POLIOMIELITE E SARAMPO
Boa Vista ainda não atingiu meta de vacinação
Todos os demais municípios, inclusive Alto Alegre e Mucajaí que estavam com índices baixos conseguiram aumentar seus percentuais
Por Paola Carvalho
Em 14/09/2018 às 11:01
A informação até o momento é que Boa Vista cumpriu apenas 71,63% da vacinação contra pólio, com 16.768 de doses aplicadas. Já contra sarampo, a vacinação foi de 72,57% com 16.989 doses aplicadas (Foto: Arquivo Folha)

De acordo com dados atualizados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), o município de Boa Vista passou a ser o único em todo o Estado que ainda não atingiu a meta de vacinação contra poliomielite e sarampo. A campanha nacional encerra nesta sexta-feira, 14.

Todos os demais municípios, inclusive Alto Alegre e Mucajaí que estavam com índices baixos junto com a Capital conseguiram aumentar seus percentuais. As demais localidades passaram a faixa de cobertura de 95%, que é preconizada pelo Ministério da Saúde.

A informação até o momento é que Boa Vista cumpriu apenas 71,63% da vacinação contra pólio, com 16.768 de doses aplicadas. Já contra sarampo, a vacinação foi de 72,57% com 16.989 doses aplicadas.

O relatório é com base no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde do Brasil (DATASUS) do Ministério da Saúde (MS).

Outro lado - A Folha entrou em contato com a Prefeitura de Boa Vista para saber o motivo da baixa cobertura e quais as medidas que serão tomadas para aumentar o percentual e aguarda retorno.

Mais informações na matéria completa na edição impressa da Folha amanhã, 15.

***
Gostou?
1
0
ritinhafonseca disse: Em 14/09/2018 às 11:47:54

"Outro lado - A Folha entrou em contato com a Prefeitura de Boa Vista para saber o motivo da baixa cobertura e quais as medidas que serão tomadas para aumentar o percentual e aguarda retorno.( TEM QUE PERGUNTAR DOS PAIS QUE NÃO LEVAM OS FILHOS E NÃO DA PREFEITURA QUE TEM VACINA NAS UNIDADES, CULPA É DOS PAIS E NÃO DE SERVIDOR E NEM DE PREFEITURA)"