Por Opinião
Em 24/02/2020

ESTUDO REVELA: 1 em cada 4 cães tem fraturas dentárias por mastigar produtos muito duros

Apesar da importância do assunto, metade dos tutores dos cães participantes da pesquisa não conseguiram identificar as fraturas dentárias

Confira dicas para proteção dos dentes dos cães

Não é novidade que os cães usam a boca para explorar o mundo, mantendo-os ativos e diminuindo o stress. No entanto, uma recente pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade da Pensilvânia, com apoio da Mars Petcare, identificou que cerca de 27% dos cães têm fraturas dentárias, geralmente em dentes funcionalmente importantes, e esses episódios estão diretamente relacionados aos brinquedos e petiscos disponíveis no mercado.

A mastigação é algo inerente à espécie canina, o que pode acabar dando a falsa impressão de que os dentes dos cães são indestrutíveis. A verdade é que o esmalte de um dente canino é seis vezes mais fino que de um humano e os nervos estão mais próximos da superfície, causando maior sensibilidade. Atualmente, 1 em cada 4 cães tem dentes fraturados em decorrência de mastigar produtos muito rígidos.

A Dra. Lisa Milella, Médica-Veterinária britânica Especialista em Odontologia e membro da European Veterinary Dental College, reforça ainda que “ao contrário de muitas fraturas comuns em humanos, lascas e fraturas nos dentes dos cães podem causar dor extrema, infecção e diminuição do apetite, uma vez que os nervos dos seus dentes ficam mais expostos”.

O estudo comprovou também que a mandíbula de um cão tem força suficiente para quebrar os dentes ao mastigar produtos muito rígidos. Isso significa que, mesmo que alguns cães consigam roer e morder brinquedos e alimentos com essa característica, existe um grande potencial de danificação dos dentes, considerando a imensa força que eles aplicam na mastigação.

Apesar da importância do assunto, metade dos tutores dos cães participantes da pesquisa não conseguiram identificar fraturas dentárias em seus pets. Isso mostra a necessidade que ainda existe de aprendizado e conscientização dos tutores sobre a rigidez de petiscos e brinquedos voltados para a mastigação dos cães. Pensando nisso, a Mars Petcare elencou três dicas valiosas para os tutores estarem atentos ao assunto e protegerem os dentes de seus cães:

1) De olho na mastigação: fique atento ao que o cão mastiga, principalmente itens que ele encontra e coloca na boca por curiosidade, como pedrinhas que encontra na rua ou no parque. Desencoraje esse tipo de comportamento.

2) Se achar que é muito rígido, provavelmente é. Quando oferecer ao cão algo para mastigar, imagine-se dando uma mordida forte naquele petisco ou brinquedo. Se sentir aflição ao pensar nisso, então provavelmente o item é muito rígido para o cão.

3) Consulte sempre o Médico-Veterinário: Se não tiver certeza se um produto – petisco ou brinquedo - é muito rígido, fale com o Médico-Veterinário de confiança para obter orientações sobre o que é seguro para o pet.
Mars, Incorporated


Socialismo Utopia Mente

Daniel Severino Chaves*

Escrevo estas linhas com rimas tentando torná-las atraente. Pois tem inúteis que não percebem que são apenas joguetes incongruentes. Inicio com a frase de Carl Marx, usada para seduzir o cidadão incoerente. Pois esse sabia que promoveria a revolução do indigente. "A história se repete, a primeira como tragédia", pela corrupção eminente. "a segunda como farsa", usando o inútil combatente.

Nietzsche, o inimigo da moralidade, também deixou sua mensagem inconveniente. Para ele: "As convicções são inimigas mais perigosas da verdade do que a mentira", do maledicente. Lênin vai mais além para promover a corrupção e a libertinagem sexual repelente: "Xingue-os do que você é, e acuse-os do que você faz", insistente.

Lênin provou que Marx estava errando de modo eficiente. Mas tal como Trotsky, seu final foi de incompetente. Pois bastou um Stalin, para explodir sua pose insolente. Nesta onda veio muitos presidiários do socialismo trabalhista, tentando impor suas vontades impertinentes. Mussolini foi o mais ousado e saliente. Criando a modalidade fascista que era o socialismo convergente.

Hitler vem desta mesma toada proveniente. Depois da prisão passou a ser intransigente. Atacou o capitalismo judeu e desarmou a população indulgente. Mosley, outro presidiário do partido dos trabalhadores, famoso e insurgente, era um comunista estrategista efervescente. Fundou na Inglaterra o fascismo, reforçando o ódio a toda gente. Dentro desse lodo marxista, Gramsci tenta flutuar saliente. Procura resgatar o comunismo das mãos do fascismo prepotente. Foi, porém, só mais outro presidiário, se apresentando impotente.

