Brasil volta a liderar número de casos e mortes por covid em todo mundo - Folha de Boa Vista
CORONAVÍRUS
Brasil volta a liderar número de casos e mortes por covid em todo mundo
Foram 508 mil novos casos confirmados de covid e 14,5 mil mortes no país na última semana
Por Folha Web
Em 21/06/2021 às 12:15
Dados mostram aumento de casos e óbitos no país (Foto: Peter Ilicciev/Reprodução/Agência Brasil)

Na semana que registrou 500 mil mortes por covid-19, o Brasil voltou a liderar o número de novos casos e de óbitos causados pela doença em todo o mundo. Foram 508 mil novos casos confirmados de covid e 14,5 mil mortes no país na última semana.

Os dados foram publicados nesta segunda-feira, 21, pela OMS (Organização Mundial da Saúde). O relato aponta que o país voltou a superar a Índia em número de novos casos oficiais da covid-19 nos últimos sete dias. No período de uma semana que terminou no dia 20 de junho, foram 508 mil novos casos confirmados no país, contra 424 mil oficialmente registrados na Índia. Na semana anterior, os números do Brasil indicavam 449 mil novos contaminados.

Nos últimos dois meses, as cidades indianas viveram verdadeiros dramas, diante de uma explosão de casos. Nas últimas semanas, porém, os números oficiais foram reduzidos depois de um período longo de confinamento. Existe, porém, questionamentos sobre os números indianos que são oficialmente registrados. Mas é com esses dados que a OMS faz seu mapeamento. A lista dos locais com maior número de infecções é completada pela Colômbia, com 192 mil, e Argentina, com 140 mil. Os EUA aparecem apenas na décima posição, com 57 mil casos na semana.

óbitos - A contagem das mortes também mostra que o Brasil voltou a liderar o ranking mundial. Foram 14,5 mil óbitos no país em sete dias, contra 13,8 mil na Índia e 4,1 mil na Colômbia. Nos EUA, que liderou a crise por tantos meses, aparecem apenas na oitava posição, com 1,5 mil mortes em uma semana.

A expansão dos casos no Brasil vai na direção contrária da média mundial. Nesta segunda-feira, Tedros Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, comemorou a "boa notícia" de ver o mundo registrar a oitava semana consecutiva de redução de novos casos, com 2,5 milhões em todos os países. O Brasil, porém, representa 20% dos novos casos.

A OMS também comemora a sétima semana consecutiva de queda em mortes, com 64 mil vítimas em uma semana. Tedros, porém, alerta que os números continuam elevados. "São 250 novos casos de contaminação por minuto e seis mortes", lamentou.

Segundo ele, se houve um avanço real nos países ricos para controlar a doença, outras regiões do mundo registraram um salto importante nas contaminações. Na África, por exemplo, a alta na semana foi de 40% e, em alguns países do continente, os números triplicaram.

A chegada de variantes, falta de vacinas, maior interação entre as pessoas e falta de medidas de isolamento são algumas das explicações para o salto. Além do continente africano, uma tendência similar é registrada na América Latina e certas regiões da Ásia.

Fonte: UOL

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
2
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!