MENORES NO CRIME
Polícia frustra ação de adolescentes que fariam assaltos a mando de facção
Em dois dias, três menores de idade que dizem pertencer ao crime organizado foram apreendidos com armas pela Polícia
Por Folha Web
Em 05/01/2018 às 10:00
Menores foram apreendidos em flagrante em posse de armas e simulacros que seriam utilizadas em assaltos (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

A participação de adolescentes no crime organizado tem sido cada vez maior em Roraima. Nos últimos dois dias, três menores de idade que dizem pertencer a uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios foram apreendidos em flagrante em posse de armas e simulacros que seriam utilizadas em assaltos na zona Oeste da Capital.

No primeiro caso, policiais militares realizaram a abordagem de dois adolescentes, sendo um de 17 e outro de 15 anos, que estavam em atitude suspeita na avenida Laura Pinheiro, bairro Senador Hélio Campos, zona Oeste.

A ação realizada pelo 2º Batalhão de Polícia Militar fez parte da operação denominada Resposta Rápida, na tentativa de coibir ações de infratores que atuam na área Oeste da cidade e também proporcionar maior segurança à população.

Ao serem revistados os policiais encontraram com a dupla um simulacro de arma de fogo tipo pistola que, segundo os suspeitos, seria utilizada em assaltos. Os menores confessaram serem integrantes do crime organizado e que estavam a serviço de uma facção criminosa.

Todo material roubado seria entregue em uma boca de fumo no bairro Jardim Primavera. Eles ainda confessaram que pretendiam matar um indivíduo conhecido como Everton, vulgo "Neguinho", que pertence á facção rival.

No outro caso, ocorrido na madrugada de ontem, 04, policiais da Força Tática da Polícia Militar avistaram mais dois indivíduos em atitude suspeita conduzindo uma motocicleta no bairro Nova Cidade, zona Oeste.

Os suspeitos, um jovem de 21 anos e outro adolescente, de 16, estavam com uma escopeta calibre 28 com munição intacta que também seria utilizada em assaltos na tentativa de roubo a aparelhos celulares. Os conduzidos também conferessaram participação no crime organizado e que estavam a serviço de uma facção.

Todos os suspeitos foram encaminhados para a delegacia, onde foram tomadas as providências cabíveis.

***
Gostou?
25
1
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!