Novos prédios públicos são invadidos
Fotos: Diane Sampaio / FolhaBV
Por Neia Dutra
Em 27/12/2019 às 16:25
Novos prédios públicos são invadidos por imigrantes
Na busca de um lugar para viver, imigrantes venezuelanos continuam invadindo prédios públicos e privados na Capital.
Novos prédios públicos são invadidos por imigrantes
Além das antigas Secretaria de Educação e Desporto (Seed), Secretaria de Estado da Gestão Estratégica e Administração (Segad) e do Ginásio Poliesportivo Vicente Feola, o "Totozão", pelo menos outros dois locais vêm sendo ocupados na Capital.
Novos prédios públicos são invadidos por imigrantes
O motivo, segundo os próprios imigrantes, é a falta de vagas nos abrigos.
Novos prédios públicos são invadidos por imigrantes
O primeiro deles é prédio que abrigará as novas instalações da Polícia Militar de Roraima (PMRR), localizado na avenida Minas Gerais, no Bairro dos Estados.
Novos prédios públicos são invadidos por imigrantes
Cerca de 150 imigrantes, entre adultos e crianças, residem no local há quase cinco meses.
Novos prédios públicos são invadidos por imigrantes
Um deles é o autônomo Bonaid Ospino, que vive há três anos em Boa Vista e viu na ocupação uma oportunidade de juntar dinheiro para ajudar a família na Venezuela.