Por Parabólica
Em 28/05/2020

Bom dia!

Hoje já quinta-feira (28.05). O governo do estado, plena curva de ascensão da pandemia da covid-19 atravessa, aparentemente, a pior crise política de seu governo. Em menos de 24 horas três secretários de Antonio Denarium (sem partido) pedem para sair da equipe: Disney Mesquita (Casa Civil); Joilma Teodora (Secretaria do Índio) e Olivan Júnior (Secretaria de Saúde). O primeiro era, até agora, o mais forte de todos os secretários estaduais, por quem passava quase todas as decisões importantes do governo; a segunda nunca encontrou espaço para trabalhar no governo; e o terceiro com cerca de apenas um mês no cargo, pediu para sair ao ter negada sua sugestão para que Denarium solicitasse ao ministro interino da Saúde, o general Eduardo Pazzuelo, intervenção federal na saúde pública estadual.

Para além desses auxiliares de primeiro escalão, o procurador-geral adjunto Ernani Batista, que presidia a Força Tarefa criada pelo governador Antonio Denarium para acompanhar “com olhos de lince” todos os processos de compras e contratos pela Sesau, pediu também para sair. Fontes da Parabólica dizem que ontem, o governador passou boa parte do dia, tentando convencer Olivan Júnior e Ernani Batista a reverem suas decisões de abandonar o barco. As mesmas fontes dizem que ambos estão inflexíveis e esperam apenas a indicação dos substitutos para sair.

Olivan Júnior já declarou por diversas vezes que não existe alternativa para administrar a Sesau sem intervenção federal, o que denota a conclusão de que existam forças políticas poderosas – e quem seriam tais forças-, que impedem a tarefa de sanear a roubalheira e os vícios instalados na instituição? Já Ernani Batista não disse claramente porque decidiu abandonar a tarefa técnica de analisar os processos da Sesau. Joilma Teodoro pode estar saindo para disputar a Prefeitura Municipal de Rorainópolis. Ela é vice-prefeita licenciada daquele município.

De todas as saídas anunciadas, a decisão do chefe da Casa Civil, Disney Mesquita, de abandonar o governo de seu amigo Antonio Denarium é mais emblemática. Ele está entre os empresários que desde o início montaram a engenharia política para fazer dele, Denarium, uma opção para o eleitorado na eleição de 2018, fora do mundo político tradicional, embora ele já tentara ser do ramo, quando disputou a eleição de 2010, como primeiro suplente da ex-primeira-dama do estado, Marluce Pinto.

SUBSTITUTO

A declaração de Disney Mesquita de que sai do governo por razões de “foro íntimo”, põe ainda mais dúvidas sobre as razões objetivas da saída. “Foro íntimo” são razões subjetivas, que incluem inclusive razões de natureza ética e moral. Fontes da Coluna falam de uma possível substituição dele pelo deputado estadual Marcelo Cabral (MDB), atual líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado (ALE). Os dois são muitos ligados pessoal e politicamente, e fontes de bastidores da política local atribuem ter partido de Disney Mesquita, as principais articulações para fazer de Cabral, o líder governista na ALE, que estaria indeciso quanto a aceitação de um eventual convite para trocar o Legislativo pelo Executivo. E neste caso, a demissionária Joilma Teodoro assumiria, como primeira suplente que é, a vaga de Cabral na ALE.

MORTE

A imprensa de Rondônia destacou a morte do empresário Uyrandê Castro, considerado um pioneiro do comércio de combustíveis e de hotelaria em Porto Velho, capital daquele estado. Uyrandê era roraimense, filho de uma família simples, e saiu de Roraima ainda muito jovem para tentar a vida em Rondônia, que já começava a crescer mais vigorosamente que nosso estado. Boa parte de sua família ainda vive em Roraima. Ele, e outros roraimenses talentosos, trabalharam muito e tornaram-se pessoas milionárias em Rondônia. São orgulhos para todos nós.

RÁPIDAS

O Bloco da Maioria na ALE, poderia estar sendo utilizado como instrumento de pressão sobre o governador? ### Por falar nisso, será que o Bloco da Maioria ainda existe? Nenhum de seus integrantes fez qualquer declaração pública sobre o grande imbróglio. Consta, que nos bastidores, condicionou qualquer diálogo com o governo à saída de Disney da Casa Civil. ### Em tempo: antes do fechamento da Parabólica chega a informação de que o coronel Olivan Júnior reviu sua decisão e vai continuar como secretário estadual de saúde. ### A Coluna recebeu, via watts, imagens da sujeira também na Maternidade Nossa Senhora de Nazaré, do governo do estado. Caramba todo dia é a mesma coisa. ### Até amanhã!

Parabólica
parabolica@folhabv.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Parabólica
+ Ler mais artigos de Parabólica