EM RORAIMA
Ato cívico a favor de Bolsonaro tem mudança de data
A organização modificou a data do Ato cívico que iria ocorrer nesse domingo (16)
Por Raisa Carvalho
Em 13/09/2018 às 10:20
O crime ocorreu na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais (Foto: Divulgação)

A organização do ato cívico a favor de Jair Bolsonaro (PSL),  programado para ocorrer em Boa Vista nesse domingo (16), mudou a data para o domingo (23). Os apoiadores devem se reunir na Praça do Centro Cívico a partir das 15 horas para demostrar apoio ao candidato as eleições de 7 de outubro.

Ele segue internado no Hospital Albert Einstein (SP) após o atentado que sofreu durante um comício na quinta-feira passada (6). A organização não informou o motivo da mudança. De acordo com o organizador do ato, o militar José Ferreira da Silva, a proposta é realizar uma manifestação e repetir os atos que vem ocorrendo no resto do país.

“Nós acreditamos que o atentado tenha sido planejado pelo partido dos trabalhadores, isso vem sendo comprovado. Mas nosso ato não é sobre isso, é para fazer orações a favor de sua recuperação”, explicou.

Segundo Ferreira, o evento irá reunir em sua maioria militares favoráveis a candidatura de Jair, mas o ato é aberto a comunidade. “Nossa expectativa é reunir cerca de duas mil pessoas, para demonstrar o apoio e força que o Bolsonaro tem em nosso estado” disse.

O ATENTADO - O crime cometido contra o presidenciável ocorreu na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. O autor, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, desferiu um golpe de faca no momento  em que o candidato estava sendo filmado por diversos apoiadores que faziam uma passeata pelas ruas da cidade.

Adélio está preso no presídio federal de segurança máxima de Campo Grande (MS). O último boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein indica que o quadro de Bolsonaro é estável e que vem evoluindo bem aos procedimentos da equipe médica.

Ontem, 12, teve passou por nova cirurgia após exames comprovarem "distensão abdominal progressiva", um inchaço na barriga que sugeriu o diagnóstico de obstrução intestinal.

*Nota Atualizada às 10h49.   

Paulo Pereira de Carvalho disse: Em 13/09/2018 às 17:43:12

"Bolsonaro (17) neles."

Sandro Lopes disse: Em 13/09/2018 às 10:58:44

"O Estado que mais votou no Aécio, que elegeu Neudo, Anchieta, Suely, Caju, Jalser e demais gafanhotos milagrosamente aprendeu a votar? Militar tem que apoiar o candidato esfaqueado mesmo pois as forças armadas serão os únicos a serem preservadas. O Bolsonaro e o futuro ministro da economia Paulo Guedes declararam que são a favor do Estado Mínimo. As pessoas deveriam ao menos pesquisar o que é Isso! É a privatização total! Terminará de privatizar a Eletrobrás, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, das Universidades,IFES, volta dos PDV(plano de demissão voluntária) , fim do Pro Uni, Minha Casa Mi ha Vida, Bolsa Família e trabalhar no Governo somente através das famosas Cooperativas pois a prática da terceirização será total e podem parar de estudar pra concursos públicos pois o Estado empregará o mínimo possível, somente manterá as Forças Armadas. Não custa nada pesquisar quem é o Paulo Guedes e Estado Mínimo! O mais incrível é que o Bolsonaro não está enganando ninguém, fala abertamente sobre Isso! "

Jorge disse: Em 13/09/2018 às 12:06:10

"Vc acabou de me convencer a votar nele. Se fizer metade do que vc escreveu, o Brasil vai se ajeitar."

rnuj disse: Em 13/09/2018 às 10:31:12

"Se não mudasse ia ter guerra com o outro evento! kkkkk "

Cesinha disse: Em 13/09/2018 às 11:45:49

"por parte de quem? ignorantes, fascistas e intolerantes são os esquerdas. Nós somos pessoas de bem, não matamos e não depedramos. #FicaDica"

Luiz Junior disse: Em 13/09/2018 às 18:30:04

"O outro evento. ?? De 10 pessoas. ?? KKK fala sério. Bolsonaro 17"