Corpo de Bombeiros encerra buscas após não encontrar avião desaparecido - Folha de Boa Vista
APÓS 2 DIAS
Corpo de Bombeiros encerra buscas após não encontrar avião desaparecido
O piloto Cristiano Nava da Encarnação, o mecânico de aeronaves Wallace Gabriel Lopes e o garimpeiro Antônio José Oliveira da Silva estão desparecidos desde 4 de agosto
Por Folha Web
Em 27/08/2021 às 12:35
Cristiano Nava da Encarnação, Wallace Gabriel Lopes e Antônio José Oliveira da Silva ainda não foram encontradas (Foto: Divulgação/Montagem)

Depois de dois dias de buscas, o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima disse não ter localizado vestígios dos tripulantes e do avião desaparecido desde 4 de agosto, na Terra Indígena Yanomami, e anunciou o fim da operação.

A equipe, formada por cinco militares especialistas, foi enviada para a região depois de receber, da família de uma das vítimas do acidente, informações de que pelo menos três pilotos sobrevoaram a região, e informaram ter visto uma aeronave caída - com características semelhantes às da desaparecida - a apenas 3 km do local onde foi emitido o último sinal GPS.

O grupo sobrevoou, durante os dois dias, toda a área da nova coordenada sem localizar nenhum vestígio ou sinal das vítimas ou do avião. A operação foi acompanhada, inclusive, por um dos pilotos que disse ter visto a aeronave caída.

O piloto Cristiano Nava da Encarnação, o mecânico de aeronaves Wallace Gabriel Lopes e o garimpeiro Antônio José Oliveira da Silva estão desaparecidos. Familiares, inclusive, oferecem recompensa a quem tiver novidades que ajudem a localizar os tripulantes.

Desaparecimento

A aeronave saiu de Boa Vista para a área de garimpo. Estavam o piloto, o mecânico do avião e o dono da aeronave. Eles deveriam ter chegado ao destino às 14h do mesmo dia, o que não ocorreu. A aeronave de prefixo PU-POT decolou da zona rural de Boa Vista rumo a uma região de garimpo na terra Yanomami, na região do Homoxi, no município de Iracema, no último dia 4.

Três dias depois, a esposa do piloto Cristiano Nava da Encarnação procurou o 5º Distrito Policial para informar o desaparecimento. A esposa do piloto afirmou que a última vez que o localizador indicou onde o avião estava foi às 9h26, mas o contato foi perdido, em uma região depois da "Serra do Querosene", próximo à comunidade do Uxiú.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!