm sido, assim como os profissionais da saúde, heróis em seu campo de atuação, pois mesmo dentro de um Brasil de tantas realidades, têm conseguido driblar os desafios impostos e se reinventar, transferindo o ensino presencial para o ensino ao vivo pela internet.  

É muito provável que pós-pandemia a máxima de que “temos escolas do Século XIX com professores do Século XX para alunos do Século XXI” tenha que ser repensada, pois grande parte dos professores têm se mostrado aberto às mudanças impostas e, sem dúvida, darão um salto em suas carreiras. Assim como os novos ambientes de estudo precisarão ser reinventados, com mais tecnologia inserida no contexto presencial. Escuto muito sobre estarmos perdendo um ano letivo e que devemos o quanto antes voltar para as salas de aula para recuperar o tempo perdido. Tem uma verdade nisso, mas não podemos olhar apenas sob essa ótica. Não devemos enxergar o ano como perdido, mas, sim, com o quanto aprendemos durante esse período e o que faremos com isso de agora em diante. A tecnologia conseguiu personalizar a Educação, tornando o aluno o centro do processo de aprendizagem. Os novos recursos possibilitam aulas direcionadas, pois temos retornos precisos sobre cada clique e conteúdo acessado, além de ampliar o acesso à informação, unindo o que já de melhor nos dois mundos.   

A discussão em sala de aula vai retornar, mas agora temos em mãos ferramentas que antes não eram tão utilizadas e podem apoiar e otimizar o que será debatido em aula, além de possibilitar o desenvolvimento de mais atividades no ambiente virtual. Aulas por vídeo, debates, convidados, inclusive internacionais, podcasts, entre outras fontes de informação, agora permitem o professor acompanhar bem mais de perto o desempenho de seus alunos. A prova deixa de ser o único balizador do aprendizado.  

Essa nova metodologia, onde o professor ensina o aluno a aprender e aprende com ele ao ensinar, faz com que o professor deixe de ser o portador do conhecimento para se tornar o mediador do processo de aprendizagem. Cabe a ele e às Instituições de Ensino Superior ofertar aos alunos, enquanto seres em formação, os mecanismos pedagógicos e tecnológicos necessários para que eles se tornem protagonistas de sua própria história, reforçando, assim, a missão do professor na sociedade, de forma atualizada com a nova realidade.  

*Vice-presidente de Operações Presenciais da Estácio.  

SER FELIZ

Afonso Rodrigues de Oliveira*

“A verdadeira felicidade está na própria casa, entre as alegrias da família.” (Tolstoi)

Você é a única pessoa capaz de fazer você se sentir feliz. Ninguém mais tem esse poder. Então não desperdice seu precioso tempo procurando a felicidade nos outros. Simples pra dedéu. Não procure, busque, a felicidade dentro de você. Ria, sorria, cante, dance, viva a vida que você deseja viver. Nunca lamente nem reclame. Discutir, jamais. Pessoas inteligentes não discutem. Assim como pessoas inteligentes são felizes. Por que ficar se aborrecendo com as tolices dos outros?

A felicidade está na sua própria casa. A convivência dentro de casa tem grande importância nos seu relacionamento fora, de casa. Aprendemos isso nas relações humana no trabalho e na família. Quando não somos felizes nem ordeiros dentro de casa, não temos como nos relacionarmos feliz, fora dela. O amor no ambiente familiar só traz felicidade. Procure ser o melhor você que você puder ser. E sua entrega deve estar na entrega da harmonia.

A felicidade é coisa que devemos dar sem esperar retorno. O retorno vem como resultado positivo do positivismo. Gibran Khalil falou bonito: “As flores desabrocham para continuar a viver, pois reter é perecer.” Faça com que sua felicidade renasça da distribuição. Quando fazemos as pessoas se sentirem felizes, somos felizes. Mas nunca se esqueça de que você sempre estará contribuindo, para que a pessoa se sinta feliz. Sentir-se feliz ou não, depende da pessoa e não de você. Você deu a contribuição.

A vida é um caminho iluminado, ou escuro, dependendo de quem a vive. Escolha seu caminho. Você tem toda a autoridade necessária para dirigir sua vida no caminho que você escolheu. Pense nisso sempre que estiver tentando educar seu filho ou sua filha. Procure sempre orientá-los e não os dirigir. E não se esqueça de que o exemplo é a melhor didática. E o exemplo está no seu comportamento familiar.

Lembre-se sempre que seu filho irá viver o mundo dele e não o seu. O mundo dele certamente será bem diferente do mundo em que você vive. Seja sempre feliz buscando a felicidade em você mesmo ou mesma. Não perca seu tempo com assuntos ou pensamentos negativos. A natureza é rica e toda a riqueza está à sua disposição. A escolha será sempre sua. E você só poderá, se achar que pode. Então faça sempre o melhor, porque você pode. Ninguém é superior a você nem você superior a alguém. Somos todos iguais nas diferenças. É só respeitar as diferenças e ir em frente.

Lembre-se de que estamos sobre esta Terra há vinte e uma eternidades. O tempo não passa. Nós é que não progredimos racionalmente. Pense nisso.

*Articulista

E-mail: afonso_rr@hotmail.com

95- 99121-1460

Opinião
fale@folhabv.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!