Operação termina com apreensão de 16 aeronaves em áreas de garimpo - Folha de Boa Vista
EXÉRCITO BRASILEIRO
Operação termina com apreensão de 16 aeronaves em áreas de garimpo
Ação ocorreu do dia 11 de maio do ano passado até 30 de abril de 2021, em várias regiões de garimpos clandestinos em Roraima
Por Folha Web
Em 06/05/2021 às 17:55
Em julho passado, foi apreendido aviões de pequeno porte e um helicóptero em uma fazenda no município de Alto Alegre (Foto: 1ª Bda Inf Sl)

Entre helicópteros e aviões de pequeno porte foram apreendidas 16 aeronaves, além armas, munições e equipamentos que eram utilizados em regiões de garimpos ilegais. Esse é o resultado da Operação Verde Brasil 2, realizada em várias regiões de garimpos clandestinos em Roraima, divulgado pelo Exército brasileiro.

A operação ocorreu do dia 11 de maio do ano passado até 30 de abril de 2021, com objetivo reduzir crimes ambientais, conforme decreto do governo federal para Garantia da Lei e da Ordem.

No total foram realizadas 1.953 ações de fiscalizações ambientais em todo o território roraimense. "O Exército Brasileiro, sob a responsabilidade da 1ª Brigada de Infantaria de Selva, atuou em todos os 15 municípios, sendo que grande parte das atividades se concentraram nas terras indígena Yanomami, Raposa Serra do Sol, Floresta Nacional e no sudeste do estado, localidades alvos de garimpeiros", detalhou o Exército.

A operação resultou na apreensão e inutilização de dois helicópteros, 14 aeronaves de pequeno porte, três balsas, 18 geradores de energia, 20 motores, 37.975 litros de combustíveis, 321 metros cúbicos de madeira, 24 veículos, sete armamentos, 300 munições de armas de fogo e três embarcações.

Durante as ações, o Exército teve o apoio da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Ibama), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh).

Com o fim da Operação Verde Brasil 2 em Roraima, o Exército deu início as atividades do Plano Amazônia 2021-2022, que vai continuar a realizar o mesmo tipo de fiscalização desenvolvida na ação anterior.

Durante a operação foram apreendidos mais de 37 litros de combustíveis (Foto: 1ª Bda Inf Sl)

LEIA MAIS

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
19
2
Cadastrar-me Enviar Comentário
Manuel disse: Em 11/05/2021 às 15:41:20

"O nome: Operação Verde Brasil deveria ser vendendo o brasil com o apoio das forças armadas. Trabalhar não pode nem no garimpo nem nas pandemias... mas pegam nossas divisas e distribuem com imigrantes nossas vagas nas escolas, nossas vagas de empregos, vagas nas penitenciarias... ação de graças com pre pagos gratuitos aos imigrantes, alugueis gratuitos para imigrantes, juntando índios, imigrantes e mongoloides que jamais contribuiram pendurados no inss fica completo, sem contar sustentar a vagabundagem e mordomias dos políticos parentes e asseclas e entidades da injustiça e seus compinchas... Pronto o plano perfeito esta em fase de conclusão pra em fim conseguirem detonar o brasil e virar uma cúba ou venezuela ou argentina... "