Em Santa Elena de Uairén, brasileiros foram agredidos e carros queimados - Folha de Boa Vista
MANIFESTAÇÃO EM PACARAIMA
Em Santa Elena de Uairén, brasileiros foram agredidos e carros queimados
Por Folha Web
Em 20/08/2018 às 00:35
A confusão iniciou por volta das 11h. (Foto: Diane Sampaio)

Durante o desenrolar da manifestação em Pacaraima, imigrantes que foram expulsos do Brasil, começaram a ameaçar cerca de 30 brasileiros que estavam do outro lado da fronteira, na cidade vizinha de Santa Elena de Uairén. Alguns foram agredidos e sete carros foram queimados. Eles tiveram que se esconder em um ‘abrigo improvisado’ pela Guarda Nacional da Venezuela, em uma quadra de esportes próximo do posto de gasolina da fronteira, e foram sendo escoltados em pequenos grupos de volta para Pacaraima.

Um dos brasileiros que precisou ser escoltado pela Guarda Nacional, Cledson Vieira, contou à Folha que viveu momentos de terror, sendo agredido e recebendo ameaças de morte. “Pneus foram queimados e todos os carros foram destruídos. A nossa sorte foi termos nos deparado com a Guarda Nacional Venezuelana, que nos protegeu. Pois o Exército Brasileiro e a Força Nacional não interferiram”, afirmou.

Em Santa Elena, os comerciantes fecharam seus comércios por tempo indeterminado para que os imigrantes não fiquem instalados por lá. Em áudios de grupos de mensagens, os donos de comércios afirmam que as pessoas expulsas são ‘mal intencionadas’ e que um pedido à Guarda Nacional seria feito para conduzir os imigrantes para outras cidades.

Na tarde de domingo, 19, uma carreata pacífica ocorreu pela cidade de Pacaraima, na qual moradores se reuniram na rua Suapí, que ficou conhecida por ser um ponto de tráfico de drogas nos últimos anos. De acordo com um dos participantes do ato, o morador Wanderberg Ribeiro, o ato serve para reafirmar o desejo dos brasileiros, de que os estrangeiros não fiquem em Pacaraima.

“A carreata ocorreu onde os venezuelanos costumavam ficar acampados, no Centro. A Polícia Militar disse que não nos apoia, e que se houvessem novas expulsões, nós seríamos presos. Mas o nosso objetivo é checar o local e pedir para os imigrantes que sigam para outras localidades, pois não temos como receber mais gente aqui. Temos várias reivindicações, que não dizem respeito só aos imigrantes, mas também ao Governo do Estado, Federal e Exército, por ignoram totalmente as nossas necessidades”, afirmou. (P.B)

Leia mais sobre a manifestação e sua motivação:

Em Pacaraima moradores fazem manifestação contra imigrantes

http://folhabv.com.br/noticia/Em-Pacaraima-moradores-fazem-manifestacao-contra-imigrantes/43021

Comerciante é espancando dentro de casa em Pacaraima

http://folhabv.com.br/noticia/Comerciante-e-espancando-dentro-de-casa-em-Pacaraima-/43019

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
12
6
Cadastrar-me Enviar Comentário
Luiz Junior disse: Em 19/08/2018 às 07:05:14

"Engraçado que o cara fica revoltado por voltar pra sua terra natal"

Wilson Gabrielda Cruz Neto disse: Em 18/08/2018 às 21:37:37

"eu queria entender e o porquê dos brasileiros insistirem em ir para Venezuela... "

Elberth Seufitel Santos disse: Em 19/08/2018 às 00:36:34

"foram abastecer com combustível venezuelano pois lá o preço dos combustíveis é muitíssimo mais baixo..."

Luiz Junior disse: Em 19/08/2018 às 14:35:31

"Não senhor. É porque lá é o único posto de combustível perto da cidade. Conheça a realidade antes de comentar "

Cleide Oliveira disse: Em 21/08/2018 às 12:22:44

"Vai estudar história e geografia de roraima. A população de pacaraima abastece na cidade de Santa Helena (venezuela) que faz fronteira com a mesma, simplesmente porque é o único posto de combustível próximo; pois no interior de pacaraima não tem posto de gasolina antes de falar besteira pesquise se informe antes."

Fillipe Oliveira disse: Em 18/08/2018 às 17:45:05

"kkkkkkkkkkkkk Mas fazer manifestações pedindo o controle de entrada e saída da fronteira, controle sanitário, controle de antecedentes criminais de quem entra no Brasil é um absurdo, né?? Bom mesmo são os venezuelanos matando brasileiros e destruindo os carros de brasileiros... Esse é o País que temos! "

Bekem disse: Em 18/08/2018 às 16:27:56

"Somos muito fracos. Os venezuelanos ferrados e sem tetos, destruindo carros de brasileiros? A situação pode piorar. As autoridades brasileiras precisam tomamr providências."

Sandro Lopes disse: Em 18/08/2018 às 15:41:40

"A única coisa que esses terroristas que se fingem de manifestante é isso: fazer com que os brasileiros que sejam agredidos. Violência gera violência, gentileza gera gentileza. Transgredir a Lei, têm que ser preso. Seja brasileiro ou venezuelano. O que não se pode fazer é justiça com as próprias mãos. Esse caminho só resultará em uma coisa: tragédia!"

Luiz Junior disse: Em 19/08/2018 às 07:07:58

"Passa o teu endereço para os venezuelanos então, por gentileza"

Paulo_bv disse: Em 18/08/2018 às 15:36:50

"Um povo com pátria sem patriotismo e autoridades omissas esse é o Brasil, nação que defende outros mas não o seu povo por isso estamos nesse buraco cada vez mais fundo nesse mar de corrupção."

Rildo Lopes disse: Em 18/08/2018 às 13:23:51

"E esses brasileiros estavam com dúvidas da situação na Venezuela. Para precisar ir até lá tirar a prova?"

Luiz Junior disse: Em 19/08/2018 às 07:06:34

"Pessoas de Pacaraima costumam ir em Santa Helena pra realizar pequenas compras , e vice versa. Não fale bobagens "

GABIGOL disse: Em 19/08/2018 às 10:20:34

"Basta não ir na venezuela fazer pequenas compras , será que naquele país falido tem algo que em Boa Vista não tenha?sem a necessidade de correr risco de vida? é só pensar"

Luiz Junior disse: Em 19/08/2018 às 14:33:20

"Venham morar aqui na fronteira antes de comentar o que não entendem"

Rildo Lopes disse: Em 18/08/2018 às 13:22:18

"E agora ONGs e governo Federal? "