PUBLICIDADE
COM DESCONTOS DE ATÉ 90%
Caixa lança campanha para negociação de dívidas
Em Roraima, mais de 7.644 roraimenses devem mais de 15 milhões para a Caixa Econômica
Por Polyana Girardi
Em 01/06/2019 às 00:30
Campanha válida por 90 dias oferece oportunidade de parcelamento em até 95 meses em pagamentos online ou boletos (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

Os 7.644 roraimenses que estão em dívida com a Caixa Econômica podem negociar e quitar pendências financeiras com o banco com descontos que variam de 40 a 90%. Em Roraima, os valores das dívidas somam mais de 15 milhões. Boa parte das dívidas são referentes à crédito consignado seguido de cartões de crédito, renegociação de dívidas, crédito pessoal, rotativo e microcrédito.

A campanha intitulada de ‘Você no Azul’ lançada na última terça-feira, 28, tem por objetivo alcançar cerca de 2,6 milhões de pessoas físicas no país, dos quais 92% poderão negociar dívidas à vista por valores inferiores a R$ 2 mil. A expectativa é de arrecadar pelo menos R$ 1 bilhão de quitações. No Brasil, cerca de 60% das pessoas que estão em dívida com a caixa econômica, possuem renda de até R$ 1,5 mil, 23% até R$ 3 mil, 9% até R$ 5 mil e apenas 8% acima de R$ 5 mil.

Também há possibilidade de renegociação para 320 mil empresas. 65% podem quitar a dívida à vista com valores inferiores a R$ 5 mil. Maioria das dívidas está ligada à capital de giro, rotativo, parcelados e cartão de crédito.

PUBLICIDADE

De acordo com informações da Caixa Econômica Federal, objetivo é facilitar ao máximo que os clientes liquidem as dívidas em atraso para resgatarem o poder de compra e parcelamento, e possam retomar crédito no mercado sem preocupação de exclusão e restrição em seus cadastros.

A campanha irá até o dia 27 de agosto e os interessados podem fazer a renegociação da dívida por meio do endereço http://www.caixa.gov.br também podendo realizar parcelamento em até 95 vezes em pagamentos online utilizando aplicativo disponível em lojas de dispositivos móveis ou gerando boleto. As redes sociais podem ser usadas para dúvidas e esclarecimentos, além de atendimentos disponíveis nos números 3004-1105 capital e 0800 726 0505 para municípios.

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!