Por Gildo Júnior
Em 23/07/2020

Terra de lendas e histórias, morada permanente do Macunaíma, seu protetor, nossa viagem de hoje é para o monte Roraima, dividi em algumas partes para que você tenha o material mais completo sobre este tema. Conheça seu mundo, conheça Roraima ao Extremo. Gildo Junior

FICA A DICA

É recomendado aos viajantes que levem sacos plásticos para que seja recolhida a sujeira produzida ao longo da viagem, inclusive os resíduos humanos. Este lixo será trazido de volta até a Comunidade Indígena de Paraitepuy, de onde será transportado para uma área pré-estabelecida pelo Inparques.
Procure por agências a Clube Native, através do contato 95 98102-0913 ou pelo Instagram @clubenative.

MONTE RORAIMA, O MUNDO PERDIDO – PARTE 1

Formadas há milhões de anos, as montanhas localizadas na fronteira entre o Brasil, Venezuela e a Guiana são únicas no Planeta. Os imensos platôs com quase 3 mil metros de altitude são chamados pelos índios como “tepuys”. Lá o tempo não existe.

O que existem são lendas e mistérios encobertos pela neblina que envolve os tepuys, assustando e fascinando homens há tempos. Tanto que inspirou o escritor inglês Conan Doyte, o criador de Sherlock Holmes, a escrever a ficção “O Mundo Perdido”.

Segundo as lendas dos índios Caribés, o Monte Roraima, que é um dos pontos culminantes do Brasil com 2.875m, é a morada do Deus Macunaíma, sendo indistinta por sua formação e a diversidade de ecossistemas das savanas amazônicas. Para protegê-lo foi criado em 1989 o Parque Nacional do Monte Roraima abrigando 116.00 hectares.

UM POUCO MAIS SOBRE O MONTE
Intransponível é exagero. Quase 300 anos depois, em 1886, o botânico inglês sir Everard im Thurn descobriu um caminho para subir ao topo, pela Venezuela. O primeiro brasileiro a chegar lá em cima foi o marechal Cândido Rondon.

Em 1927, ele fincou ali a pedra que demarca a tríplice fronteira entre Brasil, Guiana e Venezuela. Mas a imponência da montanha permaneceu um desafio para os escaladores por mais um século. Só nos anos 1970, uma equipe inglesa conseguiu chegar ao topo pela parede.

Palco de diversas filmagens e fotos, o Monte Roraima foi a inspiração para a animação Up-Altas Aventuras, que fascinou milhares de pessoas mundo afora. O filme retrata algumas peculiaridades da montanha e, o melhor de tudo, a expôs, transformando-a num dos melhores roteiros de turismo da atualidade.
O monte foi escalado pela equipe de Eliseu Frechou, que o conquistou escalando suas paredes, levando 12 dias para alcançar o topo. A escalada foi feita pelo lado da Guiana Inglesa.

Conhecer o Monte Roraima é uma experiência diferente, mesmo para quem já experimentou outros trekkings. É muito mais do que apenas caminhar e acampar; é uma visita a um dos lugares mais antigos do planeta, datado da Era Pré-Cambriana, muito distante da existência do homem sobre a Terra.

UM BREVE, MAS MUITO BREVE RESUMO!
1. O Monte Roraima é muito fácil de se completar, são 14km de caminhada no primeiro dia, quase sem elevação (mas com a pior de todas LA PRUEBA saindo do Paraitepuy), 11km no segundo dia, com muita inclinação e 6km no último dia, que já será a subida ao Monte;

2. Prepare-se para temperaturas baixas: na trilha até a base em torno de 20ºC, no topo durante o dia 10ºC, podendo chegar a 03ºC à noite. Além de muita umidade, na casa de 80%.

3. Dependendo do pacote que você feche, pode sair de Boa Vista, ou encontrar com a equipe contratada em Pacaraima, de lá irá seguir até San Francisco (última área com asfalto) e de San Francisco até o Paraitepuy, entrada do Parque do Monte Roraima, onde será pesada a mochila, irá pagar a entrada de acesso ao Parque e pesar a mochila, caso queira contratar o carregador (porteador);

4. No PRIMEIRO DIA caminha-se até chegar ao acampamento do Rio Tek e ao chegar ali, a equipe contratada já arrumou as barracas e estará finalizando a janta, caso você tenha contratado carregador, sua mochila já estará dentro da barraca que irá dormir;

5. Os carregadores cobram R$ 50,00 por dia para levar até 15kg num só volume (numa só mochila), ou seja, caso queira dividir o valor com um amigo, namorada(o), famíliar, terão que colocar tudo numa mochila só;

6. No SEGUNDO DIA de caminhada, sai-se logo após o café da manhã e já irá atravessar o rio Tek, caso não queira molhar as botas, tirar antes, segue-se até o rio Kukenan, onde a turma para para tomar banho nas águas geladas do rio, depois segue caminho até parar no acampamento militar (isso é só o nome mesmo, uma área coberta de árvores e com um riacho abaixo) para almoçar e depois de lá, segue-se até chegar ao acampamento base do Monte Roraima,
e novamente sua barraca já estará arrumado, agora é só tomar um banho extremamente gelado, e seguir para jantar;

7. Já no TERCEIRO DIA, você já acorda de frente para o Monte, toma aquele café e faz aquele alongamento para começar a subir o Monte, nada muito difícil, para mim uma das piores partes é LAS LÁGRIMAS, por que deslisa um pouco, mas nada que um bom sapato/bota/croocs/meia não resolva. Chegando ao topo estará num local chamado Vale dos Guardiões, e começará a ver formas nas pedras, caminharã pela paisagem da região até chegar ao
“HOTEL” que sua equipe separou para vocês!

8. Do QUARTO ao SEXTO DIA, o roteiro é definido pela equipe, podendo visitar alguns pontos, sendo que no SEXTO DIA inicia-se a descida do Monte até chegar no acampamento do rio Tek;

9. No SÉTIMO DIA, é hora de arrumar as coisas, se despedir do MUNDO PERDIDO, e voltar para o asfalto. Geralmente ao retornar, as empresas param na comunidade indígena San Francisco, onde será o almoço e os turistas aproveitam para comprar as lembranças daquele local. De lá, segue-se até a fronteira, seja para quem fica em Pacaraima ou quem regressa até Boa Vista.

BORA VIAJAR?

Temporada Monte Roraima 2021 aberta. Eae, vamos realizar o sonho de conhecer o Monte Roraima em 2021? Mais informações e reservas: 95 98102-0913.

Entre em contato com nossa equipe pelo e-mail roraimaextremo@gmail.com ou visite nossa Fan Page www.facebook.com/roraimaaoextremo, enviando-nos suas sugestões. Um grande abraço e até a semana que vem, com muito mais turismo e aventura aqui no seu Roraima ao Extremo.

Gildo Júnior
Desde: 2000-01-01
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Roraima ao Extremo
+ Ler mais artigos de Roraima ao Extremo