PUBLICIDADE
APAGÕES
Caos na energia deixa Roraima à beira de colapso
Instabilidade no fornecimento de energia se intensificou nesta terça-feira (28)
Por Folha Web
Em 28/05/2019 às 12:30
O setor comercial afirma que vem sofrendo constantes prejuízos. (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

Desde Domingo, 27, a população de Boa Vista vem enfrentando diversas interrupções de energia elétrica durante o período da manhã e tarde. Nesta terça-feira, 28, as quedas ocorreram duas vezes na madrugada e quatro vezes pela a manhã.

O setor comercial afirma que vem sofrendo constantes prejuízos, devido as constantes quedas de energia. O comerciante Luis Camilo, 33 anos, morador do bairro Cinturão Verde, foi um dos prejudicados.

Após a primeira queda e retorno de energia de hoje, ele acreditou que a interrupção não voltaria a acontecer. “Não demorou muito e a luz foi de novo. Nessa hora, a gente já começou a tirar o que podia da tomada, com medo de perder algum aparelho”, afirmou.

PUBLICIDADE

No entanto, após o retorno da energia teve uma surpresa. Camilo teve uma freezer queimada em razão das quedas. Sem acreditar no que havia acontecido, ele afirmou que tentou religar o aparelho, sem sucesso.

“A gente tem vontade de chorar, porque é um prejuízo que não vai ter reembolso. Utilizo o equipamento para guardar os produtos que vendo no supermercado, devido a esse transtorno vou ter que arcar com uma quantia que não estava no orçamento”, lamentou.

Consumidores também entraram em contato com a redação da FolhaWeb, para informar os transtornos nas agências bancarias. Em alguns bancos, foram interrompidos os atendimentos aos clientes e fechada às portas por medida de segurança.

Até mesmo a audiência pública sobre o assunto na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) foi prejudicada em razão das constantes quedas de energia.

Confira o vídeo: 

DIREITOS E DEVERES - Já é regulamentado o direito do consumidor de pedir reparação dos danos causados por quedas de energia não notificadas/divulgadas.

Conforme a resolução 414/10 posteriormente alterada pela de número 499/12 da  Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), inclusive, há prazos e procedimentos para atendimento das demandas pelas concessionárias de energia.

“Pela regra, o consumidor tem até 90 dias, contados da data da ocorrência, para fazer a sua reclamação por meio de atendimento telefônico, via internet ou diretamente nos postos de atendimento presencial oferecidos pela distribuidora. Ele deverá informar dia e hora da queda de energia, as informações sobre o problema ocasionado ao(s) aparelhos (os) e os dados do aparelho afetado (tipo de aparelho, modelo, marca, etc). Além de comprovar que é o titular da unidade consumidora”, destacou a resolução.

RORAIMA ENERGIA - A reportagem enviou demanda para Roraima Energia, para saber os motivos dos constantes apagões e até o momento não obteve resposta.

***
Gostou?
2
6
Lu disse: Em 29/05/2019 às 18:43:11

"Culpado disso é o povo que troca seu voto por dinheiro e cesta básica , escolhendo políticos corruptos para serem governantes ! Agora estão pagando um preço alto pelas suas escolhas erradas , assim também como saúde , educação e segurança ! Procurem se informar dos seus direitos e façam suas reinvindicações , mudem essa mentalidade de aceitar , toda essa roubalheira que estão fazendo ! Informação nunca é demais ! "

Andre Rocha Fialho disse: Em 28/05/2019 às 19:00:16

"Parabéns aos que defendiam a privatização da Eletrobras Roraima. É assim daqui pra frente, esperem o pior?"

PENSADOR disse: Em 28/05/2019 às 18:23:17

"O governo privatizou, agora quem paga o pato somos nós"

Luiz Aquino de Alencar disse: Em 28/05/2019 às 17:42:46

"Durante o período de apagões que aconteceram nesta madrugada de 28 de maio de 2019 nos aqui tivemos nossas câmeras e nosso DVR danificados. Essa RORAIMA ENERGIA está queimando todos nossos eletrodomésticos e cobrando um preço altissimamente elevada para uma energia de péssima qualidade"

andrea de lima cabral disse: Em 28/05/2019 às 15:46:57

"isso e uma palhaçada pagamos muuito caro para nao ter um serviço eficaz,temos que fazer alguma coisa nao podemos ficar de braços cruzados"

judite cospe fogo disse: Em 28/05/2019 às 13:31:39

"Só no Brasil mesmo, em especial aqui no nosso Estado, pagamos uma energia cara e em troca temos uma péssima prestação do serviço, o consumidor não merece isso...Acorda povo... "