PUBLICIDADE
QUEBRANDO UMA PORTA
Internos tentam fugir do Centro Sócio Educativo
No Centro Socioeducativo Homero de Souza Cruz existem 59 adolescentes internados
Por Edílson Rodrigues
Em 17/06/2019 às 00:22
Em junho passado houve um princípio de rebelião, quando pelo menos três adolescentes deixaram o prédio do CSE (Foto: Nilzete Franco / Folha BV)

Na tarde desse domingo (16), três internos do Centro Socioeducativo Homero de Souza Cruz, na região do Bom Intento, zona rural de Boa Vista, tentaram fugir da unidade quebrando uma porta. A ação foi evitada por agentes sócio orientadores e policiais militares. Essa informação chegou à Folha por meio de uma testemunha que contou que os adolescentes quebraram uma porta que já estava em condições precárias. “Nessa unidade, a parte que não foi reformada não tem segurança, que é exatamente a área que foi danificada pelo fogo durante a rebelião. O ano passado teve uma reforma, mas não concluíram o espaço onde houve essa confusão. Há segurança somente nos blocos que passaram por obras”, afirmou. 

Outro problema apontado por ele, é que o número de agentes não é suficiente para fazer a segurança dentro dos CSE. “Tem os agentes da lista de espera, mas a Setrabes [Secretaria Estadual do Trabalho e Bem-estar Social] teima em não chamar o pessoal do concurso público. A secretaria, em vez de reforçar o efetivo, prefere alterar a escala de plantão, reduzindo o tempo de folga dos agentes para que assim consiga sanar essa demanda, mas isso não funciona, porque ninguém concordou”, ressaltou.

O denunciante afirmou que o sistema poderá ir a colapso a qualquer momento, até porque não tem apoio da Setrabes. “Na unidade 31 de Março, no bairro Calungá, onde estão adolescentes de facções criminosas, tem uma estrutura física pior do que no CSE Bom Intento, ou seja, há um risco maior de uma fuga em massa”, assegurou. 

PUBLICIDADE

Setrabes diz que internos tentaram fugir fazendo buraco no bloco D

A Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes), por meio de nota, confirmou que no início da tarde desse domingo (16), ocorreu a tentativa de fuga dos internos. “Eles fizeram um buraco no bloco D, mas foram contidos imediatamente pelos agentes sócios orientadores com o apoio da Polícia Militar, que faz a guarda externa. Logo em seguida foram encaminhados para procedimentos administrativos cabíveis. Ressaltamos que não há feridos”.

A Setrabes esclareceu também que atualmente no Centro Socioeducativo Homero de Souza Cruz tem 59 adolescentes internos e que tem uma rotina de atividades esportivas e culturais com eles. “Além disso, trabalhamos com integração familiar e, ao longo desta gestão, serão feitas outras melhorias”.

***
Gostou?
2
2
ORÇAMENTO PRA PM disse: Em 17/06/2019 às 10:19:21

"Nao é de hoje que se nota a omissão irresponsabilidade por parte da SETRABES sobre o sistema socioeducativo, querem cobrir o sol com a peneira e isso nao vai dar certo, mais cedo ou mais tarde uma tragédia poderar acontecer novamente ou até mesmo uma fuga em massa, pois há todos os indícios para isso. Mas a secretária pensa que o povo é besta, acha que indo na missa do sabado no CSE esta tudo bem, lhe convido pra passar uma semana no CSE!...... Vc vai assinar essa culpa se houver fugas ou mortes pela sua negligência secretária "