PUBLICIDADE
INVERNO
Buracos tomam conta de ruas de BV e são alvo de reclamações 
População pede que ruas sejam recapeadas ao invés da operação tapa buracos 
Por Polyana Girardi
Em 15/08/2019 às 00:20
As ruas da capital durante o inverno estão cheias de buracos, segundo os moradores (Foto: Diane Sampaio/FolhaBV)

Quem dirige pelas ruas da capital Boa Vista, principalmente em bairros mais distantes do centro, sabe que a atenção ao atravessar poças de água deve ser redobrada. Isso porque os trajetos escondem buracos e até crateras que podem resultar em acidentes e danos aos veículos. A Folha recebeu diversas reclamações da população sobre a real situação das ruas do município e enviou uma equipe de reportagem para percorrer diferentes bairros, ouvir moradores e constatar os problemas.

Um morador que preferiu não se identificar, residente do bairro Mecejana, nos contou que toda a extensão da Rua Capitão Francisco Ferreira possui buracos, o que a torna de difícil acesso. 

PUBLICIDADE

“Desde janeiro que a situação só piora. A prefeitura até já enviou em maio a operação tapa buraco, mas quem visita a rua acha que nenhum trabalho foi realizado. Tapar buraco não é a mesma ação de recapeamento. A rua precisa ser toda refeita, senão o trabalho de preservação é em vão, principalmente no inverno”, desabafou.

Já no bairro Pintolândia, na Rua Tarcilo Ayres, a moradora Neia Pereira disse que o trabalho de recapeamento foi iniciado, mas nunca concluído, o que dificulta o trânsito, principalmente após chuvas intensas. “A rua está alagada e não passam carros pequenos em boa parte dos trechos. Já fizemos muitas reclamações à Prefeitura, mas até esse inverno não houve uma solução definitiva”.

Outro morador que reside na rua há 12 anos e que pediu para não ser identificado, disse que a cada inverno os problemas com buracos ficam piores. “Recebemos a ação tapa buraco, mas a única coisa que fizeram foi jogar piche em um buraco cheio de água e o resultado é uma poça de lama em frente à minha casa. Nós estamos precisando que a rua toda seja quebrada e refeita, e não apenas isso que fizeram. Até tive que fechar a estrutura que escoa a água da chuva do meu quintal porque senão seria impossível sair da minha residência”, disse.

Já no bairro Asa Branca, no final da Rua Vicente Correa Lira, trecho onde existe a divisão de igarapé, está ocorrendo processo de erosão do solo após a queda de um muro que também garantia a segurança dos terrenos de algumas casas. 

“Ficou perigoso vir até o local. Ao lado funciona espaço religioso que levantou um muro para proteger a área de furtos, foi colocado até cerca elétrica, mas acreditamos que em consequência de forte chuva, tudo veio a ruir, há duas semanas. Ainda não foram enviadas equipes responsáveis para avaliar os perigos e não podemos fazer nada sem a autorização da prefeitura para solucionar o problema”, disse uma moradora que não quis ser identificada.

No Cinturão Verde, partes de ruas também apresentam buracos. Na Rua São Camilo, por exemplo, moradores do bairro sinalizaram com pedaços de galhos e madeiras a presença de uma cratera. De acordo com os denunciantes, desde sexta-feira que o asfalto cedeu e até o momento nenhuma ação foi tomada para avaliar os perigos.

Prefeitura diz que já tapou buracos em mais de 400 ruas de Boa Vista

A Operação Tapa Buraco já passou pelos 56 bairros de Boa Vista, totalizando 417 ruas atendidas

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura Municipal de Boa Vista para saber quais são as ações que visam à preservação das ruas na capital e que medidas serão tomadas para recuperar o asfalto e principalmente a erosão que ocorre na Rua São Vicente. Por meio de nota, a prefeitura disse que desde 2013 já pavimentou 164 km, recapeou 85 km e executou 110 km de drenagem em ruas da capital. “Esses serviços contribuíram para diminuir os problemas de alagamento e melhorar a trafegabilidade das ruas. Além desse trabalho, a prefeitura atua com a Operação Tapa Buracos, com reparos emergenciais nas ruas de Boa Vista”.

Segundo a prefeitura, neste primeiro semestre a Operação Tapa Buraco já passou pelos 56 bairros de Boa Vista, totalizando 417 ruas atendidas. “Foram utilizados 9.766 toneladas de asfalto, o que equivale a aproximadamente 14.5 km. Conforme a Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, também foram feitas terraplanagem / nivelamento em 21 ruas de 10 bairros. A Operação Tapa Buraco é realizada o ano inteiro, mas é intensificada durante o inverno para reduzir os transtornos das chuvas para a população”.

Sobre a recuperação do asfalto das ruas citadas, a prefeitura informou quena rua Jairo de Lima, no Cambará, e na rua Tarcilo Ayres, no Pintolândia, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente vai enviar uma equipe até o local para verificar o que pode ser feito para melhorar as condições da via.

Sobre aerosão na Rua São Vicente, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente informou que vai enviar uma equipe até o local para verificar a situação ainda esta semana.

***
Gostou?
6
1
Edson Souza disse: Em 15/08/2019 às 09:03:33

"Todos os anos esses mesmo buracos aparecem no inverno e todos os anos são gastos milhões para tapar esses buracos. Só para terem uma ideia o preço médio do asfalto por tonelada é 340,00 enquanto que o preço por quilometro é de 800.000,00. Fonte: https://www.habitissimo.com.br"