Mais de R$300 milhões são destinados na reconstrução de estradas e pontes - Folha de Boa Vista
INFRAESTRUTURA
Mais de R$300 milhões são destinados na reconstrução de estradas e pontes
São obras realizadas com recursos próprios e com o apoio de emendas parlamentares
Por Folha Web
Em 25/11/2021 às 06:00
Os recursos também envolvem a reconstrução de quase 150 pontes de madeira (Foto: Divulgação)

As rodovias e vicinais de Roraima receberam a destinação de R$ 320 milhões em investimento para recuperação de estradas e pontes.

De acordo com o Governo de Roraima já foram recuperados 2.900 km de estradas e vicinais. “Apesar de pertencerem aos municípios, temos investido na recuperação, por entender a importância que elas possuem na interligação das cidades e no escoamento da produção agrícola”, disse o governador Antonio Denarium.

Algumas das obras já foram inauguradas e outras seguem com previsão para serem entregues até o final de 2021 segundo o Executivo Estadual. São obras realizadas com recursos próprios e com o apoio de emendas parlamentares.

“As estradas vicinais em boas condições garantem o pleno escoamento da produção agrícola e beneficiam diretamente a economia regional. Além disso, são essenciais para o deslocamento da nossa população em segurança”, assegura o governador.

Os recursos também envolvem a reconstrução de quase 150 pontes de madeira.

O secretário da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), Edilson Damião, afirmou que há patrulhas mecanizadas espalhadas em todos os municípios de Roraima.

“Desde julho do ano passado o Governo tem intensificando os trabalhos para recuperar estradas vicinais em todo o nosso Estado. Essa é uma das prioridades do governador Antonio Denarium. Temos equipes trabalhando para garantir a melhoria das estradas e paralelo a isso temos equipes atuando para garantir a manutenção e substituição de pontes”, afirmou.

Algumas das obras já foram inauguradas e outras seguem com previsão para serem entregues até o final de 2021 segundo o Executivo Estadual (Foto: Divulgação)

OBRAS POR MUNICÍPIO - Conforme a Seinf, só em Alto Alegre são 13 estradas (3,059 Km) e 9 pontes; em Amajari, 2,544 Km e 7 pontes; em Cantá são 647,9 Km e 41 pontes; em Caracaraí são 133,6 Km; em Caroebe são 74,1 Km e 8 pontes; em Iracema sao 123,4 Km e 8 pontes.

Em Mucajaí sao 153,7 Km e 49 pontes; em Normandia são 56,0 Km e 7 pontes; em Pacaraima são 100,5 km; em Rorainópolis são 5.569 Km e 1 ponte.

Em São João da Baliza são 112,1 km e 1 ponte, em São Luiz do Anauá são 90,3 km e 4 pontes; no Uiramutã são 205,0 Km e 5 pontes e na capital Boa Vista são 164,0 Km de estradas e 4 pontes.

AQUI TEM OBRA- O Governo lançou recentemente o Programa Aqui tem Obra. “O asfalto vai chegar aos lugares mais distantes de Roraima. Os recursos somam R$ 240 milhões em asfaltamento de estradas, recuperação, substituição e construção de pontes”, destacou Denarium.

Serão 260 km de estradas asfaltadas, mais de 200 pontes de madeira recuperadas e 3.000km de estradas vicinais, garantindo novos caminhos para o produtor escoar a produção e a população se locomover com segurança.

O programa envolve 11 projetos que começam a ser executados ainda em 2021. Entre o pacote de obras estão a recuperação de vicinais e pontes, a reestruturação de prédios públicos, construção de escolas, além do novo Parque Anauá, o primeiro parque inclusivo do Brasil. Ao todo, serão mais R$ 372 milhões em investimentos.

“É o maior projeto de obras do Estado de Roraima com execução na área da educação, cultura, infraestrutura de estradas e recuperação de prédios públicos. Só no mês de outubro assinamos mais de 50 ordens de serviço”, afirmou o governador.

OUTRAS OBRAS - Além do Parque Anauá, foi anunciada a reforma do Ginásio Vicente Feola, o Totozão, que está interditado há anos. O local será totalmente revitalizado e adequado às novas normas de acessibilidade.

Também está no pacote de obras a Casa da Cultura Madre Leotávia Zoller que será reformada, conservando os traços arquitetônicos e o paisagismo original. A Feira do Passarão será totalmente modernizada e o processo já foi licitado.

O novo prédio da Seed (Secretaria de Educação e Desporto) será construído, o da Segad (Secretaria de Gestão Estratégica e Administração) reformado e o IML (Instituto Médico Legal) ganhará uma nova sede em Boa Vista. Na área do turismo, o Governo vai investir na construção do Mirante do Paiva, no Tepequém, para estimular a atividade na região.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
5
3
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!