Treinamento do BOPE
Fotos: Nilzete Franco / FolhaBV
Por Neia Dutra
Em 09/02/2019 às 11:40
Treinamento do batalhão de Operações Especiais (Bope)
Cerca de 60 policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) passaram por um treinamento tático de abordagem na manhã de ontem, 8, no Parque Anauá.
Treinamento do batalhão de Operações Especiais (Bope)
Integrantes do Choque e da Força Tática participaram da atividade.
Treinamento do batalhão de Operações Especiais (Bope)
O subcomandante do Bope, tenente Feitoza, explicou que, além do exercício das equipes, é preciso a colaboração das pessoas que precisam saber como agir ao serem abordadas.
Treinamento do batalhão de Operações Especiais (Bope)
Em todos os casos, é preciso obedecer às ordens anunciadas pelo comandante.
Treinamento do batalhão de Operações Especiais (Bope)
Durante uma abordagem a um carro, é preciso desligar o veículo, se retirar, abrir as portas traseiras e se posicionar próximo ao porta-malas com as mãos na cabeça e pernas abertas para que a polícia possa agir.
Treinamento do batalhão de Operações Especiais (Bope)
Se for moto, também é preciso que seja desligada, colocada ao “descanso” e o condutor deve se posicionar atrás do veículo com as mãos na cabeça e pernas abertas.
Treinamento do batalhão de Operações Especiais (Bope)
Em qualquer situação, é importante manter as mãos para o alto e jamais colocá-las próximo à cintura, mesmo que haja celular ou documentos nos bolsos.
Treinamento do batalhão de Operações Especiais (Bope)
Nosso treinamento é físico, tático, de estudo das leis”, explicou o tenente sobre os prazos para os treinamentos.