PUBLICIDADE
EM RORAIMA
Cai número de veículos em circulação
Roraima possui mais de 200 mil veículos em circulação e o número reduziu. A maior parte da frota se concentra na capital, Boa Vista 
Por Polyana Girardi
Em 01/07/2019 às 00:58
(Foto: Diane Sampaio/FolhaBV)

Quem utiliza veículos automotores para se locomover, principalmente na capital de Roraima, sabe das dificuldades de dirigir em horários considerados de grande pico como 8h, 12h e 18h. Filas extensas formadas por carros e motos se formam em diversas ruas, e demonstram o crescimento aquisitivo da população. 

Embora o fluxo de veículos seja visivelmente grande, dados do Departamento de Trânsito de Roraima (DETRAN-RR) apontam que houve diminuição da frota em 3,53%, comparado aos registros do ano anterior.

Atualmente, Roraima possui cerca de 209.832 mil veículos em circulação e, em 2018, essa frota era de 217.503 mil, ou seja, uma redução de cerca de 7,6 mil veículos.

PUBLICIDADE

Em Boa vista a frota representa 181.814 mil automotores divididos entre motos e carros. Em segundo lugar está o município de Rorainópolis, com 6 mil veículos. Em 2018, a motocicleta era indicada como principal meio transporte utilizado pelo roraimense, com 79.783 mil unidades. Em segundo lugar estava o automóvel com 72.734 mil unidades. 

Conforme explicado pelo Detran-RR essa diminuição é devido à resolução de Nº 661 estabelecida no ano de 2017 que trata como frota desativada, veículos não licenciados com mais de 10 anos e com fabricação com mais de 25 anos.

Apesar da queda no número de veículos em circulação, houve crescimento na aquisição de carros novos comparado ao ano anterior. Foram emplacados 2.297 mil veículos em 2018, enquanto até junho deste ano, já foram 2.741 mil unidades.

Número de CNHs contabiliza 43,87% em comparação a 2018

Os dados do Departamento de Trânsito revelam que o número de Carteiras de habilitação já emitidas é menor do que as do ano passado. De janeiro a maio desse ano foram 2.192 novos motoristas habilitados, o que representa 43,87% do registrado no ano passado, que foi de 4.996 em todo o período de 2018. 

Dirigir sem habilitação gera uma multa gravíssima no valor de R$ 293,47. Se o proprietário do veículo não possuir habilitação também é gerada outra infração com o mesmo valor. Caso a multa tenha sido por não portar CNH, será apenas aplicada multa de R$ 88,38, com perda de três pontos na carteira de motorista.

***
Gostou?
1
0
Castro disse: Em 01/07/2019 às 09:19:33

"A queda na frota está relacionado ao preço absurdo dos compatíveis, e a redução na emissão da CNH a mesma dos combustíveis preço absurdo para se tirar uma CNH."