ACORDO BILATERAL
Brasil irá pavimentar estrada na Guiana para escoar produção de RR
Segundo o Itamaraty, acordo favorecerá o comércio e escoamento da produção para o Caribe e mercados norte-americano, asiático e europeu
Por Folha Web
Em 21/12/2017 às 11:00
Acordo foi fechado em reunião entre o presidente Michel Temer e o presidente da República Cooperativa da Guiana, David Grange (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

O presidente Michel Temer participa na manhã desta quinta-feira, 21, de reunião bilateral com o presidente da República Cooperativa da Guiana, David Granger. O encontro acontece no terceiro andar do Palácio do Planalto, na capital federal.

No encontro, os dois presidentes assinarão dois acordos bilaterais. O primeiro para que o Brasil apoie pavimentação de trecho de uma estrada na Guiana, que, segundo o Itamaraty, favorecerá o comércio e escoamento da produção da região Norte do Brasil, principalmente Amazonas e Roraima, para o Caribe e mercados norte-americano, asiático e europeu.

O segundo acordo estabelece a colaboração do Exército brasileiro para perfuração de poços artesianos na região do Rupununi, na Guiana. De acordo com o Itamaraty, o projeto deverá beneficiar 10 mil pessoas, em sua maioria indígenas, que vivem próximas à fronteira com o Brasil e sofrem com os efeitos da seca.

Com informações de Agência Brasil.

 

***
Gostou?
46
11
Marcos disse: Em 22/12/2017 às 17:12:38

"???? Até que enfim uma grande obra que trará progresso sem precedentes para Roraima! Os Roraimenses e amazonenses que gostam de viajar terão acesso ao mar do Caribe e o resto do mundo, usando o aeroporto da capital guyanense. Assim estaremos livres dos preços absurdos desse cartel de empresas Aereas, que operam no nosso estado. Roraima , Amapá e Amazonas teriam um grande número de turistas europeus, brasileiros e guyanenses Ingleses, holandeses e franceses, incrementando a economia em hotéis, restaurantes, e demais seguimentos da nossa sociedade. Também servirá para escoar nossa produção de soja, arroz, milho e outros produtos agricolas. As pessoas que são contra essa estrada, não tem visão de futuro! Por causa dessas pessoas, que até hoje, nosso estado está fadado a economia do contra-cheque e a falencia. Parabéns mesmo, aos idealizadores desse projeto! "

Castro disse: Em 21/12/2017 às 18:42:23

"Kkkkkkk outro elefante branco o Brasil não tem mais cura mesmo"

caio disse: Em 21/12/2017 às 13:54:55

"Mas Roraima vai escoar o que mesmo eim??????Quase não tem terra pra produzir com tanta reserva."

Rildo Lopes disse: Em 21/12/2017 às 11:13:27

"Alguem avisa a esse Presidente que no Brasil também possui seca e pessoas que precisam de ajuda. E do que adianta fazer estradas em outro país se as estradas no Brasil que servem para chegar a este país não possui condições favoráveis "