Imigrantes abrigados recebem curso de Informática Básica - Folha de Boa Vista
UNIVIRR
Imigrantes abrigados recebem curso de Informática Básica
A oferta foi firmada por meio da Universidade Virtual de Roraima
Por Folha Web
Em 25/03/2021 às 06:05
O curso teve início nessa terça-feira, 23, e segue até o dia 23 de maio, com duração de dois meses (Foto: Arquivo FolhaBV)

Imigrantes indígenas venezuelanos que vivem no abrigo localizado no bairro Pintolândia estão recebendo cursos de Informática Básica. A parceria entre o Governo de Roraima com a Fraternidade Humanitária Internacional.

A oferta foi firmada por meio da Univirr (Universidade Virtual de Roraima). O curso teve início nessa terça-feira, 23, e segue até o dia 23 de maio, com duração de dois meses.

O objetivo principal do curso é contribuir para o aprendizado dos indígenas venezuelanos que estão em busca de emprego e a informática hoje é essencial para se alcançar uma boa uma colocação no mercado de trabalho.

O curso é realizado no próprio abrigo de forma presencial, no laboratório de informática já existente no local, seguindo todas as normas de segurança em saúde. As turmas são reduzidas, com apenas 20 alunos em sala.

A coordenadora dos Centros Multimídia da Univirr, Silvia Souza, informou que no momento o curso não será ofertado em outros abrigos, mas destacou o fortalecimento da parceria e a possibilidade de novos cursos.

“Ainda não há previsão de expansão desse curso para outros abrigos, mas nossa expectativa é que essa parceria cresça cada vez mais. Após o curso básico, teremos o curso de Informática Intermediário e Avançado para o mesmo público”, disse.

Silvia informou, ainda, que futuramente será ofertado também um curso de Língua Portuguesa para Estrangeiro, que será ministrado pelos acadêmicos do curso de Letras com habilitação em Língua Espanhola.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
3
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!