Datas de provas não serão alteradas, diz PCRR após extravio de caminhão - Folha de Boa Vista
CONCURSO PÚBLICO
Datas de provas não serão alteradas, diz PCRR após extravio de caminhão
Não foram identificados lacres comprometidos ou sinais que pudessem sugerir qualquer ação que pudesse indicar a quebra do sigilo da prova, diz a PCRR em nota
Por Folha Web
Em 02/08/2022 às 06:00
A PMRR fez abordagem no veículo no residencial Vila Jardim (Foto: Divulgação)

Um caminhão que transportava as provas do Concurso Público da Polícia Civil de Roraima, que serão aplicadas no próximo final de semana foi localizado no residencial Vila Jardim na noite desta segunda-feira, 1º. O veículo estava sendo monitorado por um funcionário da Vunesp, empresa responsável pela aplicação do certame.

Segundo nota emitida pela Polícia Civil de Roraima, houve desvio na rota do caminhão, o que gerou o bloqueio imediato do veículo. "A equipe da Vunesp de imediato se dirigiu ao local, onde uma guarnição da Polícia Militar atendeu a ocorrência".

Ainda segundo a PCRR, diante da situação, uma ação de contingência foi adotada em conjunto com a Fundação VUNESP, sendo deslocada ao local onde encontrava-se o caminhão, uma equipe para averiguar as condições de segurança e integridade das provas.

"No local, a carga foi encontrada Intacta, sem qualquer sinal ou indício de que tenha ocorrido a quebra do sigilo das provas. Na Polícia Militar, com o uso de cães farejadores, verificou-se se houve utilização do caminhão para transporte de material ilícito, aproveitando-se da carga que estava sendo transportada", acrescentou a nota.

A Polícia Civil informou ainda que foram submetidos à perícia os lacres que encontravam-se na porta do caminhão. "Sendo os únicos rompidos, no caso para a averiguação. Nos demais malotes, não foram identificados lacres comprometidos ou sinais que pudessem sugerir qualquer ação que pudesse indicar a quebra do sigilo da prova", acrescentou.

Todos os envolvidos foram ouvidos e as condições de transporte e armazenamento das provas submetidos à perícia. Os motivos que levaram a mudança de rota do caminhão encontram-se sob investigação.

"É importante destacar que são utilizadas embalagens em diversos níveis e protocolos de segurança, para que haja a garantia de integridade e sigilo das provas", diz a nota.

A PCRR completou dizendo que as datas das provas estão inalteradas.

"Sendo assim, não havendo indícios de fraude, garantida a lisura do certame a Polícia Civil, a Comissão Organizadora do Concurso Público e a Fundação VUNESP vêm a público informar que as provas do concurso público da Polícia Civil permanecem inalteradas. A Polícia Civil mantém equipe de prontidão e em plantão permanente para garantir a lisura e igualdade de condições para todos candidatos aos cargos ofertados no Concurso Público", completou.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
2
66
Cadastrar-me Enviar Comentário
Paolo Pereira disse: Em 02/08/2022 às 10:30:39

"Irresponsabilidade, esse caminhão além de monitorado deveria estar sendo escoltado!"

Damiao disse: Em 02/08/2022 às 09:11:14

"Como pode um caminhão que estar carregando o sonhos de milhares de pessoas, não ter uma escolta plolicial? Se fosse uma uma eletrônica tinha até o exército. Uma vergonha pra todos que estão brincando com as pessoas. Uma carga dessa tinha que vim de Avião, é depois ser escoltoda até uma empresa de segurança pelo carro forte, e no dia da prova ser transportada com viaturas para os locais de prova. Dinheiro tem pra isso."

rnuj disse: Em 02/08/2022 às 08:36:28

"Vila Jardim? "