PUBLICIDADE
SEGURANÇA PREDIAL
Fiscalização do Crea faz vistoria em prédio da Segad
Equipe do órgão fez apontamentos dos problemas que precisam ser sanados pela equipe responsável pela área de manutenção
Por Folha Web
Em 22/05/2019 às 12:01
Fiscais do Crea estiveram nas salas da Segad que apresentaram dilatação de cerâmicas (Foto: Diane Sampaio/Folha BV)

Conforme adiantamos em matéria publicada pela FolhaWeb na manhã de ontem, 21, o prédio da Secretaria Estadual de Gestão Estratégica e Administração (Segad), atualmente em funcionamento em dos blocos da Faculdade Cathedral, precisou ser evacuado após cerâmicas apresentarem deformidade, o que acabou assustando os funcionários do órgão.

Por conta dessa ocorrência, a Câmara de Engenharia Civil do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Roraima (CREA-RR) determinou a realização de uma fiscalização presencial no edifício, situado no bairro Caçari.

Além da presidente em exercício, Ivina Sanche, e da chefe de fiscalização do CREA, Talita Santos, a ação também contou com a participação de um representante do Corpo de Bombeiros Militar de Roraima (CBM-RR) e de outros dois fiscais do órgão.

“Conversando com os funcionários e com próprio secretário, e eles mesmos nos relataram que há mais de quatro meses o prédio já vem apresentando uma série de fissuras, o que deu para nós diagnosticarmos é que o prédio precisa de uma manutenção de urgência. A nossa orientação é que a dona do prédio emita um laudo e um parecer técnico por um profissional devidamente registrado. É um respaldo tanto para a Segad quanto o dono do estabelecimento”, relatou Ivina.

Antes da verificação nas salas onde ocorreram os problemas, a comitiva do CREA participou de uma reunião com o titular da Segad, Pedro Cerino, assessores e membros da equipe responsável pela manutenção do prédio. A ideia do encontro, segundo Ivina, foi discutir os principais problemas existentes no estabelecimento, para as medidas cabíveis sejam adotadas.

“Prazos vão ocorrer dentro da legalidade, seguindo a legislação pertinente. Vamos fazer todos os ritos, atendendo a todos os prazos conformes. Eles vão os oficializar, o Crea vai dar esse retorno e dentro desse prazo corrido vão acontecer a emissão do laudo, o responsável técnico da obra será chamado e assim a gente faz tudo certinho, dentro dos protocolos exigidos”, destacou.  

Para o secretário Estadual de Gestão Estratégica e Administração (Segad), Pedro Cerino, a reunião com os fiscais do Crea foi produtiva e ajudou a esclarecer quais podem ser as medidas para garantir a segurança dos servidores.

“Problemas todos [os prédio públicos] têm, e não foi um abalo sísmico como foi divulgado, mas sim um abalo de uma estrutura de uma cerâmica. Isso acontecer em qualquer tipo de edifício. Então, é salutar que eles venham, já que são os órgãos responsáveis pela verificação das conformidades [prediais], nada mais estão fazendo que além da atribuição deles, e quando não há essa conformidade, nós temos que tomar todas as medidas cabíveis”, salientou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!