Funcionários da Caerr anunciam paralisação e cobram correção salarial - Folha de Boa Vista
NO DIA DO TRABALHADOR
Funcionários da Caerr anunciam paralisação e cobram correção salarial
Informação do Sindicato dos Urbanitários é que falta diálogo entre a gestão e os servidores para discutir o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT)
Por Folha Web
Em 01/05/2021 às 10:00
Segundo o presidente do STIU-RR, Gissélio Cunha, falta diálogo entre a gestão e funcionários (Foto: Ascom STIU-RR)

Na data em que se celebra o Dia do Trabalhador, os funcionários da Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (CAER) anunciaram paralisação das atividades por melhorias nas condições de trabalho. As atividades vão ser paralisadas por 48h a partir das 07h30 da manhã do dia 03 de maio (segunda) até as 07h30 da manhã do dia 05 de maio (quarta).

O anúncio da paralisação foi feita neste sábado, 01 de maio, pelo Sindicato dos Urbanitários (STIU-RR) após a realização de uma assembleia geral extraordinária. Segundo o presidente do STIU-RR, Gisselio Cunha Costa, a paralisação foi comunicada à presidência da Caerr por meio de ofício. O sindicalista afirma que falta diálogo entre a gestão e os servidores para discutir o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) que está vencido. O documento estabelece direitos para os empregados, como por exemplo correções salarias com base na inflação, planos de saúde e alimentação. 

"O presidente da Caer, James Serrador, se recusa a receber os funcionários da empresa", afirma. O sindicalista afirma ainda que falta compreensão da gestão com os "colegas de trabalho que precisam de garantias de direitos estabelecidas por meio do ACT", explicou Costa. 

Empregado da Caer há mais de 30 anos, o operador de elevatória (responsável pelo tratamento da água) que preferiu não se identificar com medo de perseguição do atual presidente da Companhia, participou da assembleia que deliberou a greve. "Tem mais de dois anos que a diretoria não conversa com o Sindicato. Estamos com perdas salarias, nosso vale-alimentação não é reajustado e agora corremos o risco de perder tudo", informou o funcionário.

OUTRO LADO - A FolhaBV entrou em contato com o Governo do Estado sobre o anúncio do sindicato.

Confira a nota na íntegra:

A Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) comunica que desconhece esta informação e que não foi comunicada sobre nenhuma movimentação por parte do sindicato.

Esclarece que os servidores estão com salários em dia, adicionais todos devidamente pagos, diárias, horas, extras e prêmio aposentadoria.

Na próxima segunda-feira, 3 de maio, às 8h, a diretoria da Companhia já agendou reunião com os colaboradores pra apresentar as propostas do novo acordo coletivo.

Por Lei, o acordo coletivo anterior estará em vigor, enquanto não for aprovado o outro, e todos os direitos dos trabalhadores da Caer estão sendo rigorosamente cumpridos. 

O novo acordo coletivo já está minutado com a proposta da empresa, incluindo todos os benefícios a serem oferecidos aos trabalhadores, como a correção do Índice Nacional de Preços, aumento no vale alimentação e correção no valor do auxílio creche.

Ressalta que entende que uma possível manifestação do Sindicato não representa a vontade dos colaboradores da Caer, uma vez que, num universo de 800, apenas 250 são sindicalizados.

Informa ainda que não haverá qualquer prejuízo aos serviços prestados à população se ocorrer uma possível manifestação. 

A Caer atualmente é uma empresa equilibrada financeiramente, que paga rigorosamente em dia todos os direitos dos servidores.

Leia mais: 

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
3
1
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!