PUBLICIDADE
JUDÔ
Aristides Jr vive expectativa para temporada 2019
Campeão Brasileiro, Sul-Americano e Panamericano com a seleção brasileira, Aristides busca novos resultados.
Por Bennison de Santana
Em 09/01/2019 às 00:00
O roraimense de 18 anos sonha disputar seu segundo Mundial na carreira. (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

Quem esteve em solo roraimense visitando a família em Boa Vista foi Aristides Lucena Júnior. O campeão Brasileiro, Sul-Americano e Panamericano vive a expectativa da temporada 2019 que se inicia. Em bate papo com a Folha, o atleta de judô de 18 anos que atua no Sogipa, e que hoje mora em Porto Alegre-RS revelou seus planos para este ano. 

O atleta contou como foi seu ano de forma resumida: "2016 e 2017 foram melhores. 2018 foi ano de transição de 55 kg para 60 kg [peso olímpico], foi difícil, poderia ter sido melhor, no fim do ano consegui uma colocação melhor e se Deus quiser 2019 vai ser bem melhor", explicou.

Para Aristides, a transição deu mais experiência já que competiu com atletas da categoria acima da sua, a Sub-21.

"Ganhei muito, foi um ano de experiência, que me fez evoluir muito. Fiquei mais forte fisicamente. No começo lutei o Meeting [primeira competição do calendário do judô brasileiro] fiquei em 4°, que foi uma boa colocação se comparar com atletas que tinha 20 anos e eu com 17. Teve o Desafio [Brasil x Chile] que fui campeão, fui melhorando gradativamente, o problema foi machucar o cotovelo", afirmou.

"Competi no Troféu, que é só de adulto, com bons judocas, nível muito alto, e fui bem, fiquei em 5° ainda com 17 anos. Depois desse resultado, senti que estava no caminho certo", completou.

O atleta revelou como foi defender a bandeira do país no exterior nos últimos anos.

"Ganhar o Campeonato Brasileiro foi muito incrível, não sai da minha cabeça, mas viajar para o exterior, tinha horas que não caia a ficha que eu estava defendendo Brasil, meu país. Em 2016 fui para o Panamericano, Sul-Americano e em 2017 foi incrível, foi o Mundial na Alemanha, o estágio na Europa toda, foi muito bom", contou.

Aristides deixou Boa Vista na madrugada de terça-feira, 08. (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

Com 2019 só no começo, Aristides revelou seus planos: "As expectativas são as melhores possíveis para esse ano. Vou dá o máximo de mim, meu foco nesse primeiro momento é o Meeting que é o início do ciclo, tenho que ir com todo o gás", finalizou.

Os treinos recomeçaram nos primeiros dias do ano, 1° de janeiro para ser mais exato, já de olho na temporada 2019. O atleta deixou Roraima na madrugada desta terça-feira, 08, rumo às terras gaúchas. 

No dia 1° Fevereiro será realizado o Meeting que nada mais é que a primeira competição do calendário nacional do judô brasileiro que reúne alguns dos melhores judocas das categorias de base do Brasil. Além de medalhas, a competição distribuirá importantes pontos aos judocas no Ranking Nacional da Base que definirá os convocados pela seleção brasileira (Sub 18 e Sub 21). 

Aristides ficou em 2° na seletiva e 3° no ranking em 2018. Para continuar no sonho de disputar mais um mundial, o roraimense precisa vencer o Meeting, ser campeão e ser 2° no ranking, desta vez nos 60 kg. 

O atleta tem marcado na sua agenda um importante compromisso. Nos dias 20 a 25 de janeiro, Aristides estará no trabalho de campo da Seleção Brasileira em Pindamonhangaba-SP. A convocação veio no primeiro dia deste ano e de lá pra cá o judoca vem fazendo sua preparação.

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!