Governo retoma aulas presenciais na próxima semana - Folha de Boa Vista
ENSINO MÉDIO E EJA
Governo retoma aulas presenciais na próxima semana
No primeiro momento, vão retornar às salas de aula os estudantes do Ensino Médio e da EJA (Educação de Jovens e Adultos)
Por Folha Web
Em 13/09/2021 às 18:23
Segundo o Governo as escolas estão preparadas para receber os estudantes (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

A partir do dia 20 de setembro, o Governo de Roraima vai retomar as aulas presenciais na rede estadual de ensino no formato gradual e mantendo ainda o atendimento remoto. No primeiro momento, vão retornar às salas de aula os estudantes do Ensino Médio e da EJA (Educação de Jovens e Adultos).

O público inicial para o retorno foi definido em função da terminalidade da etapa de ensino, com estudantes se preparando para o Enem (Exame de Ensino Médio), vestibulares e outros certames, levando ainda em consideração o avanço da vacinação, em especial para os estudantes da EJA, que já é um público adulto.

A secretária de Educação e Desporto Leila Perussolo explicou que as instituições de ensino vão desenvolver inicialmente estratégias de acolhimento com o fortalecimento das competências socioemocionais nas relações interpessoais entre alunos, professores e toda comunidade escolar.

“As instituições de ensino estão preparadas para receber nossos alunos com atividades de acolhimento, com diálogo com as famílias para esclarecer sobre esse momento de retorno. As escolas também vão continuar com o processo de Busca Ativa a fim de localizar os alunos que ainda seguem em situação de ausência”, explicou a secretária.

Na retomada das atividades presenciais as escolas vão ter uma série de adaptações, entre elas o uso obrigatório de máscara pelos estudantes e servidores, higienização das mãos, distanciamento social, horários diferenciados de recreio, entre outros. As escolas também estão orientadas sobre as medidas que devem ser adotadas caso identifiquem algum estudante com sintomas gripais.

Como forma de estabelecer uma comunicação direta com suporte de atendimento, a Seed por meio do DEB (Departamento de Educação Básica), disponibilizou um link https://forms.gle/3bJVEzWD3xvJtAPQ7, com formulário eletrônico do Google Forms no qual as escolas vão poder encaminhar as principais dúvidas que surgirem durante o processo de retorno presencial e receber orientações imediatas da equipe pedagógica.

O retorno será para escolas da capital, interior e de comunidades indígenas

A Seed (Secretaria de Educação e Desporto) realizou diversas reuniões com as equipes gestoras das unidades escolares para repassar as orientações que devem ser seguidas pela rede estadual de ensino.

O retorno será no formato híbrido (que mescla o ensino presencial e remoto) e escalonado (por ano, turma, série e ou dias da semana) para as escolas da Capital, interior e de comunidades indígenas.

Cada escola organizará a quantidade de alunos por sala, turmas e o quadro de professores, reestruturando a carga horária de trabalho. Os pais que não se sentirem à vontade para enviar o estudante para a escola, deverão solicitar a continuidade do ensino remoto mediante documento protocolado na unidade escolar.  

De acordo com o Censo da Educação Básica, em Roraima existem 77.412 estudantes matriculados na rede estadual. No Ensino Médio são 17.132 alunos na zona urbana dos municípios, 1.824 na zona rural e 2.407 em comunidades indígenas.

Na EJA, são 7.952 estudantes sendo 6.329 na zona urbana dos municípios, 148 na zona rural e 195 em comunidades indígenas. No geral, retornam presencialmente para a sala de aula agora 29.315 estudantes. Isso implica também uma maior circulação de pessoas utilizando os transportes públicos.

 “Esse público será acompanhado e monitorado pelas equipes da vigilância sanitária. E qualquer alteração nos índices da pandemia, poderemos recuar da decisão para resguardar as vidas. Se estiver tudo sob controle, poderemos retornar também outras etapas de ensino”, finalizou a secretária Leila.

 Além das escolas, os Centros Estaduais de Atendimento Especializado da Seed também vão retomar os atendimentos presenciais para os estudantes e para a comunidade em geral.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
8
19
Cadastrar-me Enviar Comentário
SANTOS disse: Em 14/09/2021 às 08:47:41

"- Em minha casa há adolescentes em idade escolar. - Tenho testemunhado que o aproveitamento do conteúdo ministrado é mínimo, não por culpa do aluno ou dos professores mas do próprio sistema de aulas online, posto que sua operacionalização completamente desconhecida por muitos, tanto docentes como discentes. - Mesmo assim, considero temerária a postulação de retorno das aulas presenciais, posto que as autoridades sanitárias ainda estão muito longe de assegurar controle da pandemia. - Tenho conversado com amigos, infectologistas, e nenhum deles pode assegurar a eficácia dos imunizantes ofertados à população, e a cada dia ocorrem situações que comprovam as preocupações por eles manifestadas. - Já está mais que provado que os protocolos de higiene apregoados (máscara, álcool em gel, distanciamento social, lockdow, etc) têm se mostrado insuficientes para brecar a caminhada da pandemia. Haja visto que, mesmo com sua aplicação os números têm crescido e, para piorar, têm surgido novas variantes do vírus, como a P1 e P2 no Brasil, a variante surgida no Reino Unido e, agora, a Delta, da Índia. - Alardearam os índice de eficácia de diversos produtos, mas se fez necessário a aplicação de duas doses sob o argumento de assegurar a imunização, providência que já progrediu para a 3ª dose (dose de reforço). - Israel é um dos países que mais tem se empenhado no estudo da SARS-2 e já chegou à conclusão de que será necessário uma 4ª aplicação, independente do produto recebido nas aplicações anteriores. - Diante de tantas incertezas como aceitar, pacífica e passivamente, a exposição dos estudantes e do corpo de servidores das escolas? - Em anterior oportunidade manifestei-me contra essa inoportuna postulação e, hoje, mais forte fica essa minha postura. - Retorno Às aulas presenciais, diante dos acontecimentos presenciados, é inoportuna, temerária e irresponsável."