Dentre tantos está o professor estadista que mais dominou o povo pelo poder de mente. Na revolta contra o Japão, a revolução estudantil saiu na frente. Mao Tse Tung criou o comunismo reverente. Como guerrilheiro, foi proclamado na República Socialista como presidente, concentrando sua política ao camponês sobrevivente. Na revolução proletária, o dragão vermelho ficou evidente. Pelo estudo literário, foi o único revolucionário, que atrás das grades ou do fracasso esteve ausente.

A estratégia dos assaltantes comunistas é roubar o povo criando a conspiração divergente. Maduro e Evo Morales são exemplos mais presentes. Dizem que no Brasil, essa manifestação não é existente. Mas quando vejo, no YouTube, liberalistas defendendo o governo vigente. Atacando um presidiário inútil e saliente. Só demonstra, infelizmente, que o mandamento de Lênin ainda está presente. E sendo usado o suficiente para promover o inútil, por qualquer digital influente.

Na Ucrânia, o comunismo e nazismo têm o mesmo significado parturiente. São considerados criminosos aqueles que são condescendentes. Quiçá o Brasil elimine definitivamente. Essa política que ré age covardemente, impedindo de andarmos livremente e pra frente.

Diante de tantas mazelas do comunismo aborrecente, me convenço que o socialismo é bom, não para o tempo vigente. A ganância dos homens é tanta, e nunca o deixa contente. Se não fosse esses carniceiros políticos, o socialismo seria o melhor presente. Socialismo sem Deus no coração docente, sempre faltará pra rima, a palavra INTELIGENTE.

*Prospetivista


Cuidando dos filhos

Afonso Rodrigues de Oliveira*

“Vossos filhos não são vossos filhos. São filhos e filhas da ânsia da vida por si mesma. Eles vêm através de vós, mas não de vós. Embora vivam convosco, não vos pertencem.” (Gibran Khalil Gibran)

 Já tivemos um período, pelo menos aqui no Brasil, que as escolas criaram salas especiais para crianças consideradas especiais. Não sei se ainda estamos nessa gangorra do desconhecimento. Mas a verdade é que já começamos a observar que as crianças atuais vêm com mente mais desenvolvida. Que é o que acontecia com as consideradas especiais naqueles dias. Mas o que me preocupa é que os exemplos a que assistimos diariamente indicam que ainda não perceberam as mudanças. E por isso ficamos perdidos, sem saber o que fazer para educar os filhos. Ainda confundimos liberdade com libertinagem. Autênticos perdidos no espaço.

Continuamos mais encantados com o desenvolvimento tecnológico do que com o desenvolvimento humano. Porque este está na caminhada do desenvolvimento racional. E poucos estão autênticos para com a racionalidade. Que é o que preocupa. Somos todos de origem racional. Viemos todos do universo racional. Estamos aqui, sobre este planeta Terra, há vinte e uma eternidades. Tempo suficiente para termos progredido em nossa racionalidade para que possamos voltar ao nosso mundo de origem. Mas continuamos nadando nas águas turvas da irracionalidade. 

No livro “Astrologia Espacial,” lemos que ainda não sabemos quantos dilúvios já tivemos na Terra. E que estamos na iminência de um próximo dilúvio. Mas o que mais nos deixa sem saída é que no mundo racional, não há unidade de tempo.

O dilúvio pode vir daqui a dez anos ou daqui a dez séculos. Mas que ele virá, virá. 

Especialistas também dizem que a ciência e a religião sempre andaram de mãos dadas. A ciência, quando descobre algo e não consegue provar, engaveta; a religião, quando descobre e não consegue provar, fantasia. Então vamos ter cuidado. Comecemos a orientar nossos filhos dentro da evolução mental deles, mas sem dirigi-los. Mesmo porque não sabemos que mundo eles irão viver quando nós já não estaremos vivos. É uma tarefa enriquecedora e que não devemos menosprezá-la. Vamos dar mais atenção ao desenvolvimento racional dos nossos filhos enquanto crianças, para que eles possam ser adultos, vivendo o desenvolvimento racional. Vamos prestar mais atenção ao desenvolvimento humano do que ao tecnológico. Mas isso só no caminho da racionalidade, porque os dois desenvolvimentos têm a mesma importância. Ame seu filho dando-lhe o mapa da racionalidade para que ele possa caminhar pelas veredas da volta ao seu mundo. Pense nisso.

*Articulista
afonso_rr@hotmail.com
99121-1460 


Opinião
fale@folhabv.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Opiniao
+ Ler mais artigos de Opiniao