PUBLICIDADE
BAIRRO SÃO BENTO
Lixo acumulado nas ruas causa forte mau cheiro e focos de doenças 
Diversas ruas apresentam grande quantidade de descartes a céu aberto, principalmente em frente às casas
Por Polyana Girardi
Em 25/06/2019 às 00:25
Lixo, entulhos e galhadas nas ruas do bairro São Bento podem gerar multa de até R$ 1 mil (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

Quem visita ou mora no Bairro São Bento, zona oeste da capital, poderá registrar que parte das ruas apresentam entulho de galhadas, lixo doméstico e até carcaças de animais que exalam forte mau cheiro e atraem bichos peçonhentos como baratas, cobras e escorpiões. A equipe da Folha percorreu diversas ruas e constatou grande quantidade de descartes a céu aberto, principalmente em frente às casas. 

Na rua da lagoa, por exemplo, moradores reclamam da quantidade de entulhos em toda a sua extensão. Kennedy Fidel reside há mais de dois anos no bairro São Bento e, segundo ele, muitas pessoas vêm de longe para jogar lixo na região.

“Infelizmente não temos como apontar os culpados porque são diversas pessoas que moram no começo do bairro e descem até a rua da lagoa só para jogar os entulhos. Já teve até sofá e resto de televisão no meio. Quando chove ninguém consegue atravessar porque alaga e temos medo de pegar uma doença pela água contaminada”

PUBLICIDADE

Outra Moradora que não quis ser identificada disse que a situação é mais preocupante porque tem dois filhos pequenos em casa e teme que as crianças sejam contaminadas por doenças, em decorrência do lixo. Conforme informações, o cheiro de animais em decomposição é tão forte que já chegou ao ponto de que o próprio marido tivesse que cavar uma cova para enterrar as carcaças. 

“Diversas vezes meu marido revirou o lixo para localizar os animais mortos e enterrar porque ninguém aguenta o forte odor. Também estamos construindo uma casa de tijolos para evitar que os bichos entrem na residência. O que mais tem aqui é rato e barata. A maioria das pessoas que jogam os entulhos aproveitam a noite, que é quando tudo está tranquilo e a chance de ser visto é bem menor”, disse a mulher.

A Prefeitura municipal informou, por meio de nota, que existe lei que proíbe o depósito de qualquer tipo de lixo, inclusive resíduos industriais, entulhos, galhadas ou quaisquer outros objetos em vias públicas, sob pena de aplicação de multa de R$ 1 mil.

A população  pode solicitar o serviço de retirada de entulhos, que deve ser feito na Secretaria Municipal de Economia, Planejamento e Finanças no endereço da Rua Coronel Pinto, Nº 188, Centro, ou no site boavista.saatri.com.br. O contribuinte ainda deve pagar taxa de R$ 200, no caso de galhadas, e R$ 300 para recolhimento de entulhos por carrada.

“A Prefeitura conta com cronograma de limpeza que informa os dias da semana e o horário que o caminhão do lixo vai passar em cada bairro. Isso ajuda a população a se organizar para manter a casa limpa e nos ajuda também a evitar lixo pela cidade. A coleta de lixo ocorre nos três turnos, e passam pelo menos três dias da semana em cada bairro. A limpeza geral ocorre em um ciclo de 4 meses, ou seja, cada bairro é limpo de 2 a 3 vezes por ano, sendo recolhido os entulhos gerados pelo roço e capina da limpeza”.

***
Gostou?
2
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!