POLÍTICA
Audiência Pública deverá discutir fiscalização eletrônica em Boa Vista
Ideia do vereador é que as placas sejam maiores e padronizadas com a distância até o "pardal"
Por Folha Web
Em 01/03/2018 às 21:00
(Foto: Paulo Amorim)

O vice-presidente da Câmara Municipal dos Vereadores de Boa Vista, vereador Júlio Medeiros, é autor do requerimento de uma Audiência Pública para debater sobre a sinalização dos radares eletrônicos do trânsito da Capital.

Atualmente, as placas sobre os dispositivos eletrônicos em Boa Vista não são visíveis e não possui informações suficientes, o que causa transtornos aos condutores.

A ideia do vereador é que as placas sejam maiores e padronizadas com a distância até o "pardal", começando em 300m, seguindo em 200m, até os 100m antes do radar de fiscalização.

Essa mudança acarretaria em uma atenção maior por parte dos condutores. "'Pardal' é instrumento de educação, segurança e redutor de acidentes de trânsito", afirmou o vereador.

Natal Altair disse: Em 28/03/2018 às 01:31:22

"Não sou contra a fiscalização eletrônica e justas aplicações de multas. Questiono a forma possivelmente doloso da empresa responsável para extorquir munícipes que por exemplo num trecho sem histórico de acidentes por não está observando o velocímetro numa velocidade permitida de 50 km, esteja a 60 km. Depois da publicidade de que pessoas da empresa, especialista em aplicar multas são ligadas a determinado senador indiretamente, a credibilidade da mesma está abalada."