PUBLICIDADE
PROCON ASSEMBLEIA
Gasolina em Roraima aumentou R$ 0,17, aponta pesquisa
Já a carne se manteve com preço estável. O levantamento semanal do Procon ALE busca orientar consumidores para uma melhor compra
Por Folha Web
Em 05/08/2019 às 17:16
O preço da gasolina comum na maioria dos postos era de R$ 3,82 (Foto: Divulgação)

Para facilitar a vida dos consumidores, o Procon Assembleia, órgão da Assembleia Legislativa de Roraima, realiza semanalmente uma pesquisa de preços de carnes e combustível comercializados na capital. O levantamento divulgado nesta segunda-feira (5) apontou aumento de R$ 0,17 no preço do combustível. Não houve variação no valor das carnes em relação à semana anterior. O relatório pode ser consultado no site www.al.rr.leg.br/pesquisas-procon.

O levantamento apontou que enquanto na semana passada, o preço da gasolina comum na maioria dos postos era de R$ 3,82, nesta semana, o valor aumentou para R$ 3,99 para pagamentos no dinheiro. No caso da gasolina aditivada, houve variação de R$ 3,93 para R$ 4,03 no pagamento à vista. A alteração já era esperada, pois na semana passada, já havia sido anunciado reajuste nas refinarias.

Com relação ao preço das carnes, segundo a consulta, enquanto o preço da peça da chã de dentro em um supermercado do bairro União é de R$ 26,59, o mesmo corte sai a R$ 20,98 em um supermercado do bairro São Francisco, uma variação de mais de 20%. O valor do frango está custando em média de R$ 7,98 à R$ 9,00.

PUBLICIDADE

De acordo com a diretora do Procon Assembleia, Eumária Aguiar, a iniciativa tem o objetivo de facilitar a vida dos consumidores. “O trabalho é realizado semanalmente em postos, supermercados e açougues, onde é feito uma compilação com o objetivo verificar se existe o crime de cartel, onde existe o preço combinado”, disse.

Eumária explica ainda que a pesquisa é importante para que os fornecedores tenham uma base do que é cobrado. “Isso serve para que eles [fornecedores] pesem se o preço está muito caro ou muito barato. Temos supermercados que ligam para participar das pesquisas e isso é bom, para que haja um equilíbrio na relação de consumo”, comentou.

Em casos de dúvidas, o consumidor pode procurar o Procon Assembleia, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na rua Agnelo Bittencourt, nº 232, Centro. Informações pelo 4009-4826.

 

***
Gostou?
0
1
Janio Sousa disse: Em 05/08/2019 às 20:32:12

"Nos teve aumento nem um nas refinarias o procon era pra fiscalizar os postos mais parece que não está do lado do povo e sim dos donos de postos cadê os deputados e vereadores pra fiscalizar ou também vão fazer vista grossa"

dank lamanto araujo sales disse: Em 05/08/2019 às 17:54:42

"Baixou uns dias so pra deicha o povo tranquilo. Agora aguento que o preco vai e subir"