PUBLICIDADE
APÓS UMA SEMANA
Atendimento de quimioterapia volta a ser oferecido a 600 pacientes
Os serviços foram normalizados após uma semana de espera dos pacientes com câncer
Por Polyana Girardi
Em 25/06/2019 às 00:25
Segundo a Secretaria de Saúde, atendimentos seguirá normalizado nessa terça-feira (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

Após uma semana de serviços suspensos em atendimentos na Unidade de Alta Complexidade de Oncologia de Roraima (Unacom), no Hospital Geral de Roraima, pacientes que esperam pela quimioterapia já podem procurar o setor para retomar o tratamento.

Conforme matéria já publicada na Folha, o motivo da suspensão foi a falta de pagamento do Governo Estadual junto ao Centro Oncológico de Roraima (Cecor), responsável pelo repasse das medicações. Desde então, cerca de 600 pacientes estavam sem receber o tratamento. O governo estadual estaria devendo algo em torno R$ 1 milhão à empresa Cecor, sendo que R$ 560 mil eram referentes aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2018 e R$ 430 mil somente de abril e maio deste ano.

Após reunião entre a empresa e a atual secretaria de Saúde, Cecília Lorezom, um novo acordo foi firmado para que os atendimentos voltassem. De acordo com informações, será pago o equivalente ao mês de abril e ao mês de maio. Em relação aos outros meses, será feito um processo de reconhecimento da dívida para uma verba suplementar para que o restante da dívida seja então quitada. 

PUBLICIDADE

Geiciane Senna acompanha o pai nas sessões de quimioterapia há seis meses e recebeu com alívio a notícia. “Meu pai tem um tumor no pulmão e estava há pouco mais de uma semana sem nenhuma medicação, o que trouxe alguns sintomas físicos. Ele precisava retomar as sessões o quanto antes. Espero que até à tarde já esteja agendado para que ele possa finalmente ser atendido, que é o que nos foi informado”, disse.

Marleide Soares já foi paciente e hoje leva a irmã diagnosticada com câncer de mama para a sessão de quimioterapia desde fevereiro. Segundo ela, ao ligar para a Unacom foi informada que a consulta da irmã foi reagendada para hoje. “Estamos na expectativa que de hoje não passe o prazo. Só quem depende da quimioterapia sabe da importância em combater essa doença, que é o câncer. 

Em nota, a Secretaria de Saúde (SESAU) disse que a empresa responsável pela realização dos tratamentos quimioterápicos já retomou os serviços na Unacon (Unidade de Alta Complexidade de Oncologia de Roraima) com o estoque de materiais reposto para que os tratamentos possam seguir normalmente.

***
Gostou?
1
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!