Airton Cascavel deixa comando da Sesau - Folha de Boa Vista
MUDANÇA
Airton Cascavel deixa comando da Sesau
Segundo o Governo do Estado, secretário pediu afastamento por estar com covid-19
Por Folha Web
Em 20/07/2021 às 19:52
Contando com Cascavel, oito secretários já passaram pela Secretaria Estadual de Saúde. (Foto: Secom-RR)

O secretário estadual de Saúde, Airton Soligo, mais conhecido como Airton Cascavel, deixou o comando da pasta. O secretário-adjunto, o médico Alexandre Salomão, responderá interinamente pelo cargo.

Rumores dão conta de que o afastamento seria definitivo. A Folha entrou em contato com Airton Cascavel, mas ele não atendeu às ligações. O Governo de Roraima disse que o afastamento se deu após o secretário ter tido teste positivo para covid-19, e que ele pediu afastamento do comando da pasta por conta das comorbidades. 

A Secretaria de Comunicação Social informou “que mudanças no primeiro escalão do Governo de Roraima fazem parte da dinâmica da administração pública”.

Cascavel foi o oitavo secretário estadual de Saúde.

Novo comando

A Folha apurou, extraoficialmente, que três nomes estão cotados para assumir o cargo: 

Nome do novo secretário da Saúde deve ser escolhido entre três membros do alto escalão do governo: Gerlane Baccarin (Serbras), Leocádio Vasconcelos (Segad) e Cecília Lorenzon (Cerr). 
  • Gerlane Baccarin, esposa do deputado federal Hiran Gonçalves (PP), que atualmente é secretária da  Representação do Estado de Roraima em Brasília (Serbras).
  • Leocádio Vasconcelos, que já ocupou diversas secretarias estaduais, inclusive a própria Sesau, e que atualmente é secretário-adjunto da Secretaria de Gestão de Administração (Segad).
  • Cecília Lorenzon, que também já foi secretária de Saúde, e atuamente é presidente da Companhia Energética de Roraima (Cerr). 
VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
11
30
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!