PUBLICIDADE
HOSPITAL DA CRIANÇA
Mãe denuncia situação de banheiro no bloco G
Mães temem que o problema de crianças internadas possam se agravar
Por Edílson Rodrigues
Em 14/04/2019 às 01:15
Banheiro no bloco G com paredes deterioradas e o ralo sem tampa. (Foto: Arquivo pessoal / Maria Silva)

Por trás da publicidade está uma realidade que não é vista por todos. Pais que precisam de atendimento para os filhos ou que estão com os pequenos internados, são quem sabe o que se passa no Hospital da Criança Santo Antonio, administrado pela Prefeitura de Boa Vista.

Além de filas que se formam pela madrugada, na tentativa de se conseguir atendimento médico para o filho, agora a denúncia se refere às condições de um banheiro no bloco G, utilizado pelas mães que estão com filhos internados no Hospital da Criança.

E a denúncia partiu da cabeleireira Maria do Nascimento Silva, 37 anos, que registrou a situação do banheiro que fica no Bloco G. A parede precisando de reparos e o ralo sem tampa.

PUBLICIDADE

Maria está com a filha de três meses, que tem pneumonia e cardiopatia, internada no Hospital da Criança desde o dia 29 de março. Ela disse que esse banheiro é para uso das mães que estão com filhos internados e o mesmo fica próximo do berçário.

“Primeiro minha menina passou dez dias na UTI [Unidade de Terapia Intensiva] e agora estamos aqui nesse bloco G, onde tem esse banheiro nessas condições”, contou.

Maria comentou que decidiu denunciar porque acha um descaso com quem precisa ficar com o filho internado no hospital. “No cano que está aberto é visível tapuru [tipo de larva], moscas e mosquitos dentro do banheiro”.

“A mulher dos serviços gerais quando vem fazer a limpeza do banheiro e a porta fica aberta a gente ver os insetos voando para essa área que estamos”, afirmou Maria.

Outra mãe, que pediu para não se identificada, disse que essa situação do banheiro preocupa a todas.

“Nós estamos aflitas, pois temos medo de que nossas crianças possam adquirir uma infecção, ou outro tipo de problema e até mesmo agravar o quadro que a criança já se encontra”, ressaltou.

PREFEITURA - A FolhaWeb, entrou em contato coma Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Boa Vista na tarde deste domingo (14) para saber quais medidas seriam adotadas para solucionar os problema relatos pela mãe. No entanto, a equipe de reportagem no obteve retorno.

***
Gostou?
1
1
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!