PUBLICIDADE
INTERIOR DE RR
Pais de estudantes denunciam brigas frequentes em escola
Por Ribamar Rocha
Em 07/06/2019 às 00:25
Briga entre alunas vai parar na delegacia de polícia (Foto: Divulgação)

Pais de alunos da Escola Estadual Dom Pedro II, no Município de Iracema procuraram a Folha para denunciar brigas e confusões que vêm acontecendo frequentemente na Escola. A última aconteceu na quarta-feira e resultou em confusão, desmaios e polícia no local. 

A Folha teve acesso a vários vídeos dessa confusão que mostra duas alunas brigando em sala de aula e alguns colegas de classe tentando impedir a briga. Em outro vídeo aparecem duas pessoas, que aparentam ser as mães das estudantes, que também entram na briga e são contidas. A confusão continua fora da sala de aula e alguns professores tentam apartar as briguentas. Uma mãe começa a gritar pedindo para soltar a filha. A outra a acusa de ter batido nela, que desmente. A confusão só termina quando uma das alunas cai desmaiada e a mãe a pega no colo pedindo ajuda. 

PUBLICIDADE

Um pai de aluno, que pediu para não ser identificado por receio a represália ao filho, na escola, afirmou que o desfecho final da confusão foi parar na Delegacia de Polícia.   

“Essa briga ai rendeu, teve mãe presa e teve filha machucada”, afirmou. “A outra briga deu tempo dos professores conterem a situação e o diretor chamou a Polícia, mas os alunos disseram que não chamaram nas brigas anteriores para não escandalizar o colégio. Meu filho está com medo de ir para a escola, diz que há confusão e briga quase que todos os dias. Fico indignado com isso".

Uma mãe de aluno afirmou que já presenciou outras brigas na escola e que lamenta que um local que deveria ser exemplo de educação tenha chegado a esse ponto. 

“Essa não é a primeira confusão que acontece na Escola e, segundo informações do meu filho, o diretor tenta abafar os casos para não causar escândalos. Lamentável ver isso esteja acontecendo na escola”, disse.

A Folha iniciou uma conversa por telefone com o diretor da escola, que se identificou por Bida. Ele confirmou que houve a briga e que não poderia dar mais detalhes por estar em reunião e desligou o telefone. Ele não atendeu as chamadas feitas depois.   

NOTA – Em nota, a Seed (Secretaria de Educação e Desporto) informou que a gestão da unidade de ensino adotou todas as medidas cabíveis, inclusive com registro de boletim de ocorrência.

Disse que Departamento de Gestão Escolar e a Divisão de Desenvolvimento Psicossocial foram acionados para apurar o caso. Reforça ainda que a Seed fará acompanhamento junto aos alunos e às famílias. Por fim, destaca que não irá tolerar atos de violência dentro das unidades de ensino.

Disse ainda que casos de violência contra crianças e adolescentes também devem ser denunciados junto aos órgãos competentes como Delegacia da Infância e Juventude e Conselho Tutelar. (R.R)

***
Gostou?
0
5
Bida Almeida disse: Em 07/06/2019 às 20:52:59

"É de doer o coração dessa senhora que se intitula como ASM que nem coragem de se identificar tem e seu comentário está todo distorcido apenas com intenção de querer suja a imagem da escola e da gestão......pelo comentário é de gente que não engole uma perda que era desejo de pais, alunos,funcionários e toda comunidade."

Fetter disse: Em 07/06/2019 às 09:07:14

"Educação vem de berço! Os pais são os maiores responsáveis pela violência praticada nesta e em outras escolas."

Davyd disse: Em 07/06/2019 às 08:37:23

"Faz muito tempo que essa prática acontece nas escolas, diretores, professores,porteiros não intervem por temerem represarias vindo dos alunos e ate mesmo dos pais dos alunos que apoiam tudo que os filhos fazem."

ASM disse: Em 07/06/2019 às 07:14:06

"Parabéns pra essa diretor! Essa é a cara da nova gestão, só por indicação né, isso são os comissionados novos, Pelo que sei a outra diretora botou moral na escola, claro que os professores acharam ruim e os alunos com os pais também, agora aguentem! "