PUBLICIDADE
TRÁFICO DE DROGAS
Adolescente é apreendido com 19 invólucros de maconha
Por João Barros
Em 24/11/2018 às 00:15
O adolescente foi apreendido, mas acabou liberado porque não havia reagente para fazer o exame da droga (Foto: Divulgação)

Um adolescente, de 16 anos, foi flagrado pela Polícia Militar, na noite da quinta-feira, dia 22, com 19 invólucros de entorpecentes, aparentando ser maconha. A abordagem policial aconteceu na rua N-23, bairro Senador Hélio Campos, zona oeste de Boa Vista. O menor foi apreendido e levado à Delegacia.

De acordo com a guarnição, o adolescente e um comparsa foram vistos em atitude suspeita. Com a aproximação da viatura, a dupla iniciou uma fuga e se dividiu. O menor jogava os invólucros enquanto corria e o companheiro dele entrou numa residência nas proximidades. A equipe conseguiu abordar o infrator na esquina das ruas Igraça Correia da Costa e Maria do Carmo Lima Carvalho.

O tráfico foi confirmado quando 19 pacotes contendo maconha foram encontrados com o menor. Ele também guardava no bolso a quantia de R$ 31,00. Quanto ao comparsa, os policiais foram até a casa onde ele entrou, conversaram com a mãe dele, que autorizou a entrada da guarnição, mas não foi localizado. A mãe disse que não sabia que o filho tinha envolvimento com o crime.

Uma bicicleta que o menor infrator usava para fazer a venda da droga, também foi apreendida. Por fim, ele foi conduzido à Central de Flagrantes do 5º DP para que os procedimentos legais fossem adotados. Depois de ouvir os policiais e o adolescente, a autoridade policial foi comunicada pela perícia que o exame toxicológico que comprova que a substância é psicotrópica, não foi realizado.

Com a ausência do laudo preliminar conclusivo, não foi possível lavrar, naquele momento, o Auto de Apreensão em Flagrante por Ato Infracional (AAFAI) em relação ao delito praticado pelo menor. O adolescente contou, durante seu depoimento, que é usuário de maconha e sempre compra droga, na Praça Germano Sampaio, no Pintolândia, também zona oeste.

Na noite da quinta-feira, ele disse que estava na companhia de outras pessoas quando a Polícia fez a abordagem, mas negou que os 19 invólucros eram dele, declarando ser dono apenas de seis papelotes. Também ressaltou que nunca foi preso anteriormente e não pertence a qualquer organização criminosa.

O infrator foi liberado e deixou as dependências da Unidade Policial nas mesmas condições em que foi apresentado. A droga ficou apreendida e foi encaminhada, juntamente com o Boletim de Ocorrência (B.O), para a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE). (J.B)

***
Gostou?
0
0
PUBLICIDADE
Josy disse: Em 24/11/2018 às 07:13:54

"Triste realidade do nosso estado! Oremos;"